domingo, 17 de janeiro de 2016

Conheça o Santuário da Serra da Piedade em Caeté

Compartilhe:

“Um dos mais importantes monumentos naturais do nosso Estado, [...] esse imponente paredão de rochas milenares de grande significado histórico e cultural, tão próximo de nós” Carlos Eloy Carvalho Guimarães. (foto acima de Douglas Arouca)
     A serra da Piedade apresenta-se como importantíssimo marco histórico, religioso, paisagístico e turístico de Minas Gerais. Sua história remonta ao início da ocupação do território mineiro em fins do século 17 e início do século 18. A presença da serra foi sentida como desafio, claramente distinguível ao longe, tanto para os primeiros bandeirantes que desbravaram o sertão de Minas Gerais quanto para os viajantes europeus que narraram os costumes de nossa gente no século 19.
     Os primeiros apontamentos sobre a serra da Piedade datam por volta de 1673, quando Fernão Dias Paes buscava encontrar prata na então chamada serra de Sabarabuçu. O nome primitivo, dado pelos indígenas, era Itabera-assu, que significa montanha resplandecente e alta. (foto ao lado/Arquidiocese de BH/Divulgação) Por sua vez, os portugueses a transformaram na corruptela Taberaboçu ou Tabaraboçu, e o século 18 a popularizou como Sabarabuçu. Acreditava-se que havia, nessa serra, imensa quantidade de pedras e minerais preciosos.
     Na sua audaciosa procura, Fernão Dias continuou sua caminhada pelos sertões, durante alguns anos, até falecer, às margens do rio das Velhas, ou Guaicuí, enfraquecido pelas moléstias que adquirira durante os desbravamentos que empreendera.
     A descoberta de ouro nas margens do rio das Velhas ocasionou a identificação desse local com a lendária serra, o que originou o nome do primeiro povoado: Sabará. A partir de 1700, com a repartição das lavras de ouro pelas autoridades, o sopé da serra foi ocupado por inúmeras outras povoações. Essa origem legou à serra da Piedade uma história de minerais valiosos e homens com sede de riqueza e aventura (HORTAS, 1992).
     Além da procura por riqueza material, outra forma de busca marcou a cultura, as tradições e a história da serra: o imaginário religioso. A identidade de serra foi construída a partir da devoção à Nossa Senhora da Piedade.
     No dia 16 de julho de 2004, foi sancionada a Lei n.º 15.178/2004, que definiu os limites de conservação da serra da Piedade, conforme previsto pela Constituição Estadual; nessa ocasião, a serra ganhou o título de Monumento Natural de Minas Gerais.
     Em 1958 o Papa João 18 declarou Nossa Senhora da Piedade padroeira de Minas Gerais; dois anos depois, foi reconhecida como tal pelo governo do Estado. O jubileu de Nossa Senhora da Piedade, uma das maiores festas religiosas de Minas Gerais, atrai todos os anos milhares de romeiros no período de 15 de agosto a 15 de setembro.

Como chegar na Serra da Piedade
Pelo caminho mais rápido: saindo de Belo Horizonte, pegue a BR 381 sentido Vitória. (fotografia acima de Henrique Caetano) Chegando no trevo de Caeté, entre à direita e siga alguns poucos quilômetros até a entrada da Serra da Piedade. A distância total é de uns 60km. Cobram a entrada de motos e carros.
     Pelo caminho mais bonito: esse trajeto passa por dentro de Sabará (dá pra aproveitar e conhecer a cidade). A estrada é pela serra de Caeté, muito mais tranquila do que a BR 381, além de ter uma paisagem maravilhosa. A distância é praticamente a mesma, mas como a estrada é bem estreita e com muitas curvas, demora um pouco mais.
O que fazer na serra:
O restaurante da serra tem café colonial aos fins de semana. São vários quitutes caseiros como bolos, pães, queijos, doces, chocolate quente… tudo no self-service.
Sábado e domingo:
Almoço servido a quilo - de 11h às 15h
Café colonial - de 16h às 18h
Domingo:
Café Colonial - 8h30 às 10h30 e 16h às 18h
-Apreciar a vista
A serra tem uma vista de 360° da região. Dá pra passar horas observando a paisagem, além de tirar muuuitas fotos. (foto ao lado de Elvira Nascimento)
(dependendo da ocasião e época, os horários de funcionamento do restaurante podem ser alterados)
-----------------------------------
Orientações para visitar o Santuário Nossa Senhora da Piedade
• No Santuário Nossa Senhora da Piedade há uma agradável variação de temperatura devido à altitude (1.746 metros). Sugere-se levar um agasalho e usar sapatos confortáveis para aproveitar toda a beleza ao seu redor.
• Nesse lugar de sublime beleza, vale registrar cada momento. Tenha sempre em mãos uma câmera fotográfica.
Para a segurança de todos, no Santuário não é permitido:
• Consumir bebidas alcoólicas, fazer churrasco ou uso de fogareiro.
• Levar qualquer animal para dentro da reserva.
• Escalar e/ou subir nas pedras, caçar ou aprisionar animais.
• Causar danos à vegetação, retirando mudas.
• Sair das trilhas ou abrir novos caminhos.
• Invadir a propriedade, desrespeitando a entrada principal.
• Ligar música em alto volume.
• Acampar e pernoitar em carros.
• Andar de bicicleta nas trilhas, por causa da fragilidade do solo.
• Praticar esportes radicais.
• Comercializar produtos - com exceção dos artesãos cadastrados no Santuário.
• Passeios de crianças sem acompanhante

Horário de visitas e taxas
• Horário de visitação: 7h às 18h, todos os dias da semana
 Motocicletas, carros de passeio, vans, micro-ônibus e ônibus pagam taxa de visitação.  O pagamento deve ser realizado no caixa do Espaço Café/lanchonete (verifique os preços antes)
A sua contribuição será revertida em benfeitorias e na preservação do Santuário Nossa Senhora da Piedade.
------------------------------------------------------------------------------------------------------
Breve história:
Foi no dia 31 de julho de 1960 que ocorreu a proclamação de Nossa Senhora da Piedade como Padroeira de Minas Gerais com a data oficializada pelo papa João XXIII (1881-1963), atendendo ao pedido dos bispos mineiros, entre eles o então arcebispo metropolitano de Belo Horizonte dom Antônio dos Santos Cabral (1884-1967), e do arcebispo coadjutor e administrador apostólico, dom João Resende Costa, bem como do governador do estado, José Francisco Bias Fortes (1891-1971). Dedicou-se a esse processo com bastante destaque dom Carlos Carmello de Vasconcelos Motta (1880-1982), mais conhecido como Cardeal Motta e que hoje batiza a praça em frente da ermida. (foto da imagem da Padroeira de autoria de Josiano Melo)
Fé, história e até política fazem parte do Santuário, a 1740 metros de altitude. Nas frias manhãs do inverno mineiro, os fiéis do norte se viram como podem para suportar o frio. Já os fiéis do sul, andam tranquilamente pelo local com blusas simples, se incomodando muito pouco com com o frio. As baixíssimas temperaturas da serra, para quem não é acostumado, dá a sensação  estar dentro de uma geladeira. É congelante! Quando a névoa não cobre toda a serra é possível ver o espelho d´água de Lagoa Santa, Caeté, o pontilhão ferroviário, Belo Horizonte e outras cidades da região. A sensação de quem chega ao topo da serra é de estar na ponta do céu. (na foto abaixo de Telmo Lins, detalhe da imagem de Nossa Senhora da Piedade)
O lugar é sagrado para  comunidade católica Mineira. Segundo a tradição oral, aparições de Nossa Senhora, com o Menino Jesus nos braços foram vistas entre 1765 e 1767 por uma menina muda, cuja família vivia a seis quilômetros da serra. A partir dessa visão, a menina teria conquistado a fala. Mais tarde, em 1773, o templo seria construído pelo ermitão português Antônio da Silva, o Bracarena.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
IPHAN  APROVA CONSTRUÇÃO DE ESTAÇÃO.
Por ser um grande atrativo turístico de Minas Gerais, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) aprovou o projeto de construção de uma estação de trem para embarque e desembarque de passageiros na Praça Antônio da Silva Bracarena, antes conhecida como Praça da Cavalhada, distante 2,5 quilômetros do topo da Serra da Piedade, patrimônio cultural e natural de Minas Gerais. A composição terá cinco vagões com capacidade para 100 passageiros por viagem. 
Quando a estação estiver em funcionamento quem chegar de carro, ônibus ou van à Praça Bracarena poderá desembarcar e “pegar o trem” até as duas basílicas duas basílicas, sendo uma delas, erguida no século 18, considerada a menor mundo e a imagem de Nossa Senhora da Piedade, padroeira de Minas, esculpida por Antonio Francisco Lisboa, o Aleijadinho (1738-1814).
A locomotiva não tem data para entrar em operação. A estação é o primeiro passo para um projeto maior, de trem diário ligando Belo Horizonte até a Estação de Caeté. 
(Fontes das Informações: Site da Prefeitura de Caeté, Arquidiocese de Belo Horizonte e Jornal O Estado de Minas

38 comentários:
Faça também comentários
  1. linda as fotos de lugar que sei que subir morr o pessoal 7,0,sente dificuldades,mas é bom saber nós somos abençoados por termos nascidos entre essas serras deslumbrantes, e que os homens,a preservem para o futuro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Para os idosos e pessoas com mobilidade reduzida temos transporte especial até o alto da Serra da Piedade.
      Aguardamos a sua visita à Casa da Padroeira de Minas!

      Mais informações: www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
  2. Eu fui e amei. Quero voltar lá novamente... É lindo d+++. Gostaria de saber a história da obra e construção do Santuário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Olá Vânia!
      Confira a história da Casa da Padroeira de Minas em nosso site:
      http://www.santuarionsdapiedade.org.br/historia.php

      Volte sempre, sua visita é muito especial!

      Excluir
  3. Respostas
    1. de onibus somente ate os pes da serra e caminhar 5km ate o topo,onibus sai da estaçao sao gabriel bh em direçao a caete linha 4810 e 4800 partido do estacionamento da rodoviaria de bh

      Excluir
    2. Por favor, sou do Rio e gostaria de conhecer esse lugar. Saberia informar os horário e valor da passagem 4810 e 4800 ?

      Excluir
    3. Olá Marcelo.
      Procure a secretaria da sua paróquia e veja se terá alguma peregrinação ao Santuário da Padroeira de Minas.
      A passagem do ônibus 4810 é R$9,00 e do 4800 (executivo) está R$11,70

      Aguardamos a sua especial visita.
      Mais informações: www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
    4. Estou feliz pela oportunidade !!! Dia 23/09 estarei indo realizar + esse sonho de vida, conhecer o Santuário.

      Excluir
  4. Saudade danada da minha terrinha, sô. Um pedaço lindo do mundo.

    ResponderExcluir
  5. Explica melhor como fazer i caminho mais bonito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo. Confira em nosso site os principais espaços no Santuário da Padroeira de Minas: http://www.santuarionsdapiedade.org.br/principais-espacos.php

      Aguardamos a sua visita!

      Excluir
  6. Linda de mais. Próximo sábado dia 31/12 estarei chegando lá para encerrar meus desafios de pedal do ano. Com as bênçãos de Deus e Nossa Senhora Aparecida. #Desafio Serra da Piedade.

    ResponderExcluir
  7. Nunca se vê mesmas paisagens, de mesmas formas.
    A cada contato, momentos são diferentes.
    É assim, ao se visitar por mais de uma vez, local belíssimo, feito a Serra da Piedade.
    É assim, como se vive a vida.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Sou paranaense,visitei a serra no dia 12/01. iniciei meu ano com este sonho realizado, Eu me apaixonei por este lugar, é sagrado abençoado e onde encontrei muita paz!Tirei fotos magnificas. Super indico!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua visita é muito especial. Volte sempre a Casa da Padroeira de Minas Gerais. Que Nossa Senhora da Piedade abençoe você e sua família.

      www.facebook.com/santuarionspiedade
      www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
  10. É permitido o tráfego de automóveis até o santuário????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas informações estão no post.

      Excluir
    2. Olá. Os automóveis não sobem até o alto da Serra da Piedade. Eles ficam na Cavalhada e o restante do percurso é feito a pé.
      Aguardamos a sua visita.

      Mais informações: http://www.santuarionsdapiedade.org.br/como-chegar.php

      Excluir
  11. Estive lá em três oportunidades todas elas com muita emoção e forte apelo. A presença de DEUS é sentida dos pés à cabeça, no vento, na brisa, nas plantas, nas pedras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua visita é muito especial. Volte sempre a Casa da Padroeira de Minas Gerais. Que Nossa Senhora da Piedade abençoe você e sua família.

      www.facebook.com/santuarionspiedade
      www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
  12. Quando for em BH. Com certeza irei visitar a igreja e contemplar essa linda paisagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bete.

      Estamos esperando a sua visita na Casa da Padroeira de Minas Gerais. Que Nossa Senhora da Piedade abençoe você e sua família.

      www.facebook.com/santuarionspiedade
      www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
  13. Boa noite
    Táxi leva da rodoviária de caete até aoSantuário
    Estamos pretendendo ir próximo domingo. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é permitido subir de carro até o santuário. Te levará até próximo a subida, na Cavalhada.O restante é a pé. Não é muito caminho não.

      Excluir
    2. Estamos esperando a sua visita na Casa da Padroeira de Minas Gerais.

      Mais informações: http://www.santuarionsdapiedade.org.br/como-chegar.php

      Excluir
  14. Celebram missas na igrejinha ai?e os horários e dias!

    ResponderExcluir
  15. JOSE GERALDO REIS.Idoso também tem que fazer a caminhada?

    ResponderExcluir
  16. Gostaria de ver o nascer e o por do sol lá fe cima, assim como estar lá em noite de lua cheia. Pena que os horários não são compatíveis.

    ResponderExcluir
  17. O restaurante funciona dia de semana também??

    ResponderExcluir