Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

domingo, 17 de janeiro de 2016

Santuário da Serra da Piedade em Caeté

(Por Arnaldo Silva) A história da Serra da Piedade começa junto com a história de Minas Gerais, no final do século XVII, com a chegada dos bandeirantes paulistas em busca dos tesouros minerais do subsolo mineiro, em 1673. (foto acima de Douglas Arouca) Na região, a bandeira chefiada por Fernão Dias, buscava encontrar prata, por acreditar na existência do metal nas montanhas da Serra do Sabarabuçu, nome inicial que os bandeirantes deram a Serra.
          Naquela época, o território mineiro era habitado por índios de várias etnias, que chamavam a serra de Itabera-assu, que na linguagem indígena significa “montanha resplandecente e alta”. Após a expulsão dos indígenas da região, os bandeirantes continuaram chamando a serra com o nome indígena, mas não com a pronúncia exata dos índios. Ao invés de Itabera-assu, era chamada de Taberaboçu ou Tabaraboçu. Mesmo assim era um pouco difícil de pronunciar e com o passar do tempo, já no século 18, a pronúncia passou a mudar e se popularizar trocando o T pelo S, ficando Sabarabuçu, mais fácil e não precisava enrolar muito a língua. Assim ao invés de Serra do Itabera-assu, ficou, Serra do Sabarabuçu. (foto ao lado/Arquidiocese de BH/Divulgação) 
          Fernão Dias não encontrou a prata que imagina na região, mas ouro sim. Foi nas margens do Rio das Velhas, o que atraiu homens com sede de riquezas e aventuras à região. Com tanta gente chegando, foram se formando arraiais. De um desses arraiais, originou-se uma importante cidade histórica hoje, que teve o nome inspirado na Serra do Sabarabuçu. É a cidade de Sabará, a 20 km de Belo Horizonte. Fernão Dias era incansável na busca de ouro, prata, esmeraldas e diamantes. Sua determinação e audácia em desbravar o território mineiro fez com que sua saúde ficasse abalada por moléstias, vindo a falecer na região, as margens do Rio das Velhas.
          Desde os tempos antigos, ao longe a Serra já chamava a atenção. Subindo até seu topo, impressionava os antigos pela vista fabulosa e impressiona até hoje. A paz que o lugar transmite é uma paz celestial incrível, sentida pelos primeiros moradores da região e europeus que foram chegando ao decorrer dos séculos 18 e 19. Estes perceberam o valor da Serra do Sabarabuçu e aos poucos foram transformando-a num marco histórico, religioso e paisagístico. Hoje é tudo isso e ainda um dos principais destinos turísticos de Minas Gerais.
          Além da riqueza material a Serra formada por um imenso maciço rochoso, tem grande significado cultural e histórico para nós mineiros, além da tradição religiosa e gastronômica, herdadas ao longo de mais de três séculos. É hoje uma das principais identidades religiosas de Minas Gerais, construída com a devoção a Nossa Senhora da Piedade, devoção essa que fez a Serra mudar de Sabarabuçu para Serra da Piedade.
          A área onde está a Serra da Piedade é Monumento Natural de Minas Gerais desde 16 de julho de 2004, através da Lei nº 15.178/2004, que definiu os limites de conservação da Serra, de acordo com a Constituição Mineira.

Como chegar na Serra da Piedade
         Pelo caminho mais rápido: saindo de Belo Horizonte, pegue a BR 381 sentido Vitória. (fotografia acima de Henrique Caetano) Chegando no trevo de Caeté, entre à direita e siga alguns poucos quilômetros até a entrada da Serra da Piedade. A distância total é de uns 60km. Cobram a entrada de motos e carros.
         Pelo caminho mais bonito: esse trajeto passa por dentro de Sabará (dá pra aproveitar e conhecer a cidade). A estrada é pela serra de Caeté, muito mais tranquila do que a BR 381, além de ter uma paisagem maravilhosa. A distância é praticamente a mesma, mas como a estrada é bem estreita e com muitas curvas, demora um pouco mais.
O que fazer na serra?
          O restaurante da serra tem café colonial aos fins de semana. São vários quitutes caseiros como bolos, pães, queijos, doces, chocolate quente… tudo no self-service.
Sábado e domingo:
Almoço servido a quilo - de 11h às 15h
Café colonial - de 16h às 18h
Domingo:
Café Colonial - 8h30 às 10h30 e 16h às 18h
-Apreciar a vista
A serra tem uma vista de 360° da região. Dá pra passar horas observando a paisagem, além de tirar muitas fotos. (foto ao lado de Elvira Nascimento)
(dependendo da ocasião e época, os horários de funcionamento do restaurante podem ser alterados)
Orientações para visitar o Santuário 
• No Santuário Nossa Senhora da Piedade há uma agradável variação de temperatura devido à altitude (1.746 metros). Sugere-se levar um agasalho e usar sapatos confortáveis para aproveitar toda a beleza ao seu redor.
• Nesse lugar de sublime beleza, vale registrar cada momento. Tenha sempre em mãos uma câmera fotográfica.
Não é permitido no Santuário:
• Consumir bebidas alcoólicas, fazer churrasco ou uso de fogareiro.
• Levar qualquer animal para dentro da reserva.
• Escalar e/ou subir nas pedras, caçar ou aprisionar animais.
• Causar danos à vegetação, retirando mudas.
• Sair das trilhas ou abrir novos caminhos.
• Invadir a propriedade, desrespeitando a entrada principal.
• Ligar música em alto volume.
• Acampar e pernoitar em carros.
• Andar de bicicleta nas trilhas, por causa da fragilidade do solo.
• Praticar esportes radicais.
• Comercializar produtos - com exceção dos artesãos cadastrados no Santuário.
• Passeios de crianças sem acompanhante

Horário de visitas e taxas
• Horário de visitação: 7h às 18h, todos os dias da semana
 Motocicletas, carros de passeio, vans, micro-ônibus e ônibus pagam taxa de visitação.  O pagamento deve ser realizado no caixa do Espaço Café/lanchonete (verifique os preços antes)
A sua contribuição será revertida em benfeitorias e na preservação do Santuário Nossa Senhora da Piedade.
A história do Santuário de Nossa Senhora da Piedade
          Foi no dia 31 de julho de 1960 que ocorreu a proclamação de Nossa Senhora da Piedade como Padroeira de Minas Gerais com a data oficializada pelo papa João XXIII (1881-1963), atendendo ao pedido dos bispos mineiros, entre eles o então arcebispo metropolitano de Belo Horizonte dom Antônio dos Santos Cabral (1884-1967), e do arcebispo coadjutor e administrador apostólico, dom João Resende Costa, bem como do governador do estado, José Francisco Bias Fortes (1891-1971). Dedicou-se a esse processo com bastante destaque dom Carlos Carmello de Vasconcelos Motta (1880-1982), mais conhecido como Cardeal Motta e que hoje batiza a praça em frente da ermida. (foto da imagem da Padroeira de autoria de Josiano Melo)
          Fé, história e até política fazem parte do Santuário, a 1740 metros de altitude. Nas frias manhãs do inverno mineiro, os fiéis do norte se viram como podem para suportar o frio. Já os fiéis do sul, andam tranquilamente pelo local com blusas simples, se incomodando muito pouco com com o frio. As baixíssimas temperaturas da serra, para quem não é acostumado, dá a sensação  estar dentro de uma geladeira. É congelante! Quando a névoa não cobre toda a serra é possível ver o espelho d´água de Lagoa Santa, Caeté, o pontilhão ferroviário, Belo Horizonte e outras cidades da região. A sensação de quem chega ao topo da serra é de estar na ponta do céu. (na foto abaixo de Telmo Lins, detalhe da imagem de Nossa Senhora da Piedade)
          O lugar é sagrado para  comunidade católica Mineira. Segundo a tradição oral, aparições de Nossa Senhora, com o Menino Jesus nos braços foram vistas entre 1765 e 1767 por uma menina muda, cuja família vivia a seis quilômetros da serra. A partir dessa visão, a menina teria conquistado a fala. Mais tarde, em 1773, o templo seria construído pelo ermitão português Antônio da Silva, o Bracarena.
IPHAN  aprova construção de Estação de Trem
          Por ser um grande atrativo turístico de Minas Gerais, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) aprovou o projeto de construção de uma estação de trem para embarque e desembarque de passageiros na Praça Antônio da Silva Bracarena, antes conhecida como Praça da Cavalhada, distante 2,5 quilômetros do topo da Serra da Piedade, patrimônio cultural e natural de Minas Gerais. A composição terá cinco vagões com capacidade para 100 passageiros por viagem. 
          Quando a estação estiver em funcionamento quem chegar de carro, ônibus ou van à Praça Bracarena poderá desembarcar e “pegar o trem” até as duas basílicas duas basílicas, sendo uma delas, erguida no século 18, considerada a menor mundo e a imagem de Nossa Senhora da Piedade, padroeira de Minas, esculpida por Antonio Francisco Lisboa, o Aleijadinho (1738-1814).
          A locomotiva não tem data para entrar em operação. A estação é o primeiro passo para um projeto maior, de trem diário ligando Belo Horizonte até a Estação de Caeté. 
Fontes de consulta : Site da Prefeitura de Caeté, Arquidiocese de Belo Horizonte, Jornal O Estado de Minas e Iphan.

39 comentários:

  1. linda as fotos de lugar que sei que subir morr o pessoal 7,0,sente dificuldades,mas é bom saber nós somos abençoados por termos nascidos entre essas serras deslumbrantes, e que os homens,a preservem para o futuro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Para os idosos e pessoas com mobilidade reduzida temos transporte especial até o alto da Serra da Piedade.
      Aguardamos a sua visita à Casa da Padroeira de Minas!

      Mais informações: www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
  2. Eu fui e amei. Quero voltar lá novamente... É lindo d+++. Gostaria de saber a história da obra e construção do Santuário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Olá Vânia!
      Confira a história da Casa da Padroeira de Minas em nosso site:
      http://www.santuarionsdapiedade.org.br/historia.php

      Volte sempre, sua visita é muito especial!

      Excluir
  3. Respostas
    1. de onibus somente ate os pes da serra e caminhar 5km ate o topo,onibus sai da estaçao sao gabriel bh em direçao a caete linha 4810 e 4800 partido do estacionamento da rodoviaria de bh

      Excluir
    2. Por favor, sou do Rio e gostaria de conhecer esse lugar. Saberia informar os horário e valor da passagem 4810 e 4800 ?

      Excluir
    3. Olá Marcelo.
      Procure a secretaria da sua paróquia e veja se terá alguma peregrinação ao Santuário da Padroeira de Minas.
      A passagem do ônibus 4810 é R$9,00 e do 4800 (executivo) está R$11,70

      Aguardamos a sua especial visita.
      Mais informações: www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
    4. Estou feliz pela oportunidade !!! Dia 23/09 estarei indo realizar + esse sonho de vida, conhecer o Santuário.

      Excluir
  4. Saudade danada da minha terrinha, sô. Um pedaço lindo do mundo.

    ResponderExcluir
  5. Explica melhor como fazer i caminho mais bonito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo. Confira em nosso site os principais espaços no Santuário da Padroeira de Minas: http://www.santuarionsdapiedade.org.br/principais-espacos.php

      Aguardamos a sua visita!

      Excluir
  6. Ah se eu ppudesse e meu dinheiro desse

    ResponderExcluir
  7. Linda de mais. Próximo sábado dia 31/12 estarei chegando lá para encerrar meus desafios de pedal do ano. Com as bênçãos de Deus e Nossa Senhora Aparecida. #Desafio Serra da Piedade.

    ResponderExcluir
  8. Nunca se vê mesmas paisagens, de mesmas formas.
    A cada contato, momentos são diferentes.
    É assim, ao se visitar por mais de uma vez, local belíssimo, feito a Serra da Piedade.
    É assim, como se vive a vida.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Sou paranaense,visitei a serra no dia 12/01. iniciei meu ano com este sonho realizado, Eu me apaixonei por este lugar, é sagrado abençoado e onde encontrei muita paz!Tirei fotos magnificas. Super indico!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua visita é muito especial. Volte sempre a Casa da Padroeira de Minas Gerais. Que Nossa Senhora da Piedade abençoe você e sua família.

      www.facebook.com/santuarionspiedade
      www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
  11. É permitido o tráfego de automóveis até o santuário????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas informações estão no post.

      Excluir
    2. Olá. Os automóveis não sobem até o alto da Serra da Piedade. Eles ficam na Cavalhada e o restante do percurso é feito a pé.
      Aguardamos a sua visita.

      Mais informações: http://www.santuarionsdapiedade.org.br/como-chegar.php

      Excluir
  12. Estive lá em três oportunidades todas elas com muita emoção e forte apelo. A presença de DEUS é sentida dos pés à cabeça, no vento, na brisa, nas plantas, nas pedras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua visita é muito especial. Volte sempre a Casa da Padroeira de Minas Gerais. Que Nossa Senhora da Piedade abençoe você e sua família.

      www.facebook.com/santuarionspiedade
      www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
  13. Quando for em BH. Com certeza irei visitar a igreja e contemplar essa linda paisagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bete.

      Estamos esperando a sua visita na Casa da Padroeira de Minas Gerais. Que Nossa Senhora da Piedade abençoe você e sua família.

      www.facebook.com/santuarionspiedade
      www.santuarionsdapiedade.org.br

      Excluir
  14. Boa noite
    Táxi leva da rodoviária de caete até aoSantuário
    Estamos pretendendo ir próximo domingo. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é permitido subir de carro até o santuário. Te levará até próximo a subida, na Cavalhada.O restante é a pé. Não é muito caminho não.

      Excluir
    2. Estamos esperando a sua visita na Casa da Padroeira de Minas Gerais.

      Mais informações: http://www.santuarionsdapiedade.org.br/como-chegar.php

      Excluir
  15. Celebram missas na igrejinha ai?e os horários e dias!

    ResponderExcluir
  16. Eu e minha namorada também fomos ,muito lindo!

    ResponderExcluir
  17. JOSE GERALDO REIS.Idoso também tem que fazer a caminhada?

    ResponderExcluir
  18. Gostaria de ver o nascer e o por do sol lá fe cima, assim como estar lá em noite de lua cheia. Pena que os horários não são compatíveis.

    ResponderExcluir
  19. O restaurante funciona dia de semana também??

    ResponderExcluir
  20. Além da beleza natural, tem um astral e uma energia revigorante!

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores