Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Queijo maturado no vinho tinto

(Por Arnaldo Silva) Em nosso portal, já ensinamos a curar queijo no café e também, curar queijo na cachaça, com jabuticaba. Agora a combinação perfeita. Você vai aprender a curar um queijo no vinho tinto suave.
          Queijos e vinhos formam um par perfeito, combinam em tudo. Maturar queijo no vinho, é unir o útil ao agradável. O processo é bem simples e o resultado final, excelente, delicioso, perfeito.
Você vai precisar de um queijo e uma garrafa de vinho tinto suave, de sua preferência e uma bacia.
          Você vai escolher o seu queijo preferido, desde que seja fresco, mas não muito mole, de uns 3 dias de maturação, apenas e um vinho tinto de sua preferência.
          Na maturação, usamos o Queijo Artesanal de Alagoa MG, do Sul de Minas, da Fazenda Bela Vista, premiado no Mondial du Fromage, na França em 2019. Queijo fino, de massa leve e densa, com sabor meio picante. O queijo é de primeira.
          O vinho pode ser qualquer um de sua preferência. Eu gosto muito no meu dia a dia do vinho Modestus Syrah, da Vinícola Stela Valentino, de Andradas MG, Sul de Minas. Vinho fino, com uma cor rubi intensa, com o delicioso aroma de uva sobressaindo.
1 - Você vai pegar o queijo de sua preferência e colocá-lo numa bacia.
2 - Em seguida, despeje toda a garrafa do vinho tinto de sua preferência, até cobrir todo o queijo.
3 - Cubra a bacia com uma tela de pano, apenas para evitar que entre insetos.
4 - Coloque a bacia com o queijo e vinho cobertos em um lugar mais escuro, em temperatura ambiente e deixe descansando por 2 dias.
Nesse tempo, o queijo irá absorver o sabor do vinho e terá a coloração roxa na parte exterior. De um dia para o outro, vire o queijo para que absorva por igual o sabor do vinho.
5 - Depois dos 2 dias, retire da bacia, seque, coloque o queijo numa queijeira de madeira, com telas, pincele o queijo com azeite de oliva e deixe curando por 2 ou mais dias, em temperatura ambiente. Quanto mais tempo ele maturar, melhor ficará o sabor do queijo. Após dois dias ou curando, sirva.
          Desde início do processo, até o último dia da cura, perceberá que formará no queijo uma casca fina, de cor roxa, com um forte aroma do vinho.
          Partindo o queijo com uma faca, como podem ver na minha mão, perceberá uma massa firme, com a coloração tendendo para o amarelo claro, levemente picante e sabor de vinho e queijo misturados, com tendência para sentir mais o aroma e gosto do vinho, que do queijo.
          Prontinho, agora é só degustar o queijo.
          O vinho que sobrou, você pode usá-lo como vinagre, já que em contato com o ambiente aberto durante a maturação, começará a oxidar-se. Para isso, coloque-o de volta na garrafa, com um pouco de alecrim ou tomilho frescos, tampe com uma a boca da garrava e deixe-a em um local escuro e arejado por alguns dias e já pode usá-lo. 
(as fotos dessa edição são dos queijos feitos na Fazenda Bela Vista, em Alagoa MG. O contato do produtor é pelo instagram: @fazendabelavistaalagoamg)

0 comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores