Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 20 de julho de 2021

São Francisco: a cidade do pôr-do-sol

(Por Arnaldo Silva) São Francisco é uma tradicional cidade mineira, às margens de um dos mais importantes rios brasileiros, o Rio São Francisco, no Norte de Minas. A cidade que herdou o nome do rio e do santo, é uma das mais atraentes e charmosas cidades turísticas de Minas Gerais.
          O Rio São Francisco, além de dar nome à cidade, movimenta o turismo local, bem como, a economia, já que boa parte do sustento das famílias ribeirinhas, vem da pesca, do artesanato e do turismo, que as águas do Velho Chico, propiciam. (na foto acima e abaixo de Márcio Pereira/@dronemoc, a cidade de São Francisco)
          A cidade de São Francisco, tem origens na primeira metade do século XIX, com a formação de um povoado na Fazenda Pedras de Cima, de propriedade de Domingos do Prado e Oliveira. O povoado se chamava Pedras de Cima, anos depois, mudou o nome para Pedras dos Angicos, depois para São José das Pedras dos Angicos, mais tarde para São Francisco das Pedras e por fim, em homenagem ao Rio São Francisco, passou a se chamar, em definitivo, São Francisco. Em de 5 de novembro de 1877, São Francisco foi elevada à cidade emancipada, sendo hoje, uma das mais importantes cidades ribeirinhas.
          São Francisco conta atualmente com cerca de 57 mil habitantes. É a 4ª maior população do Norte de Minas. O município está a 589 km de Belo Horizonte e faz divisa com Januária, Chapada Gaúcha, Pintópolis, Icaraí de Minas, Luislândia, Brasília de Minas, Japonvar e Pedras de Maria da Cruz. (na foto acima de Márcio Pereira/@dronemoc, vista parcial de São Francisco, margeando o Rio São Francisco)
          A cidade oferece uma boa qualidade de vida a seus moradores. Sua topografia é plana, e suas ruas, arborizadas, largas e espaçosas. Na cidade podem ser encontradas belas praças, em destaque para a Praça do Centenário, arborizada e com belos jardins e um variado comércio em seu entorno. (na foto acima de Márcio Pereira/@dronemoc) A economia de São Francisco tem como base o turismo, a piscicultura, a agropecuária e reservas naturais, como de gás natural.
          São Francisco oferece com uma boa rede hoteleira e vários restaurantes, que oferecem pratos típicos da culinária mineira, do Cerrado Mineiro e também, pratos feitos com peixes de água doce. (fotografia acima de Márcio Pereira/@dronemoc)
          Conta ainda com uma boa rede de prestação de serviços, um comércio variado, bons índices de segurança pública, nível educacional muito bom, contando inclusive com cursos superiores e técnicos, além de uma boa estrutura urbana.
          O grande destaque da cidade é o turismo, devido a posição estratégica de São Francisco, às margens do rio São Francisco com o privilégio de contar com as praias que se formam na margem esquerda do rio. (na foto acima, de Márcio Pereira/@dronemoc, o rio e a cidade, em sua margem) Nessa margem, próximo as praias naturais, encontra-se diversos bares, com bebidas e comidas típicas, com diversos pratos e tira gostos, feitos com peixes do Rio São Francisco.
          A cidade guarda ainda relíquias do século XIX, presentes em sua arquitetura, como vários casarões, coloniais como a Casa dos Cassi, construída por escravos e igrejas seculares, com destaque para a Igreja de São Félix, erguida na segunda metade do século XIX. Essa igreja guarda imagens de São Félix e de Santo Antônio, vindas de Portugal.
          Com São José como padroeiro, São Francisco tem na Igreja de São José, datada de 1890, um de seus maiores destaques. Imponente e majestosa, com torre principal de frente para o Rio São Francisco, a Igreja compõe um cenário perfeito, com o Velho Chico. (foto acima e abaixo de Márcio Pereira/@dronemoc)
          A arquitetura da Igreja, o Rio São Francisco e o pôr do sol, formam um triângulo de rara beleza, principalmente na parte da tarde, quando os raios do sol estão mais fortes, refletindo com mais intensidade na torre da Igreja, tornando-a mais atraente e reluzente. Uma espetacular união do símbolo da fé são-franciscano, com as águas do rio e a beleza dourada do fim da tarde e pôr-do-sol.
          São Francisco é conhecida como a cidade do pôr-do-sol. O fim da tarde em São Francisco é considerado um dos maiores espetáculos naturais de Minas Gerais. (fotografia acima de Leandro Leal 
          “E a famosa cidade de São Francisco, a quem o rio olha com tanto amor”, já dizia Guimarães Rosa, ao admirar a beleza do pôr do sol na cidade. É incrível e um dos pores-do-sol mais fotografados e impressionantes espetáculos naturais de Minas Gerais. E a cidade valoriza esse show da natureza, com pontos de observação. Um desses pontos, é o cruzeiro da Matriz de São José.
          A balsa que faz a travessia diária de uma margem a outra do Rio São Francisco e barcos de pescadores, são atrativos para moradores e turistas, além de restaurantes com comidas típicas, bares pela cidade e clubes de pescas. (fotografia acima de Márcio Pereira/@dronemoc e abaixo de Gilberto Coimbra, a praia pluvial de São Francisco)
          Durante o ano, acontecem vários eventos culturais, folclóricos, agropecuários e religiosos, com destaque para a Semana Santa, Natal, Folia de Reis, a Festa de Santo Antônio, Festa de São Gonçalo e a celebração da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, em 12 de outubro, dedicado a Padroeira do Brasil. O dia de Nossa Senhora Aparecida, é, atualmente, um dos maiores eventos religiosos da cidade.
          Tem ainda o Carnaval, as micaretas, as festas Juninas e outros eventos populares. Em São Francisco, os principais eventos da cidade são realizados no Parque de Exposições e no “Cimentão”, um enorme espaço aberto, na área central da cidade.
          O artesanato é uma das mais antigas tradições da cidade. Feito de forma primitiva, usando apenas matéria prima extraída da natureza, as peças artesanais retratam as crenças e o folclore local.
          O artesanato de São Francisco é uma mescla da arte indígena, africana e portuguesa, preservada em sua origem, com destaque para o artesanato feito na comunidade quilombola Buriti do Meio e as famosas “carrancas”, feitas pelos artesãos que vivem nas comunidades ribeirinhas. 
          São Francisco, carinhosamente chamada de São Chico (na foto acima de Márcio Pereira/@dronemoc) é uma cidade tranquila, seu povo é acolhedor e hospitaleiro. O visitante é bem-vindo. Conheça São Francisco, a cidade te espera de braços abertos!

Um comentário:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores