sábado, 12 de maio de 2018

Receita de marmelada

Fotografia de Jair Antônio Oliveira
Ingredientes
1 kg de marmelo limpo
100 ml de água
500 gramas de açúcar
Modo de fazer:
Levar os marmelos cortados em pedaços sem as sementes.
Leve-os ao fogo com o açúcar e a água, mexa sempre e deixe cozinhar bem. 
Quando estiver cozido, reduza o fogo e  mexa mais um pouco, até estiver no ponto.
Pegue uma colher de pau ou comum e vá colocando o doce aos poucos num tabuleiro ou recipiente que desejar. 
Pode colocar em formas redondas ou quadradas, se quiser.
Plantação de marmelos em Marmelópolis MG, Sul de Minas por Renato Ribeiro
Origem
O marmeleiro (Cydonia oblonga), é uma pequena árvore, único membro do género Cydonia, da família Rosaceae, cujos frutos são chamados marmelos. É originário das regiões mais amenas da Ásia Menor e Sudeste da Europa. Também é conhecido pelos nomes de marmeleiro-da-europa, marmelo e pereira-do-japão.
Usos
Flor de marmelo por Renato Ribeiro
Em Portugal é um fruto que não é normalmente consumido cru, mas cozido, geralmente fazendo-se marmelada. Também se consome assado. No Brasil, é consumido quase que exclusivamente na forma industrializada, para produção de marmelada, e os frutos, tendo em vista a insuficiente produção local para a indústria, são importados do Uruguai e Argentina. Mas, atualmente, a Capital do Doce de Marmelo quase artesanal é em São João do Paraíso (Minas Gerais), o doce já sai fabricado de São João do Paraíso "artesanalmente".
Marmelos maduros no pé. Fotografia de Renato Ribeiro
As sementes podem ser utilizadas como antidiarréico. Do marmeleiro também se extrai a vara de marmelo, instrumento de punição bastante usado no passado, e ainda em uso em algumas localidades.
História
Marmelada em São João do Paraíso MG, Norte de Minas por Manoel Freitas
Acredita-se que os primeiros marmeleiros plantados no Brasil tenham sido trazidos por Martim Afonso de Sousa na sua viagem de 1530. Os marmeleiros teriam se habituado muito bem ao clima da Capitania de São Vicente, principalmente a Serra da Mantiqueira, onde teria se tornado uma cultura subespontânea. No século XX, chegou a ser uma cultura importante, principalmente na década de 1930, quando a marmelada chegou a ser o doce industrializado mais consumido no País[2]. Atualmente a capital do Doce de Marmelo tradicional é em São João do Paraíso (Minas Gerais).
No Brasil
Segundo o IGBE, a produção total brasileira de marmelos no ano de 2016 foi de 741 toneladas, em 113 hectares e com produtividade média 5,49 toneladas por hectare. Apenas 17 municípios em todo o Brasil produziram marmelo comercialmente neste ano, destacando-se os municípios de São João do Paraíso e, Itacambira no Norte de Minas e Marmelópolis, Sul do Estado (na foto acima do Jair A. Oliveira - Fonte das informações: Wikipedia)

Nenhum comentário:
Faça também comentários