Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Conheça Prados: cidade histórica mineira

(Por Arnaldo Silva) Prados tem sua origem da mesma forma que as vizinhas São João Del Rei e Tiradentes que surgiram com a descoberta do ouro no Vale do Rio das Mortes. 
Sua fundação data de 1704, com a chegada da bandeira chefiada pela família Prado, formando um núcleo de mineração, que mais tarde passou a se chamar Arraial de Nossa Senhora da Conceição de Prados. (foto acima de Sérgio Mourão) O arraial cresceu e se desenvolveu, pelo fato de serem passagem e parada de boiadeiros e tropeiros. Em 1890, o arraial foi elevado à vila e por fim, cidade emancipada em 1892.   
Prados é uma das mais antigas cidades mineiras, com construções belíssimas e igrejas setecentistas bem preservados. (foto acima de Léo Carvalho) A cidade guarda relíquias e preciosidades arquitetônicas do Período Colonial em Minas Gerais. Guarda também histórias interessantes de pradenses, como de Hipólita Jacinta Teixeira de Melo, uma das mulheres mais ricas da região do Rio das Mortes, esposa do Inconfidente Francisco Antônio de Oliveira. Foi também uma das mais atuantes no movimento da Inconfidência Mineira, liderado por Joaquim da Silva Xavier, o Tiradentes. A Inconfidência Mineira teve como berço a região de Prados, Tiradentes e São João Del Rei, se expandindo para outras cidades da colônia.
A atuação de Hipólita, no movimento foi prática e bem ativa. Por exemplo, por ser de muita riqueza, financiou algumas ações do movimento, permitia reuniões secretas em sua fazenda e foi ela que denunciou Joaquim Silvério dos Reis como o traidor do movimento, além de avisar aos demais Inconfidentes sobre a prisão de Tiradentes. O casarão onde vivia o casal, em frente à Igreja Matriz, é hoje um ateliê de artesanato e um dos pontos mais visitados na cidade. (foto acima de Saulo Guglielmelli)
A cidade está distante 181 km da capital e conta atualmente com menos de 10 mil habitantes. (foto acima de Saulo Guglielmelli) Faz divisa com os municípios de Tiradentes, Lagoa Dourada, Coronel Xavier Chaves, São João Del Rei, Barroso, Dores do Campo, Barbacena e Carandaí, na região do Campo das Vertentes. 
Pela proximidade com cidades turísticas famosas, como Tiradentes e São João Del Rei, Prados recebe grande fluxo de turistas, principalmente em seu mais importante distrito, Vitoriano Veloso, o popular Bichinho (na foto acima de César Reis). O distrito fica apenas 8 km de Tiradentes, com acesso por uma estrada de terra bem conservada e com direito a uma maravilhosa da Serra de São José. É a estrada que liga Prados a São José. Bichinho fica entre as duas cidades. Lugar tranquilo, charmoso, pitoresco e com muitos atrativos como o Museu do Automóvel, a Casa Torta, alambique, queijos, doces e seu valioso artesanato. Em Bichinho são feitos Móveis, telas, bordados, fuxicos, crochês, tapetes, esculturas e adornos em geral, feitos pelos artesãos locais. 
Além do artesanato presente em Bichinho e na cidade (foto acima de Thelmo Lins), Prados se destaca pela preservação da tradição da música erudita das liturgias dos séculos 18 e 19. Desde sua origem, a música esteve sempre presente no cotidiano da vida dos pradenses, com destaque para a Lira Ceciliana, fundada em 1858, ativa até os dias de hoje e orgulho de todos os pradenses. Em Prados, durante o mês de julho, acontece o tradicional Festival de Música Erudita, um dos mais importantes eventos do calendário cultural de Minas Gerais. O evento tem o apoio da Universidade de São Paulo (USP/SP) com a presença de músicos regionais e alguns dos mais conceituados instrumentistas brasileiros, além de grande público, que aprecia a arte musical clássica e erudita. (foto abaixo de Wilson Fortunato)
Além de sua riqueza arquitetônica, de sua história ligada a Inconfidência Mineira, do seu artesanato, da música, a cidade realiza um dos melhores carnavais da região, com blocos tradicionais, como o Bloco da Latinha, animando os foliões. 
A Semana Santa revive os tempos da fé e religiosidade mineira no tempo Brasil Colônia. São apresentadas músicas sacras do século XVIII, de autoria de compositores de renome da época Barroco mineiro como, José Joaquim Emérico Lobo de Mesquita e Manoel Dias de Oliveira. (foto acima de autoria de Wilson Fortunato mostra o altar da Matriz de Nossa Senhora da Conceição)    
Além dos atrativos citados acima, em Prados oferece ainda como atrativos a Estação de Prados, da antiga Estrada de Ferro Oeste de Minas, de 1881(na foto acima de César Reis); A capela de Nossa Senhora do Livramento; Exposição Agropecuária, Concurso Leiteiro, Feira Artesanal e Industrial; Museu Francisco Virgolino; Mirante do Cruzeiro e a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, obra iniciada no início do século XVIII, em estilo Barroco e seu interior em estilo rococó.

6 comentários:

  1. Como é bom saber sobre essas histórias das cidades históricas das minhas Minas Gerais!

    ResponderExcluir
  2. Meus ancestrais, avós e avô são de Prados; Juca Lopes, Francisca Assis Lopes e Maria José Raposo.

    ResponderExcluir
  3. É uma história que precisa fazer parte dos livros e currículos escolares das redes estaduais e municipais
    Aqui em São João del Rei, a Orquestra Lira Sanjoanense, está fazendo 240 anos de atividades ininterruptas, sendo, de acordo com a UNESCO,a mais antiga das Américas e pouca gente conhece.

    ResponderExcluir
  4. Bela região nos arredores da serra São José

    ResponderExcluir
  5. Belo lugar. Cenário lindo. Amo por demais! Visitarei em breve! elda_eldinha05@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores