sábado, 19 de maio de 2018

Andrelândia: cidade histórica mineira

Andrelândia é uma das poucas cidades mineiras onde você pode encontrar as tradições e o estilo de vida rural e urbano ao mesmo tempo. Uma amostra dessa singularidade da cidade é a Carreada de Bois, uma mistura de tradição rural,com a religiosidade urbana como podemos ver na foto acima de Cláudio Alves Salgado.
A cidade do Sul de Minas está a 300 km distante de Belo Horizonte e tem cerca de 15 mil habitantes. ( foto acima de Rafael Siqueira) Foi fundada em 20 de julho de 1868 com o nome de Vila Bela do Turvo e a partir de 19 de setembro de 1930, permanece sua denominação atual, em homenagem ao fazendeiro André da Silveira, um dos primeiros a se instalar na região.
A cidade tem grande tradição em turismo. (foto acima de Rafael Siqueira) Muitos de seus antigos casarões são considerados patrimônio histórico municipal.Outros destaques são as festas religiosas, como a Festa de São Sebastião, Folia de Reis, Semana Santa, Festa de São Benedito, Corpus Christi e a festa da padroeira, Nossa Senhora do Porto, em agosto.
A arquitetura da cidade é destaque em seus casarões centenários (foto acima do Instituto Estrada Real) , através de ações da prefeitura e de outros órgãos, que se preocupam com a preservação da história do município. Em suas antigas construções se destacam as igrejas e capelas, muitas erguidas no estilo barroco. Essas são as principais igrejas de Andrelândia.
Igreja de Nossa Senhora do Porto da Eterna Salvação:(na foto acima de Marcelo Lagatta) é uma igreja católica do estilo barroco, construída por André da Silveira no centro do município. Foi planejada pelo arquiteto Lúcio Costa no final do século XVIII. No ano de 1890, o padre Francisco Severo Malachias realizou a primeira mudança na arquitetura da igreja. Até aquele ano, ela era desprovida de torre. Construiu-se uma torre baixa, posta à esquerda do prédio, que durou até 1918. Entre 1904 e 1913, foram feitos uns reparos, mas, somente para conservação. Em 1991, foram realizadas as últimas modificações: a troca do madeirame, renovação da pintura geral e alguns retoques necessários à conservação do templo.
Igreja de Nossa Senhora do Rosário: há muitas conjeturas sobre a época em que foi construída a igreja, porém, pode-se crer que a sua construção não aconteceu antes de 1817, data em que, por comando de D. João VI, rei do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, que estava hospedado no Rio de Janeiro, juntamente com a família real, fugindo às invasões napoleônicas na Europa, foi concedida a autorização para os escravos construírem a igreja.
Igreja de São Benedito: está localizada no bairro do Areão. Foi construída sob a orientação do padre José Tibúrcio e sua história pode ser conhecida fielmente através das palavras do próprio vigário num texto que ele preparou às vésperas da consagração desse templo. (foto da Igreja de São Benedito ao lado de autoria de Rafael Siqueira)
Foi inaugurada no dia 27 de setembro de 1936, quando a imagem do padroeiro, São Benedito, foi transladada da Igreja Matriz para lá, onde permaneceu até a derrubada da capela e consequente construção da atual igreja. Possui arquitetura moderna, imitando o gesto acolhedor de Jesus Cristo.
----------------------------------------------------
Atualmente o município vem se destacando em seu turismo. Muitos de seus casarões construídos nos séculos XVII e XVIII viraram patrimônio histórico da cidade. (foto abaixo da cachoeira do Apiário, extraida da fanpage www.facebook.com/pg/Andrelândia-MG)
Muitas de suas praças e igrejas também conservam o estilo barroco da época do desbravamento da região. Além disso, Andrelândia também vem desenvolvendo seu turismo rural. As principais atrações são as fazendas antigas, muitas do Século XVIII.(foto abaixo de Rafael Siqueira)
O artesanato é uma das formas mais espontâneas da expressão cultural andrelandense. Em várias partes do município, é possível encontrar uma produção artesanal diferenciada, feita com matérias-primas regionais e criada de acordo com a cultura e o modo de vida local. Esta diversidade torna o artesanato andrelandense, rico e criativo. A Associação dos Artesãos de Andrelândia reúne diversos artesãos da região, disponibilizando espaço para confecção, exposição e venda dos produtos artesanais. São produzidos especialmente colchas e caminhos de mesa de crochê, flores produzidas com folha de milho seca, peças produzidas com teares, dentre outras. (Fonte: Wikipédia)

Um comentário:
Faça também comentários