Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Os 10 destinos mais acolhedores do mundo

(Por Arnaldo Silva) Imagine você andando por ruas com árvores com folhagem coloridas, jardins e casario em estilo alemão, suíço e letão. Imaginou estar na Europa, em Campos do Jordão, Pomerode ou em Gramado? Nenhuma das opções. Esse lugar é no Brasil e em Minas Gerais. É Monte Verde, distrito de Camanducaia, no Sul de Minas, distante 484 km da capital. Na charmosa, acolhedora e aconchegante vila, vivem, em seus exatos 1555,5 metros de altitude, cerca de 6 mil pessoas, todos simpáticos, receptivos e hospitaleiros.
          A beleza da arquitetura monte-verdense encanta pelo estilo alemão e suíço, mas sua origem não é nem da Alemanha e nem da Suíça, é da Letônia, pequeno país no Leste Europeu, uma ex-república da antiga União Soviética. Os letões chegaram à região por volta de 1938 e perceberam similaridade na paisagem, clima e frio da região, com a de seu país. Adquiriram propriedades no local e começaram a povoar e construir casas no estilo arquitetônico letão. Com o passar do tempo, novos moradores foram chegando, a vila crescendo e se desenvolvendo, formando hoje as características atuais de Monte Verde. Assim surgiu um dos mais atraentes, charmosos e elegantes distritos de Minas Gerais. 
          Hoje Monte Verde (na foto acima do Wellington Diniz) é um dos principais destinos turísticos do Brasil, e não é por acaso. Seus moradores conseguiriam unir a tradição Europeia e mineira, principalmente na culinária, investiram na formação de uma rede gastronômica de alta qualidade, com pratos finos e diversificados, mesclando a tradição da culinária mineira que vai desde o nosso frango com quiabo, aos principais pratos europeus, como fondue, por exemplos. Outro investimento foi na formação de uma sofisticada rede hoteleira, que inclui de pequenas e charmosas pousadas até pousadas e spas luxuosos. Além disso, diversificaram o artesanato local, bem como a produção artesanal de queijos, cachaça, licores e doces. 
          Aliado ainda às belezas da região e o frio, um dos atrativos de Monte Verde. Sua paisagem fica mais parecida com as pequenas vilas europeias em dias de geada, com temperaturas baixíssimas, entre 0ºC a -7º nos dias de frio intenso. No inverno normal, os termômetros ficam em torno de 3 a 10 graus e em dias de verão, a temperatura fica em 25ºC em média, portanto, clima ameno na estação mais quente do ano. (foto acima enviada pela Mônica Milev)
          Para explorar as belezas arquitetônicas, naturais e gastronômicas de Monte Verde, foram criados vários roteiros de passeios, incluindo trilhas, cachoeiras, mirantes com vistas impactantes, visitas aos pontos naturais como a Pedra Redonda, Chapéu do Bispo, Platô, Pedra Partida, Pico do Selado, passeios de quadriciclos, a cavalo, além de passeios pela chocolaterias, cervejaria Fritiz, lojas de artesanatos e outros locais atrativos de Monte Verde, que levam o turista a verdadeiros cenários de filmes românticos. (fotografia de Anthony Cardoso/@anthonyckn)
          Todo esse investimento na melhoria do distrito, tanto por parte da Prefeitura na parte de melhorias urbana, quanto por parte dos moradores, organizados em Associação, foi feito de forma sustentável e organizada, com a preocupação em melhorar o atendimento ao turista, bem como a qualidade de vida de seus moradores. Investimentos estes com grande retorno pois o distrito recebe recebe uma média de 300 mil turistas por ano, principalmente entre os meses de maio a agosto e no final ano, com os festejos natalinos e a iluminação de natal da vila, uma das mais belas do Brasil.      
          A presença dos turistas são constantes, permanentes e crescentes. Além das belezas naturais, da qualidade das pousadas, de sua culinária, da beleza do seu artesanato, das ruas, dos produtos artesanais oferecidos, um outro diferencial é de grande importância para Monte Verde ser o que é hoje. (fotografia acima de Wellington Diniz) É a hospitalidade de seu povo. Quem vem a Monte Verde quer voltar e recomenda visitas. Alegria, gentileza e a educação de seu povo acolhedor, impressiona, não só o Brasil, mas o mundo.
          E não é nenhum exagero. Fato confirmando em janeiro de 2020, quando um dos maiores sites de turismo do muindo, o Booking.com, divulgou a lista dos 10 destinos turísticos mais acolhedores do mundo e Monte Verde ficou nono lugar. No Continente Americano (América Latina, Central e do Norte) só Monte Verde na lista. Os outros nove são da Europa e Ásia. (fotografia de Anthony Cardoso/@anthonyckn)
          A eleição foi feita entre viajantes do mundo inteiro que usam a plataforma. Agora, Monte Verde faz parte  do Traveller Review Awards 2020, prêmio anual da Booking.com que homenageia os parceiros de acomodação.  
A lista dos 10 destinos mais aconchegantes do mundo: 
1. Goreme (Turquia)
2. Tatranska Lomnica (Eslováquia)
3. Phong Nha (Vietnã)
4. Kobarid (Eslovênia)
5. Cochem (Alemanha)
6. Doolin (Irlanda)
7. Taitung City (Taiwan)
8. Schenna (Itália)
9. Monte Verde (Brasil)
10. Lake Tekapo (Nova Zelândia)
          O cantinho da Europa em Minas (na foto acima de Wellington Diniz) pode dizer para todos que é um dos lugares mais acolhedores do mundo, onde o turista é bem recebido, muito bem acolhido, se sentindo como se estive em sua casa. Esse é uma das mais antigas identidades mineiras: a hospitalidade, o acolhimento e a alegria em receber visitantes. Em Minas, toda visita é de casa. 

0 comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores