Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Carvalhos: a cidade das trilhas, dos franceses e cachoeiras

(Por Arnaldo Silva) Carvalhos é uma pequena, pacata, charmosa, atraente e singela cidade do Sul de Minas. Se destaca pela tranquilidade e por suas belezas naturais, que a cada dia atraem turistas em busca de descanso e convívio com a natureza. O município possui pacatos distritos, entre eles Franceses, Furnas e o Cafundó, povoado  onde é produzida a melhor cachaça da região.
          Carvalhos (na foto acima do Dalton Maciel) tem origem no século XVIII com a chegada à região da Mantiqueira de franceses que vieram do Rio de Janeiro, fugindo da perseguição da Coroa Portuguesa quando forças francesas tentaram se apoderar do ouro vindo de Minas e acabaram derrotados e expulsos pelos portugueses. Alguns não voltaram para a França, se emprenharam pelo sertão da Mantiqueira, se estabelecendo próximo a um ribeirão, formando um povoado, com casario, igreja e uma roda d´água, para extração de ouro. Eram franceses e pela roda d´água, passou a ser chamado Franceses da Roda, povoado que existe até hoje na cidade, como podem ver na foto abaixo da Mônica Rodrigues. 
          A região teve crescimento pequeno, devagar, com pequenas fazendas, algumas delas com escravos. Numa dessas fazendas, no final do século XVIII, vivia Dona Maria Joaquina Mendes de Carvalho, senhora muito religiosa que doou uma parte de suas terras para ser construída uma igreja dedicada a Nossa Senhora da Conceição Aparecida. A igreja não foi erguida por falta de mão de obra qualificada na época. Somente em meados do século XIX é que a realidade muda, com a chegada na região de uma família, vinda de Pouso Alto MG. A família se estabeleceu próximo as terras doadas por Dona Maria Joaquina Mendes de Carvalho. Tinham o mesmo sobrenome da dona da fazenda, Carvalho, sobrenome este da alta nobreza portuguesa, existente neste país lusitano desde o século XII. Mas a família Carvalho que chegou à região era formada por pessoas bem simples e conheciam a arte da carpintaria e construção por isso dispuseram a erguer o templo dedicado a Nossa Senhora Aparecida. 
          Em torno da igreja foi formando um povoado, que aos poucos foi crescendo, se tornou Vila, distrito, para enfim, cidade emancipada em 27 de dezembro de 1948. Em homenagem a família Carvalho, por seu pioneirismo e importância para a formação e povoamento da região que originou a cidade, seu nome passou a ser Carvalhos.
            Hoje o município conta com 4.478 habitantes, segundo o IBGE em 2019. Carvalhos está a 380 km de Belo Horizonte, a 1032 metros de altitude, fazendo divisa com Aiuruoca, Seritinga, Liberdade e Bocaina de Minas. (na foto acima de Dalton Maciel, fazenda de leite em Carvalhos e abaixo, de Mônica Rodrigues, colheita de uvas, morangos e framboesas) 
           A economia da cidade gira em torno de pequenos comércios, artesanatos, na pecuária leiteira, na agricultura, se destacando o cultivo de morangos e tomates e do turismo, já que na cidade encontra-se cerca de 70 cachoeiras, mais de 400 km de trilhas, sendo um atrativo para os amantes da natureza e praticantes de esportes radicais. 
          Um dos destaques naturais de Carvalhos (na foto acima de Dalton Maciel) é o Pico do Muquém, cerca de 1800 metros de altitude e a cachoeira da Estiva, (na foto abaixo de Jerez Costa), uma das mais belas cachoeiras de Minas Gerais, muito procurada por moradores da cidade, região e turistas do Brasil inteiro que vem à cidade vivenciar suas belezas naturais. 
          Outro destaque natural de Carvalhos é a Serra dos Três Irmãos, onde está o Pico do Muquém e ainda o Pico do Calambau. Outro pico,o do Quilombo, na Serra do Quilombo. Destaque também para a beleza das Serras do Quilombo, Aparecida e do Grão Mogol.
          O inverno no município é bem rigoroso, como em todas as cidades da Serra da Mantiqueira. Temperaturas negativas e geadas são as marcas do inverno em Carvalhos. São dias e noites seguidas totalmente congelantes.(na foto acima de Mônica Rodrigues, amanhecendo o dia na zona rural de Carvalhos).
          Já te mandaram tomar no Cafundó? Pois é, esse lugar existe sim. Fica em Minas, em Carvalhos. É um pequeno povoado de fácil acesso em Carvalhos. O lugar é ótimo, bem cuidado e os moradores do pequeno povoado são todos gente da melhor qualidade. Aliás, como todo povo de Carvalhos é. 
Destaque do Cafundó é o pesque-pague e suas famosas aguardentes feitas com frutas da região, como podem ver na foto acima do Dalton Maciel, com abacaxi, amora, maracujá, maçã, laranja, goiaba, mel, canela etc. Produto artesanal, de alta qualidade e sabor diferenciado. 
          Essa é Carvalhos, cidade da Mantiqueira, abençoada pelo esplendor da Serra da Mantiqueira. Uma típica, genuína e aconchegante cidade do interior mineiro. 

Um comentário:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores