Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 2 de abril de 2019

O trem turístico que ligará Minas ao Rio de Janeiro

(Por Arnaldo Silva)  A imagem do trem de passageiros, serpenteando as montanhas e vales da Zona da Mata Mineira, passando por pontes, fazendas e paisagens deslumbrantes, ligando Minas Gerais ao Rio de Janeiro, voltará a propiciar essa nostálgica e saudosa viagem, pelo menos em parte. 
          A primeira etapa de 37 km dos 168 km da ferrovia, já está em início de reforma. O trem, na primeira etapa, sairá de Três Rios/RJ, passando por Sapucaia/RJ, entrando em Minas Gerais por Chiador/MG e retornando. Após a conclusão da primeira etapa, terá a segunda e terceira, para concluir todos os 168 km do trecho, que sairá de Cataguases MG até Três Rios RJ. 
          O prazo para a conclusão da primeira etapa está prevista para dezembro de 2022. Após a conclusão da primeira etapa, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), fará inspeção do trajeto e liberará a linha para funcionamento.
          A previsão é que a linha entre em operação experimental em fevereiro de 2023, fazendo o trajeto de ida e volta, aos sábados, domingos e feriados, duas vezes ao dia
História e itinerário original 
          Os 168 km do trecho do trem turístico que ligará Cataguases em Minas à Três Rios RJ, faz parte do ramal de Porto Novo, da antiga Estrada de Ferro Leopoldina (EFL). Foi inaugurada em 1884, para transporte de passageiros e carga. A partir de 1995, a linha passa a operar, sob concessão da Ferrovia Centro Atlântica (FCA)/VLI Logística, apenas para transporte de cargas. (Foto acima arquivo Ong Amigos do Trem/enviada por Cyntia Nascimento)
          Cerca de 168 km do trecho do ramal, entre Cataguases MG, a Três Rios/RJ, não estavam sendo usados pela empresa, desde 2015. Desde essa época, a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público/OSCIP - Amigos do Trem, presidida por Cyntia Nascimento Leite, vem se empenhando para reativar esse trecho, para transporte de passageiros para fins turísticos. (foto acima de Caio Corrêa Mello/Ong Amigos do Trem/Divulgação, o novo trem, já restaurado, em sua primeira viagem de testes)
Reativação do ramal: uma luta de anos
          Idealizado e iniciado por Paulo Henrique do Nascimento (in memoriam), mineiro de Juiz de Fora MG, teve seu projeto e luta,  abraçado por sua sobrinha, Cyntia Nascimento Leite, a partir de 2018, continuando a luta e o sonho de Paulo Henrique, que faleceu nesse ano. (fotografia acima Ong Amigos do Trem/enviada por Cyntia Nascimento)
          Foram anos de luta, tanto de Paulo, quanto de Cynthia Nascimento (na foto/arquivo pessoal), com trem e vagões reformados, através de parcerias e apoio das prefeituras locais, aguardando apenas as licenças da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para que o projeto saísse do papel e esse trecho do antigo ramal ferroviário da Estrada de Ferro Leopoldina, fosse recuperado, para o trem circular novamente
         E saiu a autorização. Ao menos em parte.
         No dia 23 de julho de 2021, a ANTT, aprovou a reforma do trecho de Três Rios/RJ, entre Chiador MG e Sapucaia/RJ. São 37 km, inicialmente. A autorização foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).
Início das obras
          Em abril 29 de abril de 2022, foi definido, em reunião na Prefeitura de Três Rios/RJ reunião entre as partes envolvidas no projeto, definindo o início das obras de reforma dos 37 km da ferrovia, para colocar o trem nos trilhos.
          A reforma gerará cerca de 250 empregos diretos, beneficiando as cidades da primeira etapa: Três Rios e Sapucaia no Rio de Janeiro e Chiador, em Minas Gerais. 
          Segundo a presidente da ONG Amigos do Trem, Cynthia Nascimento “A reunião contou com a participação das prefeituras, apoiadores e representantes da sociedade civil, dentre eles: Ferrovia Centro Atlântica/FCA, Grupo Mil, Prefeitura Municipal de Três Rios, Prefeitura Municipal de Chiador, Prefeitura Municipal de Sapucaia, Sumicity Internet, Sebrae/RJ,  Sicomércio/RJ, Fecomércio/RJ, Acesso Tecnológico.
          Cynthia Nascimento aproveitou para agradecer pelo início das obras do tão sonhado projeto: “Agradecemos também o apoio íntegro da concessionária Ferrovia Centro-Atlântica, Ministério Público Federal de Minas Gerais, ANTT, DNIT, VALE, Sebrae, Sumicity, Grupo Mil, as prefeituras responsáveis pelos trechos e os membros voluntários da ONG Amigos do Trem e das regionais. Agradecemos, ainda, pela credibilidade e o apreço que todos têm pela OSCIP Amigos do Trem. Somos gratos por todos acreditarem no nosso trabalho e no ser humano que somos e estamos nos tornando! A partir de abril vamos postar fotos e vídeos para vocês acompanharem o dia a dia da reforma e manutenção do trecho”.
          A empresa concessionária FCA/VLI Logística, executará o projeto. Segundo Cynthia Nascimento, o prazo para conclusão da reforma é para dezembro de 2022 ou no máximo, janeiro de 2023. 
          Quando a reforma do trecho do antigo ramal da Estrada de Ferro Leopoldina estiver reformado em dezembro de 2022, o trem estará em condições de trafegar imediatamente.
Trem e vagões todos restaurados
          Isso porque já está pronto, restaurado e revisado, tendo inclusive feito viagens de testes, pelo percurso. São dois trens e 15 vagões panorâmicos, do antigo trem Vitória/Minas, adquiridos da Vale (foto acima /ONg Amigos do Trem/Divulgação) e em perfeitas condições de uso. Quando todo o trecho do ramal, estiver em funcionamento, um trem sairá de Cataguases MG e outro sairá de Três Rios RJ, no mesmo horário, se encontrando no meio do caminho, em Além Paraíba MG.
168 km de trilhos por 8 cidades

          
O projeto original, prevê uma viagem de 168 km sobre trilhos, passando por 6 cidades mineiras, começando por Cataguases, seguindo por Leopoldina, Recreio (onde fica a oficina da Ong Amigos do Trem/na foto acima de Duva Brunelli), Volta Grande, Além Paraíba e Chiador em Minas, entrando no Rio de Janeiro por Sapucaia, indo até Três Rios/RJ.
          Serão cerca de 800 turistas por viagem, o que daria 300 mil pessoas usando o Trem Minas-Rio, um número considerável de visitantes para as 8 cidades de todo o trajeto original. Isso incrementará o turismo nessas cidades, gerará empregos e renda.
Primeira etapa
          O percurso total do projeto, de 168 km, está programado para ser feito em 3 horas, pelas 8 cidades. De início, serão apenas 37 km de percurso passando por 3 cidades apenas, com tempo menor de viagem.
          O trem sairá de Três Rios/RJ, com parada na estação Penha Longa, na charmosa e acolhedora cidade mineira de Chiador. Inaugurada em 9 de junho de 1887, no ramal de Porto Novo, a estação é tão atraente, quanto a cidade. Totalmente revitalizada, a estação Penha Longa (na foto acima de Duva Brunelli), aguarda apenas o início do funcionamento do trem Rio/Minas. 
          Em Chiador, o turista poderá conhecer ainda a primeira estação de trem de Minas Gerais, inaugurada pelo Imperador Dom Pedro II, em 1869. Até pouco tempo, estava esquecida e em ruínas.
          Em estilo neoclássico, tem o traçado retangular, com 55 metros de comprimento, por 7 de largura, com armazéns no centro, ocupando 40 metros da construção, além de dois pavimentos, com telhado, em duas águas. (fotografia acima arquivo Ong Amigos do Trem/enviada por Cyntia Nascimento)
          Por sua história e importância para a cidade e Minas Gerais, objetiva-se sua restauração, preservando assim, uma parte importante da história ferroviária de Minas Gerais.
          De Chiador/MG, o trem seguirá para Sapucaia/RJ. A volta é o caminho inverso, saindo de Sapucaia, passando por Chiador, finalizando em Três Rios/RJ.
Segunda etapa
          O trem circulará nas outras cinco cinco mineiras, de acordo com o projeto original, na medida que os trechos do ramal ferroviário e estações, forem sendo reformados pela concessionária e prefeituras, respectivamente. (na foto acima da Ong Amigos do Trem/Divulgação, o novo trem, na Estação Simplício, em Além Paraíba MG, inaugurada em 1871 e reformada, pronta para ser uma das paradas do trem turístico)
          O trem circulará nos fins de semana e feriados. Serão em média, 860 passageiros transportados por dia. Segundo estimativa da Ong Amigos do Trem, essa nova linha irá gerar cerca de 300 empregos diretos e fomentará a economia das oito cidades, por onde o trem passará.
          Isso porque, nas paradas, o turista poderá conhecer a gastronomia, artesanato, arquitetura, atividades culturais e ecológicas de cada cidade.
          Para que o turista, possa aproveitar ao máximo, a viagem de trem, a Ong Amigos do Trem, planeja organizar atividades diversas dentro dos vagões. O objetivo é tornar o passeio mais atraente e inesquecível. (foto acima arquivo Ong Amigos do Trem/enviada por Cyntia Nascimento)
          Isso porque, além das belezas naturais, das charmosas estações de paradas e atrativos naturais, arquitetônicos, gastronômicos e culturais das 8 cidades que o trem passará, a viagem de trem contará com atrações variadas, organizadas pela Ong Amigos do Trem.
De Viçosa a Cajuri, até Cataguases
          Em novembro, chegaram à cidade de Cajuri, na Zona da Mata Mineira, duas composições, doadas ao município, totalmente restauradas, dando início assim ao tão sonhado retorno do transporte de passageiros por trilhos, entre Viçosa e Cataguases, abandonados pela concessionarias que administram esse trecho.
          A entrega das composições teve a presença da Ong Amigos do Trem, que deu apoio à iniciativa, autoridades regionais e entusiastas da volta dos trens. 
          Inicialmente, serão recuperados o trecho entre Viçosa e Cajuri, previsto para julho de 2022, com previsão de extensão para outros trechos seguindo de Cajuri para Coimbra, São Geraldo, Ubá, terminando na Estação de Trem de Cataguases fechando a ligação com a linha Cataguases/Três Rios MG.
A retomada das ferrovias em Minas Gerais
          Os trens de passageiros, mesmo que de início, seja apenas para turismo, é um sonho abraçado por mineiros que lutam pela retomada dos trens nos trilhos de Minas. Aos poucos, os resultados do esforço e persistência, vem sendo superados e os trens, estão voltando aos trilhos, de onde nunca deviam ter saído.
          Quem quiser saber mais sobre o Trem Minas Rio, pode entrar em contato com a Ong Amigos do Trem através da fanpage: Amigos do Trem.

51 comentários:

  1. A expectativa é muito grande e os amantes de trem, aguardam ansiosamente!

    ResponderExcluir
  2. Amo viajar de trem adorei ler essa matéria

    ResponderExcluir
  3. Grande notícia, adoro viajar de trem mesmo trajetos curtos como Tiradentes-São João Del Rei,ou, o trem de Passa 4

    ResponderExcluir
  4. Assim que inaugurar com certeza vou passear de trem...adoro é muito romântico.

    ResponderExcluir
  5. Eu quero falar este passeio por favor tem como avisar. Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Não vejo a hora de fazer este passeio

    ResponderExcluir
  7. Gente aieeeeee quero muito passear amo muito tudo isso vamos de trem passeio gostoso cheiro de fumaça e claro paisagem de tirar o fôlego aí eeeee eeeee amoooo adoro esperando ansiosamente bjusss a todos tchau 👋.

    ResponderExcluir
  8. Gente aieeeeee quero muito passear amo muito tudo isso vamos de trem passeio gostoso cheiro de fumaça e claro paisagem de tirar o fôlego aí eeeee eeeee amoooo adoro esperando ansiosamente bjusss a todos tchau 👋.

    ResponderExcluir
  9. Lindinho. As crianças de Sapucaia ficam encantadas.
    Quando eu era pequena , e a Rede Ferroviaria era Ativa, vi de tudo passar ali. Eu adorava!
    Sempre morei perto da Via Ferrea!

    ResponderExcluir
  10. Parabens Vou querer passear nesse trem

    ResponderExcluir
  11. Adoraria que esse trem começasse logo a circular pois adoro viajar de trem e seria muito divertido e maravilhoso conhecer cidades mineiras de trem. O Brasil está muito atrasado em questão de usar os trens pois que qualquer pais fora o Brasil tem esse tipo de trem turistico e circulando pelas cidades.

    ResponderExcluir
  12. Adoro andar de trem . Vamos dar uma força para que comessem o mais rápido possível usar esses trens de uma cidade a outra.

    ResponderExcluir
  13. Adorei saber dessa notícia. Adoro viagens de trem. Conheci e viajei no trem azul que ligava Rio E São Paulo. Conheço o trem de Passa Quatro, e o de Tiradentes que são riquezas a serem preservadas. Parabéns por essa luta pela preservação dos trens

    ResponderExcluir
  14. Foi um erro enterrar os trilhos, eu saia do Brás em SP, com destino a casa de minha avós em Perdões, próximas de Lavras, Ribeirão Vermelho em Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  15. tem alguma atualização do projeto tem onde eu possa acompanhar o desenvolvimento ?????

    ResponderExcluir
  16. Boa noite! Quanto tempo de viagem? Irei fazer o passeio, amo viajar de trem.

    ResponderExcluir
  17. Cresci ás margens da EFVM, viajei inúmeras vezes para casas dos meus avós, tios tanto maternos quanto paternos. São muitas boas histórias e lembranças dessa época, penso que devemos isso a nossas crianças também!!

    ResponderExcluir
  18. Excelente idéia, viajar ou passear de trem é maravilhoso.

    ResponderExcluir
  19. Que notícia boa,nós aqui no Rio de Janeiro, tínhamos trem que percorria pelo estado.Seria tão bom,que aqui também nós pudéssemos ter essa boa notícia.

    ResponderExcluir
  20. Maravilha! O brasil precisa explorar o turismo ferroviário, temos potencial para isso. Excelente iniciativa, aguardarei anciosamente pela inauguração.

    ResponderExcluir
  21. Amei a ideia e conhecer o Brasil e principalmente Minas sempre foi um sonho.Parabens pela iniciativa.
    Precisamos valorizar e muito nosso país,que para mim e o melhor de todos.

    ResponderExcluir
  22. Bom dia, poderia seguir revitalizando o ramal de Além Paraíba até Nova Friburgo , passando por Carmo ,Sumidouro irá beneficiar também a região serrana fluminense!

    ResponderExcluir
  23. Parabéns aos que lutaram pela volta do trem,apaixonada por trem espero que não demore para as primeiras viagens!!

    ResponderExcluir
  24. Muito bacana esse projeto! Ansioso para passear nesse trem!!!

    ResponderExcluir
  25. estaremos por lá....com certeza....belíssima iniciativa dos idealizadores....parabens....

    ResponderExcluir
  26. Maravilhoso. Tenho muitas saudades das viagens de trem, pois no meu tempo de criança, quase não existia automóveis e nem estradas.
    Espero que esta iniciativa, sirva de exemplo e outros trechos sejam reativados pelo Brasil, afora.

    ResponderExcluir
  27. Show! Nunca deveriam ter acabado com os trens que ligavam uma cidade a outra!

    ResponderExcluir
  28. Estou aguardando desde o inicio do projeto. Não vejo a hora de embarcar no trem que viajei nos anos 1970 entre central do Brasil Rio até Barbacena MG. Pretendo viajar em um trexo deste ramal ferroviario.

    ResponderExcluir
  29. QUANDO COMEÇA A FUNCIONAR ??? pedropaulonoronha@gmail.com

    ResponderExcluir
  30. Estou louca de vontade de fazer esse passeio!

    ResponderExcluir
  31. Sensacional, como amantes das ferrovias, adorei o projeto. Como seria o meu itinerário saindo de São Lourenço onde resido? Teria que ir a Três Rios

    ResponderExcluir
  32. Náo vejo a hora de contemplar a linda paisagem do meu país

    ResponderExcluir
  33. Quando começa funcionar por favor?
    toledojuraci@hotmail.com

    ResponderExcluir
  34. Sou do RJ e gostaria muito que o trajeto desse continuidade pela região de Miguel Pereira, descendo a Serra até pelo menos Estação de Conrado, como era antigamente.

    ResponderExcluir
  35. Pena que Juiz de Fora não está incluída nesse trecho.

    ResponderExcluir
  36. Tô dentro quando inaugurar.Sou de Itatiaia-RJ, perto de Três Rios.

    ResponderExcluir
  37. Brasil tinha que valorizar mais esse meio de transporte, mais barato, mais divertido e menos perigoso. Na época fui de RJ para SP no trem de Prata, foi uma ótima viagem, tinha um vagão restaurante e podíamos dormir em cabines com bicamas ! Viagem inesquecível. Na Europa usar trem é muito comum, aqui podia ser assim também ! Aguardo ansiosamente para ir nesse trecho RJ X MG.

    ResponderExcluir
  38. Boa Noite!!!

    Juiz de fora ficou literalmente de fora dessa?!

    ResponderExcluir
  39. Que maravilha! Com certeza vou fazer este passeio turístico, passa por Chiador, cidadezinha aconchegante onde meu marido foi criado!

    ResponderExcluir
  40. Gente eu moro no rio de janeiro por gentileza faz esse trem sair de viagem do rio pra facilitar as nossas vidas,tenho um filho especial que ama viajar tem 21 anos e ama está vendo paisagens dentro de alguns meio se transporte.Ansiosa pra poder viajar logo,obgda.

    ResponderExcluir
  41. Sensacional... É um sonho que acalento há anos. Não imagino a hora em poder fazer esta viagem, onde sempre quis fazê-la, como tenho feito nos outros ramais que vão sendo recuperados pelo nosso Brasil. Atualmente resido em São Lourenço MG e me delicio viajando no nosso Trem das Aguas.Me mantenham informado.

    ResponderExcluir
  42. Então os mineiros estão desfazendo a obra do grande mineiro J K, q deu primazia aos carros...

    ResponderExcluir
  43. Amo os trens. Sonho que a Estação da Leopoldina volte a operar. Tínhamos os trens para São Paulo e para Belo Horizonte.

    ResponderExcluir
  44. Acompanho o trabalho e aguardo a inauguração do serviço

    ResponderExcluir
  45. Tem que ir até Ouro Preto será mais lindooo ainda

    ResponderExcluir
  46. E na cidade de Juiz de fora quando chega?

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores