sábado, 3 de novembro de 2018

São João Batista do Glória: a cidade das cachoeiras

São João Batista do Glória (na foto acima de Amauri Lima) é um típico município mineiro, localizando entre as águas do Rio Grande e a Serra da Canastra na região Sudoeste de Minas, distante 371 km de Belo Horizonte.
O município tem várias cachoeiras, o que torna a cidade conhecida regionalmente por cidade das cachoeiras. (na foto acima, de Amauri Lima, a Lagoa Azul na antiga pedreira) Devido ao grande nome da cidade, ela leva o apelido de "Glória".
São João Batista do Glória também é destaque no agronegócio, por ter três entre os cem maiores produtores de leite do Brasil e ser o município com a tecnologia de produção leiteira entre as melhores do país. (na foto acima, de Amauri Lima, pôr do sol na zona rural)
A cidade ainda se orgulha de ter uma das melhores qualidades de vida do país, com sua saúde e educação premiada por vários segmentos. (foto acima de Amauri Lima)
Mas, o destaque mesmo fica a cargo de seu setor turístico, com as dezenas de cachoeiras. 
Conheça as principais cachoeiras de São João Batista do Glória: 
Cachoeira do Quilombo: tida como um dos mais belos atrativos da cidade. A cachoeira fica na região dos Canteiros, a 36 km da cidade. (na foto acima de Amauri Lima)
Cachoeira Maria Augusta: fica na região das Palmeiras, no Ribeirão Grande, distante 18 km da cidade. (na foto acima de Aline Marques) 
Cachoeira do Remanso: fica na região do Quilombo, a 38 km da cidade. Há uns poços de águas cristalinas com belas cascatas e um belo visual das serras.
Cachoeira do Barulho: o atrativo fica na região dos Canteiros, no Córrego do Barulho à apenas 20 km da cidade. A cachoeira é dedicada aos amantes de emoções e aventuras; na parte superior para os praticantes de rapel, e na inferior, para os que gostam de caminhar pelo rio em mata fechada. (foto acima de Amauri Lima)
Cachoeira do Esmeril: o atrativo fica no Buracão, distante 13,5km da cidade. É possível ver um poço e um paredão de 30 metros de altura. (foto acima de Amauri Lima)
Cachoeira do Osmar Bia: o atrativo fica na região das Palmeiras, no Córrego Capetinga. Pela trilha, chega se ao córrego e à sua direita é avistada a cachoeira. 
Cachoeira do Rasga Saco: A cachoeira tem este nome porque, quando era caminho dos tropeiros, os sacos dos mantimentos rasgavam-se no local, devido ao fato de ser estreito e possuir um cipó com espinhos cortantes.
Cachoeira do Filó: fica na região do Quebra Anzol, a 25 km da cidade. (na foto acima de André Laine)
--------------------------------------------------------
Fonte da matéria, exceto os dois primeiros parágrafos:https://www.guiadoturismobrasil.com/cidade/MG/548/sao-joao-batista-do-gloria

Nenhum comentário:
Faça também comentários