sábado, 12 de maio de 2018

Guisado de mandioca com carne moida

Fotografia de Renato Weil/Jornal O Estado de Minas
Ingredientes:
- 1 kg de carne bovina (coxão duro) moída
- 1 colher (sopa) de colorau
- 3 colheres (sopa) de óleo
- 5 tomates sem pele picados
- 2 dentes de alho picados
- 1 cebola picada
- 1 xícara (chá) de cheiro-verde
- 500 g de mandioca
- 2 tabletes de caldo de carne
- 2 folhas de louro
- Manjericão a gosto
Como fazer Guisado de mandioca com carne moída:
Picar a mandioca em pedaços médios e cozinhar. 
Aquecer o óleo e refogar a cebola, o alho e o colorau. 
Pôr a carne, o louro e mexer até dourar. 
Escorrer a mandioca e pôr junto com a carne. 
Misturar e retirar do fogo. 
Por cima da mistura, pôr o tomate, o cheiro-verde e o manjericão.

Para sentir saudade de casa
Viajar é sempre bom, mas também traz momentos cansativos, como a espera, muitas vezes longa, pela chegada do ônibus. Em Materlândia, contudo, essa é exatamente a oportunidade para se deliciar com iguarias caseiras preparadas por Maria Aparecida Machado, no Bar do Lenil. Aberto há 18 anos, o bar é também uma espécie de "rodoviária", de onde sai o ônibus que segue para São Paulo. Maria conta que o comércio já existia antes da linha de transporte.

Como ponto para embarque de passageiros, o negócio foi ampliado. Antes, era um bar pequeno que servia lanches. Hoje, servimos almoço e ampliamos o espaço, conta. A comida, um presente para quem vai encarar a longa viagem, é servida no fogão a lenha e faz salivar só pelo aroma. Um dos pratos mais apreciados é o guisado de carne moída com mandioca, receita típica do almoço do dia a dia, temperada na medida, com toque especial de folhas de louro e manjericão.

Mas o farto fogão de Maria oferece muito mais. Couve refogada, angu, torresmo e bife passado na hora são algumas das opções para quem não quer viajar de barriga vazia. Com corpo alimentado, os passageiros seguem viagem e, no que depender do tempero, a saudade vai bater logo nos primeiros quilômetros.

Receita fornecida por Maria Aparecida Machado, de Materlândia MG

Nenhum comentário:
Faça também comentários