quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Edifício Niemeyer

Compartilhe:

Com sua fachada de curvas onduladas, o edifício Niemeyer, em Belo Horizonte, leva assinatura do arquiteto Oscar Niemeyer e é uma das principais referências do modernismo no Brasil. 
     Foi projetado em 1954 e erguido no ano seguinte, uma década depois da construção das quatro obras que o arquiteto desenhou para a Pampulha, entre elas, a Igreja de São Francisco de Assis, a Casa do Baile e o atual Museu de Arte, que o lançaram nacionalmente. O edifício tem 12 andares de utilização residencial, localizado na praça da Liberdade e bem próximo ao Palácio da Liberdade, sede do governo de Minas Gerais.(fotografia acima de Sérgio Mourão)
     A forma arredondada e a altura do prédio fazem contraponto aos outros estilos arquitetônicos presentes na praça, como o próprio Palácio da Liberdade, os prédios das secretarias estaduais e o museu de Mineralogia Professor Djalma Guimarães. Este tem estilo pós-moderno e fica do outro lado da praça. No local do prédio de 12 andares, antes existia o Palacete Dolabela.
      A plasticidade do concreto armado possibilitou o uso das formas arredondadas, estrutura que tem, como vedações, panos de alvenaria revestidos de azulejos e esquadrias metálicas com vidro. O estilo já havia sido utilizado no conjunto arquitetônico da Pampulha, notadamente na marquise da Casa do Baile. Niemeyer projetou o complexo da Pampulha entre 1942 e 1943, a convite do então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek.
     Nascido no Rio de Janeiro em 1907, Niemeyer é o principal nome da arquitetura moderna brasileira. A característica de seu traçado, baseado em superfícies curvas e com exploração das possibilidades plásticas do concreto, teve influência inicial do arquiteto suíço Le Corbusier. Após os trabalhos em Belo Horizonte, ele recebeu outro convite de JK, então já presidente da República, para projetar a nova capital federal, Brasília, em 1955. Sua assinatura está presente no edifício da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, no parque do Ibirapuera (SP), na sede do Partido Comunista Francês, em Paris, e na sede da Editora Mondadori, em Milão.
-----------------------------------------------------
Fontes: Corredor Cultural Praça da Liberdade - Inventário Qualitativo e Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais - https://www.mg.gov.br/conteudo/conheca-minas/turismo/edificio-niemeyer

Um comentário:
Faça também comentários
  1. Infelizmente essa obra de arte está em péssimo estado de conservação ...

    ResponderExcluir