sexta-feira, 16 de março de 2018

Pocinhos do Rio Verde: como chegar, onde ficar e o que fazer?

Distrito da cidade de Caldas, no Sul de Minas, distante 434 km de Belo Horizonte e 280 km de São Paulo. Em Pocinhos do Rio Verde (na foto acima de Rogério Santos Pereira) se encontram as famosas fontes de águas medicinais sulfurosas. Situadas no parque do Balneário Doutor Reinaldo de Oliveira Pimenta, são estão indicadas para problemas intestinais e dermatológicos. O Balneário conta com salas para banhos de imersão, hidromassagem e sauna, distribuídas em duas alas - masculina e feminina.
Além das águas medicinais e sulfurosas, no distrito se produz artesanato de excelente qualidade, além de doces e biscoitos caseiros que fazem os turistas se deliciarem com as famosas quitandas mineira. (foto acima da Praça da Matriz de Caldas, de autoria de Joelmir Barbosa)
Além disso, a beleza natural do distrito com diversos cursos d´água e lindas cachoeiras, são convites ao descanso e sossego. 

O que visitar?
No centro, encontra-se a igreja dedicada a São Vicente de Ferrer. (foto acima de Cícero Alvernaz) No alto do morro do Galo encontra-se a Capela de Santa Terezinha, cuja história foi construída por uma visitante que havia se curado com as águas miraculosas de Pocinhos do Rio Verde.
Nos arredores do distrito, o visitante pode aproveitar aas 
piscinas naturais do Rio Soberbo, Bacião (poço profundo situado no rio Soberbo precedido de queda d'água)o , Areião (pequena ponta de areia na margem do rio Soberbo), Cascata Antônio Monteiro e Cachoeira dos Duendes (situada no bairro da Pedra Branca). (fotografia abaixo de Joelmir Barbosa)
Onde ficar?
Em virtude das águas medicinais dispõe de rede hoteleira formada pelos seguintes hotéis: Itacor Hotel, Edmar Hotel, Hotel Rio Verde, Hotel Fazenda do Ypê e Camping Bosque das Fontes e o Gran Hotel Pocinhos considerado o hotel mais antigo do Brasil em funcionamento. Foi construído em 1886 pelo imigrante italiano Nicolau Tambasco Glória. Uma construção rústica de pau-a-pique que no início hospedava viajantes, logo foi ampliado para atender a demanda de pessoas que vinham de todas as partes procurar nas águas minerais sulfurosas da estância hidromineral de Pocinhos do Rio Verde o tratamento para doenças do intestino. (foto abaixo de Joelmir Barbosa)
Quando visitar?
Toda época do ano é ótima para aproveitar as águas medicinais que o local oferece mas durante o inverno, já que a Vila é cercada por montanhas e curso d´águas sendo uma região muito fria, com temperaturas próximas ou abaixo de O grau. É recomendado levar roupas para frio. Os hotéis e pousadas de Pocinhos do Rio Verde e da cidade são aconchegantes e oferecem lareiras para deixar o clima mais rústico e romântico. Tem também a famosa e tradicional Festa do Biscoito de Caldas, que acontece em todos os fins de semana do mês de julho. Uma festa imperdível que atrai milhares de pessoas de fora para participar. 
Foto acima da Festa do Biscoito de Caldas MG. Fotografia de Joyce Nascimento/Divulgação
Como chegar?
Belo Horizonte
Pegue a Av. Amazonas até BR-262/BR-381 em Glalija, Contagem
23 min (9,3 km)
Siga a BR-381 até Rod. São Paulo Pouso Alegre 381 em Pouso Alegre. Pegue a saída 850A via BR-381 - 4 h 18 min (374 km)
Siga a BR-459 até seu destino em Caldas - 1 h 22 min (86,4 km)
De São Paulo
3 h 39 min - 276 km - via Rod. dos Bandeirantes
Trajeto mais rápido, com trânsito normal
Este trajeto possui pedágios.
DETALHES - 3 h 54 min - 288 km  via BR-381 e BR-459
Rio de Janeiro
via BR-116.Trajeto mais rápido agora devido às condições de trânsito. Este trajeto possui pedágios.
DETALHES - 8 h 16 min - 652 km via BR-116 e BR-381

Por Arnaldo Silva (fonte de algumas informações: Wikipedia)

Nenhum comentário:
Faça também comentários