quinta-feira, 11 de maio de 2017

Venha respirar o outono entre trilhos e trilhas nas montanhas de Minas

Balonismo em São Lourenço por Gislene Ras
O verão se foi. Despediu-se com as águas de março. E o frio vem chegando, de mansinho, amenizando o calorão que ficou para atrás. Para quem curte o outono, nada se compara com a visão das folhas caindo no chão, antes de bailar com o vento que anuncia a mudança de estação. Os dias são mais claros, as chuvas mais esparsas e as noites mais estreladas. Nesta edição, vamos traçar um roteiro para quem gosta de aventuras, sozinho ou ao lado de amigos, por parques e florestas de Minas. As cidades que integram o Circuito das Águas, no Sul de Minas, encantam os amantes de um passeio a dois pelo prazer da boa mesa e das águas termais com propriedades terapêuticas. E, para toda a família, roteiros para relaxar em contato com natureza.
Nascente do rio São Francisco, na Serra da Canastra (foto: Leandro Couri/EM)
Passeio de Maria Fumaça, em São Lourenço (foto: ABOTTC/Divulgação)
Minas pode até não ter mar e praias, mas tem parques e montanhas a perder de vista. Para os amantes do turismo de aventura, o estado oferece inúmeras reservas naturais para a prática de esportes radicais. Escalada, montanhismo, rappel, rafting ou até mesmo um simples caminhar são capazes de proporcionar bem-estar e prazer. Nesta época do ano, explorar as trilhas de Minas é a oportunidade de se desligar do mundo tecnológico e urbano e imergir no desconhecido, sentir o cheiro do mato, descobrir cachoeiras e riachos. É poder desbravar a natureza nativa, intacta em muitos dos parques mineiros e se encantar com a rica flora e fauna nos tortuosos caminhos visitados.
Rafting em Extrema (foto: Sergio Mourão/divulgação)

Amanhecer no Pico da Bandeira, no Parque Nacional do Caparaó (foto: MinasTur/Divulgação)
Nesses lugares sagrados, os esportes de aventura atraem adeptos das mais variadas idades. Para eles, a proximidade com o perigo funciona como motivação para encarar o medo e desarmar as travas. Superar desafios é um dos melhores remédios para acreditar em si mesmo, elevar a autoestima, ganhar força para realizar sonhos, conquistar o que deseja e, principalmente, aproveitar e amar a vida.
Cachoeira Grande, na Serra do Cipó (foto: Alvaro Duarte/EM)

Vitrais neogóticos da capela do Santuário do Caraça (foto: Renato Weil/EM)
Por Carlos Altman - Matéria do Jornal O Estado de Minas/Portal Uai/ www.uai.com.br
Link:http://www.uai.com.br/app/noticia/rotas-de-minas/2017/04/28/noticias-rotas-de-minas,205791/respire-o-outono-entre-trilhos-e-trilhas-nas-montanhas-de-minas.shtml

Nenhum comentário:
Faça também comentários