Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Minas é polo produtor de locomotivas

(Por Arnaldo Silva) As clássicas cenas das charmosas marias-fumaças, serpenteando as montanhas mineiras, deram lugar às modernas e imponentes locomotivas, que trafegam nos trilhos de Minas Gerais e do Brasil, transportando nossas riquezas, de um canto a outro.
          Desde a implantação das ferrovias no país, no século XIX, o Brasil foi importador de trens e locomotivas. Nas últimas décadas, essa realidade mudou. De grande importador, a produtor e um dos maiores exportadores do mundo, de locomotivas de grande porte. O Brasil é hoje, auto suficiente na indústria de locomotivas. (na fotografia acima de Fabrício Cândido, locomotiva, em Bom Jardim de Minas)
          
Minas Gerais se sobressai na produção de locomotivas de grande porte no Brasil, sendo hoje, um dos maiores polos produtores do setor no mundo, graças a instalação de gigantes do setor, no estado mineiro. (na fotografia acima, locomotiva da Progress Rail, de Sete Lagoas MG)
          A vinda de indústrias de locomotivas, de grande porte para Minas Gerais, foi motivada pela localização estratégica do estado, pela presença de grandes mineradoras, do agronegócio e grandes indústrias, sem contar o apoio e incentivo dos últimos governos estaduais, para a instalação de indústrias desse setor, em Minas Gerais. 
          Além disso, as dimensões continentais do Brasil, possibilitam o aumento da malha ferroviária, para escoamento da produção mineral, industrial e agropecuária. Como consequência, o aumento da demanda por locomotivas, vagões e componentes ferroviários. (fotografia acima de Fabrício Cândido)
          Desde o final do século XX e início do século XXI, percebe-se uma preocupação maior das autoridades e principalmente das grandes empresas do setor de mineração e agronegócio, da necessidade urgente, de expansão da malha ferroviária no Brasil.
          Essa preocupação vem saindo do papel e se tornando realidade, com projetos de extensão da malha ferroviária no Brasil em atividade ou em projetos, a serem executados a curto e médio prazos, para ligação de estados produtores e escoamento mais rápido da produção.
          O aumento da malha ferroviária e novos projetos de expansão das ferrovias no Brasil, vem incentivando gigantes do setor ferroviário, a investirem na fabricação de locomotivas de grande porte e componentes ferroviários, no país, ao invés de exportarem para o Brasil, como era antes.
          Com esse objetivo, é que foi criado, em Minas Gerais, um polo produtor de locomotivas de alta tecnologia. São duas gigantes do setor, instaladas em Minas Gerais, único estado brasileiro a fabricar locomotivas de grande porte. (fotografia acima e abaixo de Fabrício Cândido, modelos AC44 fabricados na unidade da Wabtec, em Contagem)
          A GE (General Eletric) Transportation South America (Gevisa), com sede na Pensilvânia (EUA), é uma unidade da multinacional da Company General Electric, instalada na cidade de Contagem, na Grande Belo Horizonte, desde 1972.
          A empresa começou a produzir locomotivas na primeira década deste século, em sua unidade, em Contagem MG. Em 2008, a primeira locomotiva, de alta tecnologia e grande porte, fabricada em Minas Gerais, foi entregue à MRS Logística.
          A primeira locomotiva produzida em Minas Gerais tinha 34 metros de comprimento, pesava cerca de 200 toneladas, equivalente a 200 carretas e capacidade para transportar, por exemplo, uma média de 10 mil toneladas de minério de ferro.
          Locomotivas desse porte não eram produzidas no Brasil, até 2008. Eram importadas. Apenas locomotivas de pequeno e médio porte, de até 120 toneladas, eram de produção nacional. De 2008 para cá, a realidade mudou por completo.
          Em 2019, a GE Transportation e outra gigante mundial do setor de locomotivas, a norte-americana, Wabtec Corporation, concluíram uma fusão, consolidando a Wabtec, como líder mundial no setor.
          Em 12 de março de 2021, a empresa entregou a 500ª locomotiva de corrente alternada (AC44) do modelo AC44, produzida na unidade de Contagem/MG. Foi um marco no setor ferroviário no Brasil, com o país, passando a fabricar, o que antes, importava, sendo Minas Gerais, protagonista neste marco histórico.
          Além da fábrica de Contagem, está instalada, desde novembro de 2012, na cidade de Sete Lagoas, na Região Central Mineira, a fábrica de locomotivas da Electro Motive Diesel (EMD), subsidiária da Progress Rail Services, empresa da multinacional americana, Caterpilar. (fotografia acima de Fabrício Candido)
          Trata-se de outra gigante do setor de locomotivas e serviços de vagões no mundo, com unidades nos países da América do Norte, Itália, Alemanha, Reino Unido e Brasil, com unidades em Hortolândia e Diadema, em São Paulo. A empresa, optou por investir em locomotivas de grande porte no país e escolheu Minas Gerais, para sediar sua primeira unidade de locomotivas, devido seus principais clientes, Vale e MRS, terem grande atuação no estado. (fotografia acima de Fabrício Cândido)
          Ambas as empresas, tem tecnologia para a fabricação, além de locomotivas e vagões para trens de carga e passageiros, como o moderno trem bala. Mas no momento, a prioridade no Brasil, são para trens de carga, consequentemente, a linha de produção, prioritária, das locomotivas fabricadas no Brasil, são para o transporte de cargas.
          As duas gigantes multinacionais, instaladas em Minas, geram centenas de empregos diretos e indiretos, bem como, fomentam a economia, geram impostos, contribuem para o desenvolvimento da malha ferroviária do Brasil e no desenvolvimento de Minas Gerais, bem como, valoriza uma das tradições e identidades do povo mineiro, o amor pelos trens. (fotografia acima de Fabrício Cândido)
          Os trens não podem parar, que venham mais trens, para transportar nossas riquezas e também, para transporte de passageiros. Ferrovia é essencial para o desenvolvimento de qualquer país e necessário, num país de dimensões continentais, como o Brasil.

6 comentários:

  1. Feliz em saber que Minas produz maquinário de alta tecnologia e pesados. Parabéns para MG.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns para nosso estado,tomara q se torne realidade o aumento das ferrovias no Brasil

    ResponderExcluir
  3. Isso aí. Minas faz trem como ninguém! Orgulho de ser mineiro.

    ResponderExcluir
  4. Minas tem trem de verdade! 22/08/21.

    ResponderExcluir
  5. Minas faz trem de verdade! 22/08/21

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, vcs tem locomotivas antigas para deixar de mostruário em antigas estações?

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores