domingo, 27 de maio de 2018

Confira 12 cachoeiras fantásticas perto de BH

Compartilhe:

Quem mora na capital mineira e quer aproveitar as férias de janeiro para ficar em contato com a natureza encontrará várias opções turísticas perto de Belo Horizonte. (na foto acima, do Barbosa, uma as inúmeras cachoeiras de São José da Serra, distrito de Jaboticatubas a apenas 60 km de BH) O Circuito do Ouro, que envolve atrações de 15 municípios da região metropolitana e de outras localidades próximas a BH, tem pelo menos 12 cachoeiras para aproveitar com a família ou com os amigos. E o melhor: todas as opções envolvem viagens curtas, de menos de 200 quilômetros.

Região Metropolitana de BH
Complexo do Viana - Rio Acima
Na cidade de Rio Acima, o Parque Nacional da Serra do Gandarela tem um conjunto de quedas d’água conhecido como como complexo do Viana. Entre as cachoeiras estão a do Viana, a do Índio (na foto ao lado de autoria de Daniel G. Silva) e a Tinta Roxa. A região, formada por vegetação de transição, com mata atlântica, cerrado e campos de altitude, está a 34 km de Belo Horizonte. 
Cachoeira da Carranca – Itabirito
Para quem está começando a se aventurar no ecoturismo ou quer levar as crianças para o programa, a cachoeira da Carranca, em Itabirito, a 58 km da capital, é uma boa opção. Com uma caminhada de apenas 600 metros, as pessoas podem encontrar a queda d’água, com ducha natural e poço raso, ideal para banhistas que não têm o costume de nadar em cachoeiras. No local há uma praia natural de cascalho e areia, e o percurso é bem sinalizado.
Cachoeira Poço Encantado – Nova Lima
Já para os turistas mais acostumados às andanças no mato, há ainda outra opção na região, em um bairro de Nova Lima. (foto ao lado de Andréia Gomes) No Retiro das Pedras fica a cachoeira Poço Encantado. Para chegar até ela, é preciso passar por uma trilha complexa, recomendada apenas para quem tem mais experiência em trekking. 

Circuito histórico
Cachoeira dos Namorados — Ouro Preto

A quatro quilômetros do centro histórico de Lavras Novas, um pequeno distrito de Ouro Preto, a cachoeira dos Namorados pode ser acessada tanto a pé quanto por veículos, pela rodovia MG-129. Para quem escolhe caminhar até o local, a rota é tranquila, com uma bela vista da região, além de baixa declividade e poucos obstáculos.
Cachoeira do Brumado — Mariana
Destaque da cachoeira, a queda d’água de 14 metros, em Mariana, é alimentada pelo rio Brumado, que corta a região (foto acima de Fabinho Augusto). O local é privado, mas tem acesso gratuito. Ideal para quem quer acampar às margens do curso d’água e ver as estrelas, o espaço tem estacionamento, banheiros, restaurante, mesas e gerador de energia elétrica.
Cachoeira Itatiaia — Ouro Branco
Pouco conhecida por turistas, a cachoeira Itatiaia tem pouca infraestrutura e acesso por uma trilha que sai da MG-129, em Ouro Branco, a 113 km de Belo Horizonte. O caminho é curto, mas cheio de obstáculos, como uma descida íngreme. Indicada para trekkers mais experientes, a rota envolve a travessia de um rio. Para chegar até a queda, as pessoas devem seguir a trilha na margem esquerda. O poço tem profundidade de 1,5 metro.

Região Leste
Cachoeira Alta — Itabira
(na foto ao lado de Elvira Nascimento) Uma queda de 110 metros explica o nome dado à cachoeira Alta em Ipoema, distrito de Itabira, a 2h30 da capital mineira. A viagem, de 95 km, garante lindas paisagens e fácil acesso. Tanto turistas que querem curtir um fim de semana com família e amigos quanto praticantes de rapel e esportes ecológicos frequentam o local, ideal para curtir a tranquilidade.

Cachoeira da Boa Vista — Itabira
Também em Itabira, a cachoeira da Boa Vista fica próxima de pousadas, ideal para quem quer aproveitar o feriado sem ter que percorrer longas distâncias até chegar à queda d’água. Com 60 metros de altura e águas cristalinas, a cachoeira forma belas e convidativas piscinas naturais.
Cachoeira da Prainha — Nova Era
A apenas 15 km de Nova Era e a 3 horas da capital mineira, a cachoeira da Prainha é um ótimo programa para quem quer relaxar. Em local arborizado e de fácil acesso, a queda d’água da região Leste do Estado é uma opção para famílias, especialmente porque oferece até estacionamento para os veículos.
Cachoeira da Pedra Furada — Nova Era
O município de Nova Era também traz outra opção para as famílias que querem apreciar a natureza e as flores do campo: a cachoeira da Pedra Furada, que leva esse nome devido a uma abertura feita pela pressão da água nas rochas da maravilha natural. A cascata, no entanto, tem somente 2 metros de altura, mas é propícia para o banho.
Reportagem do Jornal Hoje em Dia de Belo Horizonte

Nenhum comentário:
Faça também comentários