domingo, 13 de maio de 2018

Molho de mamão verde com carne moída

Fotografia de Beto Magalhães/Jornal O Estado de Minas
Ingredientes:
- 1 mamão verde médio, de aproximada­mente 600 g (não muito verde; a fruta deve estar de vez)
- 1 kg de carne bovina moída (corte desejado)
- Cheiro-verde a gosto
- Tempero caseiro (alho e sal) a gosto
- 1 colher (chá) de colorau
- 5 colheres (sopa) de óleo
Como fazer Molho de mamão verde com carne moída:
Antes de descascar os mamões, fazer, com a ponta da faca, alguns riscos na superfície da fruta, para que saia o leite. 
Lavar, descascar e cortar em pedaços pequenos e finos. 
Em uma panela, refogar, em duas colheres (sopa) de óleo, o tempero e o mamão. 
Pôr duas xí­caras (chá) de água quente, tapar a panela e deixar cozinhar de 10 a 15 minutos. 
Em outra panela, aquecer o restante do óleo e refogar o tem­pero, o colorau e a carne.
Deixar dourar e pôr uma xícara (chá) de água quente. 
Deixar cozinhar por 15 minutos. 
Pôr o mamão em uma travessa e cobrir com a carne. 
Sal­picar cheiro-verde para servir.

Doce combinação da felicidade
Essa é para mexer com o coração de quem anda sentindo falta da co­midinha da mamãe. Estamos falando do clássico guisadinho, prato que dificilmente desagrada e que enche nossa imaginação de lembranças e saudade. A receita preparada por Helcimar de Oliveira Souza, o Quin­cas, leva mamão verde e carne moída, em uma combinação das mais harmônicas. Prato simples e saboroso, não pode faltar no Restaurante Cristal, um dos melhores endereços para se comer em Joaquim Felício.

A rotina da casa é apertada, mas nem por isso Quincas deixa de exibir um simpático sorriso no rosto. O motivo de tanta alegria é a satisfação por fazer aquilo de que gosta. É o segredo para a comida dar certo: pai­xão.

O molho de mamão verde é iguaria antiga, presente na mesa de nosso anfitrião desde os tempos de menino. É por isso que, ao saborear, fica no paladar aquele gostinho familiar. Um sabor que, certamente, vai brotar também na imaginação de muita gente.

Receita fornecida por Helcimar de Oliveira Souza, de Joaquim Felício MG

Nenhum comentário:
Faça também comentários