Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 23 de março de 2020

O doce sabor da infância da receita de brevidade

(Por Arnaldo Silva) Numa tarde chuvosa estava a relembrar minha infância, e me veio à mente as brevidades que minha avó fazia. Era uma delícia. Sentava no banco da cozinha e comia brevidade com gosto. Chovia muito nesse dia e me lembrei das tardes chuvosas lá na roça, tomando café, comendo brevidade e ouvindo o tilintar dos pingos da chuva no velho telhado da casa.
          Me deu saudades do sabor da brevidade, mesmo as lembranças estando distante, não vivia mais na roça e sim na cidade. Parei numa padaria muito chique e requintada e pedi brevidade. A moça que me atendeu me olhou e perguntou? O que é brevidade?         
          Quem ficou espantado fui eu com a pergunta. Uma receita tão antiga, passada de geração para geração, desconhecida pelos mais novos? 
          Ela chamou a confeiteira, que entendia de tudo. Para meu espanto, perguntou?
          - Essa receita é mineira? Como que ela é?
          Respondi:
          - Claro que é. Receita do século XIX, um bolinho de polvilho, feito em forminhas, cuja receita, surgiu por volta de 1875. Saiu das senzalas mineiras para nossa mesa. Uma das mais antigas e tradicionais receitas mineiras, bem como a rosca, broinha, sequilho, biscoito de polvilho frito e assado, pão de queijo, bolinho de chuva, bolos de milho, bolo de fubá, rosquinha, etc. É só para citar essas como exemplo, já que são várias as nossas quitandas surgidas nos séculos 18 e 19 que compõem as receitas mineiras, criadas ou adaptadas de receitas portuguesas, africanas e indígenas do século XVIII e XIX. A própria brevidade foi adaptada, já que na receita original, usava-se polvilho de araruta, uma planta cuja raiz era feito o polvilho. Com a popularização da mandioca e plantio em grande escala, quase não se vê mais araruta. Usa-se agora o polvilho de mandioca.
          A confeiteira que entendia de tudo me olhou com cara de espanto, apenas se limitou a perguntar como era a brevidade. Explique direitinho e foi até a cozinha e me aparece de volta com uns cupcakes e peti gateau, me perguntando se era a mesma coisa.
          Desisti. Fui pra casa procurar a receita e eu mesmo fazer.
          Perguntei para minha mãe sobre a receita e procurando em seu caderninho antigo, encontrou a tão procurada receita tradicional de brevidade, um bolinho leve, gostoso, cheiro e sabor de infância feliz.
          Está ai a receita para que vocês façam e resgatem essa delicia de nossa culinária. Não podemos deixar as inovações culinárias do século 21, ofuscar as delícias da nossa cozinha.
          Pra começar, você vai precisar de forminhas metálicas, tipo aquelas que se faz empadas, só que maior e também forminhas de papel. Você encontra em lojas do ramo e em supermercados.
Essa receita dá mais ou menos uns 30 bolinhos. Então, chame a criançada, os primos e vizinhos para comer.
          A massa tanto pode ser para o bolinho, quanto para o bolo, nesse caso, use uma fôrma untada com manteiga com furo no centro e deixe assando por 30 a 40 minutos ou até que fique dourado.
Os ingredientes para a brevidade são:
750 gramas de polvilho doce
250 gramas de açúcar
6 ovos
1 colher de sopa rasa de fermento em pó
1 colher de chá de essência de baunilha
Modo de preparo
- Bata as claras em neve e acrescente as gemas e a colher de baunilha.
- Bata por 2 minutos na batedeira e acrescente o açúcar e misture por mais 2 minutos.
- Coloque o polvilho aos poucos e misture bem.
- Desligue a batedeira e coloque o fermento, misture bem com uma espátula ou colher de pau.
- Despeje a massa nas forminhas e leve ao forno a 180º por 30 a 40 minutos.
Após esse tempo só servir e se deliciar com essa gostosura secular.
Nota: Antes de perguntar, a receita é original e não se usa nenhum outro líquido senão os ovos. Simples assim.

3 comentários:

  1. A receita está certa? É muito sólido e nada líquido, será que vai virar uma massa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brevidade se faz assim, desde 1875 O líquido são apenas ovos. Nada mais que isso. As fotos que vê na postagem é essa receita.

      Excluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores