Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Lavras Novas e a mais alta tirolesa do Brasil

(Por Arnaldo Silva) Lugar tranquilo, cheio de charme, com ruas calçadas em pedras, paisagens deslumbrantes, arquitetura colonial, povo simples, artesanato rico. Esse lugar pitoresco é Lavras Novas, um dos mais atraentes distritos de Ouro Preto MG, cidade Patrimônio Cultural da Humanidade, distante 117 km de Belo Horizonte. Lavras Novas fica a 17 km de Ouro Preto. (foto acima de John Brandão/@fotografo_aventureiro)
           Lavras Novas é uma vila tipicamente mineira. Seu povo é simples, seu casario charmoso. Lugar calmo, onde os animais andam livres pelas ruas. Não apenas cães e gatos, mas cavalos, bois e vacas. Os animais nas ruas não incomodam, ao contrário, são bem tratados e são típicos de Lavras Novas, atrativos até. Dificilmente alguém não para fotografar os animais deitados nas gramas ou andando livremente pelas ruas e pastando, já que as calçadas são quase todas gramadas. (fotografia acima de Arnaldo Silva)
          Na Vila, vivem cerca de 1500 pessoas. Em fins de semana e principalmente em dias de festas, eventos religiosos como a Folia de Reis, Semana Santa, Festas Juninas, a Festa de Nossa Senhora dos Prazeres e do Divino em setembro, esse número sextuplica. As belezas e tradições de Lavras Novas atraem turistas de toda Minas Gerais, do Brasil e do mundo também.
          A história da vila começa a partir do início do século XVIII, quando da descoberta de lavras novas de ouro na região, pela família Cubas de Mendonça. A partir do século XIX, o vilarejo começou a crescer, com a chegada de novas famílias, dando forma arquitetônica e cultural à vila. (na foto acima de John Brandão/@fotografo_aventureiro, a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres)          
          No século XX, o artesanato se solidifica umas das principais vocações dos moradores da vila. Os primeiros artesãos de Lavras Novas se dedicavam a produzir e vender cestas e balaios de taquara, uma espécie de gramínea com caule oco, típico da região. Hoje o artesanato local é bem variado e riquíssimo. (na foto abaixo, de César Rocha, loja de artesanato em Lavras Novas)
          Na década de 1970, o distrito passou a ter energia elétrica, o que facilitou a vida dos moradores, bem como investimentos na melhora da infraestrutura da vila, da valorização das riquezas naturais da região na promoção da história e cultura local. A partir da década de 1990 a charmosa vila foi “descoberta” pelos turistas de Minas e de todo o Brasil. (na foto acima do John Brandão/@fotografo_aventureiro, um charmoso restaurante na Vila)
          Hoje, Lavras Novas é um dos destinos mineiros mais procurados por turistas. Quem busca aventuras, esportes radicais, cachoeiras, trilhas, passeios e descanso, Lavras Novas é o lugar ideal. (fotografia acima de John Brandão/@fotografo_aventureiro)
          Os moradores antigos, desde o século 19, deixaram um rico patrimônio histórico, cultural, vocação para o artesanato e na preservação de suas belezas naturais como formações rochosas, serras, matas, nascentes, represa como a do Custódio e belíssimas cachoeiras como a do Falcão, que fica no povoado da Chapada, do Pocinho, Três Pingos, do Cibrão e a dos Namorados (na foto acima de Ane Souz).
          Belezas essas muito procuradas para prática de esportes radicais ou mesmo contato pleno com a natureza. O visitante encontra em Lavras Novas uma boa estrutura de hospedagem e gastronomia, além de guias e veículos próprios para esportes de aventuras ou mesmo acompanhamento a pé ou a cavalo, para que possa aproveitar com segurança suas belezas naturais.(na foto abaixo do John Brandão/@fotografo_aventureiro, detalhe da fachada de um restaurante de comida caseira na Vila)
          O acesso à Lavras Novas, até proximidades do subdistrito de Chapada de Ouro Preto, é asfaltado (na foto acima de John Brandão/@fotografo_aventureiro). O visitante tem o privilégio de poder desfrutar de belíssimas paisagens pelo caminho. De Ouro Preto à Lavras Novas tem ônibus de segunda à sexta-feira, exceto no sábado e domingo. A linha é operada pela empresa Rota Real. Devido a fatores adversos como reformas na via ou outras situações, os horários podem sofrer alterações. Informações sobre horários de saída e retorno, devem ser obtidas na Rodoviária de Ouro Preto. 
          A partir do subdistrito da Chapada, a estrada é de terra com calçamento intertravado (feito com pequenos bloquetes), feitos em 2020. Por ser uma área de preservação ambiental, com nascentes, matas nativas e formações rochosas em seu percurso, essa parte não pode receber asfalto. A foto acima, de minha autoria, mostra o lugar conhecido como 'Pedra do Equilíbrio', em das mais belas partes do trecho. A estrada hoje encontra-se  em bom estado, conservada e segura para uso.
          A sensação de estar em Lavras Novas é de estar voltando aos tempos antigos, da simplicidade, da comida em fogão a lenha, da harmonia e alegria do povo, da cultura, do artesanato. Uma gostosa sensação de volta ao passado. (fotografia acima de Arnaldo Silva)
A tirolesa mais alta do Brasil
          A 1500 metros de altitude, acima do nível do mar, na Serrinha de Lavras Novas, está a mais alta tirolesa do Brasil. Inaugurada em 2020, vem atraindo cada dia mais, amantes de esportes radicais e pessoas de de todas as idades, que curtem a liberdade e a alegria de estar em contato mais próximo à natureza. A velocidade da descida é tanta, que, além de todos os equipamentos de segurança necessários como mosquetões, roldanas, capacete e cadeirinha, um paraquedas é usado para reduzir a velocidade. 
          A tirolesa foi construída e é administrada pela Agência Céu Turismo. Suporta até 120 kg e para seu uso, é cobrada uma taxa. Menores de 18 anos tem que ter a permissão dos pais ou responsável para usar a tirolesa. Já gestantes, pessoas cardíacas e com problemas relacionados à altura e velocidade, não devem usar a tirolesa.

9 comentários:

  1. lindos lugares eu fui criada na roça e um vilarejo identico sertas foto amo a natureza tenho grande saudade daquele tempo que nao volta mais uma doce recordaçao e uma grande saudade dessa beleza naturalo obrigada por tudo de bonito que tem neste lugar

    ResponderExcluir
  2. Amo este lugar!um final de semana aqui tem efeito de muitos dias de férias. Energia mágica! Além de ser um charme!

    ResponderExcluir
  3. Amo este lugar!um final de semana aqui tem efeito de muitos dias de férias. Energia mágica! Além de ser um charme!

    ResponderExcluir
  4. Bato ponto todo ano! Simplesmente apaixonante esse lugar! Amoooo.

    ResponderExcluir
  5. Passei por aí sem querer quando estava na estrada anoitecendo procurando lugar pra dormir,estava vendendo e viajando pro estado do Rio.Pessosal muito bacana, cidadezinha linda.Ja faz sete anos e quero voltar com minha família.

    ResponderExcluir
  6. Tambem acho Lavras Novas muito bom.
    So uma ressalva, não é uma cidade, é apenas um distrito de Ouro Preto, mas muito maior que várias cidades de MG, e com uma infra estrutura de cidade grande.
    A simplicidade do distrito e a sua localizacao foram fatores determinantes para que o turismo aqui se desenvolvesse.

    ResponderExcluir
  7. Volta no tempo bem perto da capital mineira!

    ResponderExcluir
  8. Que lugar encantador, gostaria de conhecer,como faço pra ir de São Paulo a Lavras Novas?Onde me hospedar?

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores