domingo, 10 de junho de 2018

Os espetáculos naturais do Vale do Peruaçu

Compartilhe:

Entre as 140 cavernas do Peruaçu, a maior é a Gruta do Janelão, com 4,7 quilômetros de extensão e altura de 100 metros, onde se encontra uma estalactite de 28 metros de comprimento, considerada a maior do mundo. Tem mais de 80 sítios arqueológicos e pinturas rupestres com cerca de 12 mil anos. (fotografia acima de Eduardo Gomes)
 Um dos destaques do “santuário” é o paredão de arte rupestre da Lapa dos Desenhos, com mais de 3 mil figuras, da mais variadas cores e formas. Outros atrativos são a Trilha do Rezar, Lapa Bonita, Lapa do Rezar e a Dolina dos Macacos. (na foto acima de Eduardo Gomes) Em seu entorno, além de rica vegetação (mata seca) existe uma diversidade da fauna, com espécies raras, como o cachorro-vinagre, e ameaçadas de extinção, como tamanduá, veado, anta e a onça-pintada. (na foto abaixo de Eduardo Gomes, um das cavernas do Vale do Peruaçu)
VISITAÇÃO PÚBLICA
Criado por decreto federal em 21 de setembro de 1999, o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). 
Os “tesouros” naturais do Peruaçu estão abertos à visitação pública. (fotografia acima de Eduardo Gomes) Para isso, recebeu uma série de obras de melhorias e trilhas, para facilitar o acesso por pessoas de todas as idades. A entrada nas áreas de grutas, sítios arqueológicos e pinturas rupestres é gratuita. Mas as visitas (individuais ou em grupos) devem ser agendadas junto ao ICMBio em Januária, pelo telefone (38) 3623-1038, ou pelo e-mail cavernas.peruacu@icmbio.gov.br (fotografia abaixo de Eduardo Gomes)
A entrada na área é gratuita, mas deve ser monitorada por guias treinados, que cobram taxas com valores diferenciados para grupos e visitas individuais, de acordo com as trilhas a serem percorridas. A região conta com a estrutura de hospedagem em pousadas. Para facilitar o atendimento aos turistas, os donos de pousadas e guias recebem cursos de capacitação ministrados pelo Serviço de Apoio à Pequena e Média Empresa (Sebrae), em parceria com as prefeituras.(na foto acima de Eduardo Gomes, vista aérea do Vale do Peruaçu)
---------------------------------------------------------------------------------
Fonte parcial da matéria: Jornal O Estado de Minas. Título e Ilustrações nossas. Link original: https://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2018/06/10/interna_gerais,965748/parque-nacional-cavernas-do-peruacu-avanca-rumo-ao-reconhecimento.shtml

Nenhum comentário:
Faça também comentários