Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Pico da Bandeira: o ponto mais alto de Minas

(Por Arnaldo Silva) Exatos 2.891,98 metros de altitude marcam o ponto mais alto de Minas Gerais e da Região Sudeste. É Pico da Bandeira em Alto Caparaó MG, no Leste de Minas. É o terceiro mais alto pico do Brasil, atrás apenas do Pico 31 de Marco, com 2974 metros e do Pico da Neblina com 2996 metros de altitude, ambos no Estado do Amazonas. (foto acima de @shakalcarlos)
O ponto mais alto do Estado de Minas Gerais está localizado no Parque Nacional do Caparaó, na Serra do Caparaó (na foto acima de Sairo C. Guedes, Guia de Turismo), na divisa com o Estado do Espírito Santo, abrangendo 4 cidades mineiras e 7 cidades capixabas. A maior parte da área do Parque Nacional do Caparaó, de 31.800 hectares, está concentrada em território capixaba. No mesmo parque, encontra-se ainda o Pico do Cristal com 2.769 metros, já totalmente em território mineiro.

Chegar até o topo do Pico da Bandeira é uma grande aventura, embora o acesso não seja muito difícil, já que as trilhas são bem sinalizadas e ainda tem a disponibilidade de guias na região. Mesmo assim é uma subida considerável, principalmente nos dias de inverno, época ideal para avistar o nascer do sol e a nevoa aos pés do pico (como podem ver na foto abaixo de Sairo C. Guedes, Guia de Turismo). Exigi-se muita disposição, preparo físico e estar bem agasalhado, porque as subidas ao topo, para apreciar o nascer do sol começa geralmente por volta das 3 da manhã. Tem ainda o frio do inverno rigoroso da região, ainda mais no topo, quando as temperaturas despencam para abaixo de 0 grau, como na foto acima, registrada pela Naiara Cler, em junho de 2016, quando os termômetros, no topo do pico, registraram 14 graus negativos. 
O acesso ao pico pode ser feito pelo lado capixaba pela portaria na comunidade de Pedra Menina, em Dores do Rio Preto ou pelo lado de Minas Gerais, na portaria de Alto Caparaó MG, a preferida, pelo acesso ser mais fácil. Embora as trilhas sejam bem sinalizadas, é aconselhável contratar os serviços de um guia especializado, já que são treinados e conhecem muito bem o caminho, proporcionando assim mais segurança aos visitantes. 

Vale lembrar que dentro do parque não tem restaurante, nem lanchonete, apenas fontes de água. Portanto, o visitante tem que levar comida e bebida, além de roupa seca, caso a pessoa transpire muito na subida. Estando bem equipado, bem agasalhado e com comida e bebida, resta vivenciar a beleza que a natureza do Parque do Caparaó proporciona, como seus vários poços de águas limpas e cristalinas e também, o frio congelante no topo do pico, como podem ver nas fotos acima e abaixo da Naiara Cler
Estar no Pico da Bandeira é um sentimento indescritível, tanto pela beleza e principalmente por estar num lugar preservado. Além disso, tem o charme da pequena e charmosa cidade de Alto Caparaó, com dezenas de pousadas, restaurantes servindo comidas e bebidas típicas da região, principalmente café, considerado o melhor do Brasil atualmente. 

37 comentários:

  1. Qual é a melhor epoca para ver a beleza? No inverno ou no verao?
    Agradeco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Orar aproveitar as cachoeiras,de novembro a março...a água de lá é muito gelada!mas se for ao pico da bandeira, a alta temporada é no inverno,pois diminui os riscos de tempestade repentina...

      Excluir
    2. vá em julho, fui nessa época e não estava tão frio e o sol brilhava intensamente... lindo!!!

      Excluir
    3. Qualquer época será muito boa. Além das belezas naturais locais tem as cafeteiras para se degustar os melhores cafés de montanha do Brasil. Porém para desfrutar das cachoeiras a melhor época é o alto verão pois as águas são muito geladas e no inverno vai ficar bem difícil até mesmo molhar os pés. Região linda vale a pena conferir.

      Excluir
    4. Já subi o pico 2 vezes sempre em junho, apesar de ser mais frio e probabilidade de chuva é pequena ou nula. Se tem preparo, suba a noite e escolha uma data de lua cheia que vc pegará o espetáculo das estrelas (nunca vi um céu tão estrelado pq não tem interferência de luz das cidades) e do sol nascendo no topo e é indescritível. Esse ano estou planejando ir novamente e denovo em junho.

      Excluir
    5. Já subi o pico 2 vezes sempre em junho, apesar de ser mais frio e probabilidade de chuva é pequena ou nula. Se tem preparo, suba a noite e escolha uma data de lua cheia que vc pegará o espetáculo das estrelas (nunca vi um céu tão estrelado pq não tem interferência de luz das cidades) e do sol nascendo no topo e é indescritível. Esse ano estou planejando ir novamente e denovo em junho.

      Excluir
    6. Pra subir montanha sempre no outono, inverno.
      A temporada no Brasil começa em abril e vai até setembro.
      Antes e depois disso corre o risco de pegar chuva que pode ser perigoso dependendo de onde estiver. Alem da trilha bem mais molhada.
      Verao só pra cachoeiras em partes de baixa altitude

      Excluir
    7. Pra subir montanha sempre no outono, inverno.
      A temporada no Brasil começa em abril e vai até setembro.
      Antes e depois disso corre o risco de pegar chuva que pode ser perigoso dependendo de onde estiver. Alem da trilha bem mais molhada.
      Verao só pra cachoeiras em partes de baixa altitude

      Excluir
  2. Melhor no verão e de preferência em época de lua cheia porque aí a iluminação subindo o pico é perfeita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor no inverno pois no verão as chuvas são constantes e pedras podem rolar

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Melhor época para subir é no inverno, devido a diminuição das chuvas, se possível com lua cheia para clarear o caminho.
    O Parque só abre no período de poucas chuvas, maio a setembro...

    ResponderExcluir
  4. Melhor época para subir é no inverno, devido a diminuição das chuvas, se possível com lua cheia para clarear o caminho.
    O Parque só abre no período de poucas chuvas, maio a setembro...

    ResponderExcluir
  5. TUDO TEM A SUA BELEZA ESPLENDOROSA DA NATUREZA...É BELO DEMAIS

    ResponderExcluir
  6. Eliana Colodette Pessanha - São belezas brasileiras que merecem mais e melhor divulgações ! O turismo, sozinho, com infra estrutura e logística de acordo com o perfil urbano de hoje, traria divisas econômicas extraordinários! O Brasil tem tudo para ser uma excelente referência de turismo e eco-turismo ! Um país que tem de tudo e muito mais ! O que falta é um governo que mereça governar esse lindo território continental ! Graças ! ______ 06/11/2016.

    ResponderExcluir
  7. queria ir em dezembro alguem sabe dizer se abre o parque

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola meu nome é Naiara Cler, autora de algumas fotos acima, o Parque funciona o ano todo, fechado em caso de chuvas fortes.

      Excluir
  8. Muito bonito, show mesmo, quero conhecer.;)

    ResponderExcluir
  9. Para curtir as cachoeiras, melhor no verão, pois é época de chuvas e estão mais cheias e menos geladas...
    Para subida até o pico, melhor no inverno, para não correr o risco de pegar temporal com raios..

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Alguém tem telefone ou contato de algum guia deste lugar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Naiara é Gerente da Pousada do Bezerra a 500 metros do Parque e guia credenciada.Tel:(32)3747-2628 - whatsApp:(32) 98446-7661 (Naiara).E-mail: gerencia@poussadadobezerra.com.br

      Excluir
    2. Estive lá em janeiro/17 e fiquei ao lado da Pousada do Bezerra.
      Lugar muito acolhedor ...

      Excluir
    3. Pegou chuva na subida do Pico? Ou no dia como um todo?

      Excluir
  12. vixeeee>!!! top demais , certamente já vai entrar pro roteiro das próximas ferias.

    ResponderExcluir
  13. como é a estrada dentro do parque? é possível ir com carro popular?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carros só até a portaria. Entrar no parque e subir até o Pico da Bandeira é a pé, com Guia credenciado.

      Excluir
  14. Desculpe, mas o carro pode subir desde a portaria do parque até a área de acampamento; pelo lado de Espirito Santo, até a casa queimada; e pelo lado de Minas Gerais, até a tronqueira, desses pontos em diante, só à pé. Praticamente qualquer carro consegue fazer esses trajetos, e das três vezes que fomos (julho e agosto, a ultima vez,no dia 27 de julho 2017) não precisamos de guia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por esse lado ai pode sim, pelo portão do lado de Minas até onde cita e o restante a pé. Mas é importante guias para evitar incidentes como recentemente, um professor se perdeu no parque e ficou 5 dias perdido até ser encontrado pelos bombeiros. É bom sermos responsáveis e irmos em grupo, com guias credenciados e que conheçam muito bem o parque. Casos de pessoas que se aventuram a ir sem guias e se perdem, é comum. Sorte que não precisaram de guias, mas isso é um caso à parte. Por questões de segurança não é recomendado.

      Excluir
  15. Show de bola!!!
    http://www.gramasparaiso.com.br/grama-esmeralda

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores