Conheça Monte Verde: cultura, arte, amor, paixão, frio e chocolate. Lugar para amar, lugar de amar.

Monte verde é muito agradável para passear pelas ruas durante o dia. E a noite se torna um passeio romântico e encantador . Muitos restaurantes a meia luz, a vila toda iluminada.

Monte Verde é uma cidadezinha que lembra muito pequenos vilarejos na Europa. Herança dos imigrantes da Letônia que chegaram à cavalo nos anos 50 para tomar posse da Fazenda Pico do Selado e iniciaram a ocupação da região.
Foto extraída do Grupo Sou do Mundo, Sou Minas Gerais
Foi nesta época que teve também a construção da estrada até Camanducaia, município ao qual faz parte o distrito de Monte Verde, muito importante para o turismo local.

Há muitas pousadas localizadas em Camanducaia. Ou seja, é muito comum o turista se hospedar em pousada ou hotel em Camanducaia, a alguns quilômetros de Monte Verde. Neste outro artigo falarei mais sobre hospedagens em Monte Verde.
Fotografia de Ricardo Cozzo
Nos anos 70 Monte Verde começou a atrair turistas moradores de cidades vizinhas. Fluxo que aumentou ainda mais quando a rodovia foi parcialmente asfaltada no final dos anos 80.
Monte Verde sobre névoa. Fotografia de Ricardo Cozzo
Daí pra frente cada vez turistas viajam para conhecer Monte Verde, região sul de Minas Gerais, a 480 km de Belo Horizonte via BR381, 170 km da cidade de São Paulo e no alto da Serra da Mantiqueira, em altitudes que variam de 1,5 a 1,6 mil metros e cerca de 5 mil habitantes.

A colonização européia influenciou não só o estilo das construções como também a culinária, com forte influência alemã. Tudo adaptado ao “jeitin minerin” de ser…
Monte Verde. Sempre linda e verde. Fotografia de Ricardo Cozzo
Você vai encontrar variadas opções, que vão desde o trivial mineiro e caseiro como o tutu, até comidas típicas como o leitão à pururuca, ou então a sofisticada cozinha européia como: fondues (ao lado de uma romântica lareira e degustando um bom vinho); raclettes; as maravilhosas trutas, os chás da tarde; sem contar a infinidade de chocolates, compotas, bolos, pães e a famosa torta de maçã, conhecida como Apfelstrudel.
No inverno em monte verde a nevoa cobre a vila, e a sensação térmica e a paisagem realmente nos faz sentir na Europa. Fotografia de Ricardo Cozzo
Com um jeitinho bem mineiro você poderá ser abordado pelas ruas para degustar e apreciar os mais variados tipos de queijos, vinhos, doces, geleias, licores e cachaças artesanais, não podendo deixar de levar uma lembrança para casa.
Músicos da Letônia, presentes no aniversário de Monte Verde. A Letônia é o país de origem dos fundadores do charmoso distritos de Camanducaia. Fotografia de Ricardo Cozzo
Tudo fica concentrado basicamente em uma rua principal, o centrinho de Monte Verde, com entradas perpendiculares que levam também a bons restaurantes, à cervejaria Fritz e trilhas.

Fonte dessa matéria: Blog Muita Viagem
O centro de monte verde, realmente nos proporciona a sensação de estar nos ALPES SUÍÇOS 

Gastronomia:
Monte verde é muito agradável para passear pelas ruas durante o dia. E a noite se torna um passeio romântico e encantador. Muitos restaurantes a meia luz, a vila toda iluminada. Fotografia de Thiago Benedetti

A vila de Monte Verde encontram-se inúmeros restaurantes, casas de chá, lanchonetes e bar e pizzarias.
A culinária é tipica mineira e com variados pratos de origem européia. Truta, o fondue de queijo e carne encontramos em todos os cardápios.

3 comentários:

Sarah Gomes disse...

Nossa amei esse post, parabéns!

Mariângela disse...

Faltou o tópico "Como Chegar"

Unknown disse...

Ameiiiii, fiquei apaixonada,sou de descendência Romena entao esse ar europeu muito me agrada ja estou louca para conhecer.

Postar um comentário