segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Festival de Quitandas mineiras de Congonhas

Compartilhe:

Casa de mineiro não tem sala, tem cozinha, o melhor lugar a casa. A alegria da vida do mineiro começa no quintal e no pomar, onde colhe frutas e verduras que são levadas para a cozinha.  É na cozinha, em redor da mesa ou sentado à beira do fogão, que a vida em Minas acontece. Hoje a maioria vive nas grandes cidades, sem quintais.  Mas quem viveu e sentiu o gosto da comida e boa prosa à beira do fogão a lenha, não esquece, sente saudades e sempre que pode, busca reviver essas emoções de seu passado, de sua infância na casa dos avós. 
Congonhas, cidade histórica a 80 km de Belo Horizonte, oferece essa volta ao passado, com direito a ter à sua frente, todas as quitandas de Minas Gerais. A cidade preserva a culinária mineira e com esse objetivo, foi criado o Festival de Quitandas mineiras. (foto acima Prefeitura de Congonhas/Divulgação) É para resgatar e valorizar as tradicionais receitas mineiras que saíram das cozinhas das fazendas e preservá-las em sua origem.
É na Romaria, que é realizado o Festival, já tradicional em Minas, presente a há quase duas décadas. Esse evento trás à cidade milhares de turistas vindos de todo o Estado, do Brasil e até do exterior, para conhecer e experimentar a culinária autêntica de Minas. (foto acima de Wilson Fortunato) O Festival de Quitandas acontece sempre no terceiro fim de semana de maio. Quem estiver presente, poderá reviver a vida no campo num cenário nostálgico e colonial.
Congonhas valoriza e resgata a tradição das receitas originais de Minas Gerais, valorizando a riqueza gastronômica de todas as regiões do Estado. (foto acima da Prefeitura de Congonhas /Divulgação) As quitandeiras de Congonhas tem um amor à nossa culinária e esse amor é percebido na valorização das receitas, no resgate profundo das nossas mais deliciosas raízes culinárias. Fazem com carinho o que aprenderam com suas mães, avós e bisavós. Quem experimenta as quitandas de Congonhas, percebe isso. Sabor, textura, cheiro, inigualáveis.
O Festival de Congonhas é uma oportunidade única para o turista conhecer os sabores diversos da culinária mineira e principalmente as nossas mais gostosas quitandas preservadas em nosso Estado há mais de três séculos. Nossa culinária é uma mistura de cores, sabores e texturas graças à influência da cozinha europeia, indígena e africana. (na foto acima, de autoria de Wilson Paulo Braz, o Santuário do Bom Jesus do Matosinhos)
Congonhas respira quitanda. Ninguém se cansa de comer e de fazer quitandas na cidade. É uma tradição que estará sempre viva. No Festival de Quitandas de Congonhas você encontrará bolo de fubá,rosquinhas de nata, rocambole, brevidade, João-deitado (na foto acima, da Prefeitura de Congonhas/Divulgação), pão caseiro, biscoitos fritos ou assados, tareco, roscas, broas de milho e outras tantas quitandas mineiras. Não faltarão os nossos tradicionais caldos, licores e a tradicional cachaça de Minas. E quem se animar poderá dançar ao som da mais pura música sertaneja. Mesmo quem não quiser dançar, pode ouvir, é sertanejo raiz. (na foto abaixo de Wilson Paulo Braz, os Profetas de Aleijadinho, no Santuário Bom Jesus do Matosinhos)
Além das quitandas, caldos e violas, o artesanato de Congonhas se faz presente no evento. Congonhas respira arte e seus artistas transmitem em seus trabalhos a mais pura arte mineira.
Em breve divulgaremos a programação do 19º Festival de Quitandas mineiras de Congonhas que acontece sempre no terceiro fim de semana de maio. Esse ano será nos dias 18 e 19 de maio. Mais informações em: congonhas.mg.gov.br
--------------------------------------------------------------------------------------------------
Por Arnaldo Silva
As fotos com créditos à Prefeitura de Congonhas MG são de festivais anteriores

Um comentário:
Faça também comentários
  1. Uma pena que só vi agora. ( Agosto). Vou colocar na agenda do próximo ano.

    ResponderExcluir