Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

O Quadrilátero Ferrífero de Minas Gerais

Por Arnaldo Silva) A região do Quadrilátero Ferrífero começou a ser formada no século XVIII, com a descoberta de ouro na região, estando localizada no centro-sul do estado de Minas Gerais. (na foto acima de Arnaldo Silva, a Rodovia dos Inconfidentes em Ouro Preto MG)
Parte de duas importantes bacias hidrográficas de Minas Gerais: a do Rio Doce e do Rio das Velhas, encontra-se nessa região. Além disso, grandes áreas de preservação permanente, mananciais, belezas naturais e arquitetônicas de Minas Gerais, encontra-se nessa região, já que foi formada a partir do início do século XVIII, fazendo parte do Quadrilátero Ferrífero, algumas das mais importantes cidades históricas mineiras como Sabará, Ouro Preto e Mariana. (foto acima de @vinicius barnabe a Serra de Ouro Branco)
         A região é formada pelos municípios de Alvinópolis, Barão de Cocais, Caeté, Igarapé, Itabira, Itabirito, Itatiaiuçu, Itaúna, Jeceaba, João Monlevade, Mariana, Mateus Leme, Moeda, Nova Lima, Ouro Preto, Raposos, Rio Acima, Rio Manso, Rio Piracicaba, Sabará, Santa Bárbara, Santa Luzia, São Gonçalo do Rio Abaixo, São Joaquim de Bicas e Sarzedo. 
          As dimensões territoriais dessa região, com cerca de 7000 km², formam um quadrado e sua maior riqueza é a extração do minério, por isso o nome. (na foto acima de Andréia Gomes, trem de carga transportando o minério para o Porto de Tubarão em Vitória, pela Ferrovia Vitória/Minas, passando por Caeté MG e na foto abaixo, de Mateus Leme Recordações, linha férrea em Mateus Leme MG)
          60% de toda produção de minério no Brasil saem do Quadrilátero Ferrífero, que além do minério, produz ouro, ferro ,manganês, bauxita e outros minerais. Trata-se de uma das regiões mais ricas e desenvolvidas de Minas Gerais, gerando milhares de empregos diretos e indiretos, sendo ainda responsável por boa parte do PIB mineiro. (na foto abaixo, do Evaldo Itor, linha férrea em Moeda MG)
          A produção mineral do Quadrilátero Ferrífero abastece usinas siderúrgicas brasileiras, chegando a seus destinos através de trem de carga e minerodutos. Boa parte é exportada para vários países, como a China, por exemplo. A exportação é feita pela Companhia Vale S.A, escoando a produção pela Estrada de Ferro Vitória Minas até o Porto de Tubarão, na capital Capixaba, ambos sob gestão da Vale.

0 comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Postagens populares

Seguidores