segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Conheça o distrito de Tomaz Gonzaga

Compartilhe:

Boa parte dos povoados, vilas, distritos e até cidades mineiras, tiveram origem nas paradas dos tropeiros, pelos rincões de Minas. Vários povoados da Região Central Mineira serviram de base de apoio para os tropeiros que cruzavam Minas Gerais, a caminho de Diamantina e sul da Bahia. Numa dessas paradas de tropeiros, surgiu o povoado de Tomaz Gonzaga, hoje distrito de Curvelo MG, importante cidade mineira, distante 168 km de Belo Horizonte. O município de Curvelo faz divisa com Cordisburgo, Corinto, Felixlândia, Inimutaba, Morro do Garça, Papagaios, Paraopeba, Pompéu, Presidente Juscelino, Santana de Pirapama e Santo Hipólito.

          O distrito é uma das mais antigas povoações de Minas Gerais. A região é de terras férteis, com vários cursos d´água e fica no meio do Estado de Minas Gerais, por isso atraiu muita gente que veio à região para investir em fazendas.
         Sua origem data de 1706 com a chegada de Martinho Afonso de Melo, que veio para a região lidar com gado e lavoura, adquirindo uma fazenda às margens do córrego do Papagaio, posteriormente vendendo a fazenda, Antônio Francisco da Silva.
         Naquela época, as fazendas prosperavam rápido, casarões e igrejas eram construídas com a chegada de pessoas vindas de várias regiões para trabalhar e comprar terras. No final do século 18, o distrito era um dos mais importantes da região. Sua arquitetura, tradição e história conta boa parte da era colonial brasileira. 

         Em 1714 a fazenda já era um povoado e passou a se chamar Papagaio até 1882, quando o povoado já em franco desenvolvimento, foi elevado pela Lei nº 2.905 a Freguesia de Nossa Senhora do Livramento do Papagaio. Em 1906, o nome do vilarejo foi alterado para Silva Jardim. Foi em 1931, que passou a se chamar Tomaz Gonzaga, em homenagem ao poeta Inconfidente Tomaz Antônio Gonzaga. O motivo do porque da homenagem ao Inconfidente, autor dos versos para Marília de Dirceu, ainda é desconhecido.
         Antes parada de tropeiros, hoje é parada para descanso e refúgio para quem busca sossego, tranquilidade e vivência com a natureza e simplicidade, bem como para quem quer conhecer um pouco da história do Brasil Colonial.
         O casario da vila é bem preservado, o povo é simples, hospitaleiro e recebe muito bem os visitantes. As ruas são calmas, tranquilas. Um local para quem gosta do sossego e de qualidade de vida.
          O distrito de Tomaz Gonzaga fica apenas 17 km de distância da sede, Curvelo, numa gostosa viagem em estrada de terra, pelas veredas do sertão mineiro. A região que faz parte do famoso circuito Guimarães Rosa, famoso escritor, nascido em Cordisburgo, distante apenas 45 km de Curvelo. (Por Arnaldo Silva, com fotos de César Rocha)

Nenhum comentário:
Faça também comentários