Conheça Alagoa

Vista parcial de Alagoa MG. Fotografia de Rildo Silveira
No topo da Serra da Mantiqueira, entre Itamonte e Aiuruoca, está Alagoa com apenas 2752 habitantes, segundo o IBGE/2017. A cultura do homem do campo com seus costumes, tradições, culinária, festividades e arquitetura de seus casarões, são preservadas na cidade. Com altitude de 1132 metros, é uma das mais altas do Estado, sendo o ponto mais alto o Pico do Garrafão ou Santo Agostinho com 2.359 metros. 
Imagem enviada por Maria Aparecida Carvalho - Secretária de Turismo de Alagoa MG
Uma das mais fortes tradições de Alagoa é a produção de queijo. Alagoa é famosa por seus queijos artesanais, graças ao clima e topografia que são os responsáveis pelo diferencial em seus queijos, principalmente o Queijo Artesanal Alagoa, um queijo tipo o Parmesão de origem italiana e bastante popular no Brasil. O Queijo de Alagoa foi aprendido, 100 anos atrás, com o italiano Paschoal Poppa que na cidade veio residir, para que sua esposa Luiza Altomare assumisse a Escola de então como uma das professoras de então. Esse queijo tem a massa firme e quebradiça, quando mais curado. A cor amarelo-palha predomina, bem como odor e sabor picante e forte. Alagoa é conhecida como "Terra do Queijo Parmesão." 
Esse é o famoso Queijo D´Alagoa, da cidade de Alagoa, Sul de Minas. Não é parmesão. Esse queijo foi um dos queijos mineiros premiados no Concurso Internacional de Queijos, na França, agora em junho. O queijo é vendido pela internet, quem quiser, pode entrar em contato com o Osvaldo Filho, através do site: www.queijodalagoa.com.br 
Mas não é apenas queijo que tem em Alagoa; acontece que o Queijo de Alagoa é de alta qualidade. Tanto é que ele se tornou ainda mais famoso quando, recentemente, ganhou medalha de Bronze no Concurso Internacional de Queijo em Paris, França, onde o Queijo de Alagoa esteve representado pela marca Queijo D´Alagoa, de Osvaldo Filho. E é por isso que o QUEIJO ARTESANAL ALAGOA, que não é parmesão, é considerado um dos melhores do mundo hoje.
Paisagem típica do rigoroso inverno de Alagoa. Fotografia de Júlio Monteiro
Alagoa tem um inverno rigoroso, com temperaturas chegando sempre próximo ou abaixo de zero graus entre maio e agosto, principalmente. Durante os outros meses, o clima CWB –Tropical de Altitude – determina a presença equilibrada de chuva e sol, em garantia de fertilidade ao solo e produção suficiente para que o alagoense tenha uma dieta mais natural. 
Rua de Alagoa. Extraída do facebook de Osvaldo Filho
Além do queijo e do frio, o município tem diversos atrativos naturais e culturais como diversas cachoeiras e picos.
Paisagem de Alagoa. Enviada por Maria Aparecida Carvalho/Setur
Alguns dos principais atrativos naturais de Alagoa, que tem 100% de seu território dentro da APA da Mantiqueira, são: Cachoeira do Facão, Cachoeira da Baía, Cachoeira do Zé Pena, Cachoeira das Borboletas, Corredeiras da Itaoca, Corredeiras da Mineração, Poço do Funil, Túnel do Garrafão e Poção dos Mudos e uma porção do Parque Estadual do Papagaio, no Garrafão, entre outros. Tem também o Pico Mitra do Bispo, Pedra do Segredo, ou Pedra do Juquinha, Pedra do Morro e a Pedra da Campina e Pico Chorão, que não podem ficar de fora. Além disso, excelentes pousadas e restaurantes oferecem a hospitalidade e a ótima gastronomia mineira.
Imagem de Mara Fotografia.
Enviada por Maria Aparecida Carvalho. Setur
As melhores datas para visitar Alagoa são durante os festejos da Semana Santa, Festival do Queijo e do Azeite, Torneio Leiteiro - ExpoAlagoa, Natal, Descida de Boia e Reveillon, onde a cidade fica agitada, recebendo uma quantidade enorme de turistas da região e alagoenses ausentes. Ainda como destaque, cita-se a Festa de Nhá Chica; a cidade tem a primeira igreja do mundo dedicada a Beta Francisca Paula de Jesus – Nhá Chica que já é festejada há mais de 50 anos pelos alagoenses, sempre entre 5 e 14 de junho, no agora Santuário Ecológico de Nhá Chica. 
Azeite Extra Virgem
Azeite Prado & Vazquez, um produto novo de Alagoa, já se destacando pela alta qualidade.
Imagem enviada por Maria Aparecida Carvalho - Secretária de Turismo de Alagoa MG
O clima da Serra da Mantiqueira favorece o cultivo de oliveiras. A produção de azeite de qualidade nessa região do Sul de Minas, está sendo reconhecido, inclusive internacionalmente. O azeite extra virgem de Alagoa vem se despontando como produto de ótima qualidade, abrindo novas vagas de trabalho na cidade. A marca do Azeite é Prado & Vasques, produzido pela Cauré Agronegócios, na Fazenda Arrozal. (Por Arnaldo Silva)

2 comentários: