9 Cidades para você curtir o Inverno em Minas Gerais!

Baixas temperaturas, neblina, chocolate quente, festivais de inverno, gastronomia e muita hospitalidade. Muitas são as palavras que podem representar o inverno em Minas Gerais, que também significa alta temporada turística no Estado.(na foto acima, Ouro Preto por Fabinho Augusto)
Para aqueles que querem aproveitar o friozinho mineiro e conhecer belas paisagens, a dica é visitar as cidades do Sul de Minas. Já tradicionais, os festivais de inverno movimentam as cidades do interior do Estado. Além de participar da programação do festival, o turista poderá aproveitar para conhecer os atrativos da região.
As festas juninas são atrativos a parte. Barraquinhas, comidas típicas, brincadeiras e animadas quadrilhas agitam as noites nessa época do ano.
Venha curtir o inverno em Minas Gerais!

1 - Ouro Preto
A história colonial de Minas Gerais

A primeira cidade brasileira e uma das primeiras do mundo a ser declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, em 1980: essa é Ouro Preto. Famosa por sua arquitetura colonial primorosa, a cidade foi construída por artistas e escravos no auge do Ciclo do Ouro. Seu grande valor histórico como palco da Inconfidência Mineira e seu expressivo conjunto histórico não são os únicos atrativos da cidade, que além de um agitado cenário cultural, conta com o rico ecossistema que a contorna, com cachoeiras, trilhas e uma grande área de mata nativa. Suas imponentes e silenciosas igrejas contrastam com o clima jovial e alegre proporcionado pelo movimento contagiante dos estudantes e turistas, sempre dispostos a festejar em suas famosas repúblicas ou nas ladeiras da cidade.

2 - Poços de Caldas
O poder das águas minerais
 Poços de Caldas (foto acima de Arnaldo Silva) sempre atraiu turistas por causa dos poderes de suas águas. O Imperador Dom Pedro II e a Imperatriz Dona Tereza Cristina foram os primeiros visitantes ilustres da cidade, logo na época do Império, mas a lista de visitantes históricos de Poços de Caldas não para por ai: pelos salões do Palace Cassino e do Palace Hotel já passaram grandes nomes como Silvio Caldas, Carmem Miranda, Orlando Silva, Carlos Galhardo, Rui Barbosa, Santos Dumont, Olavo Bilac e o Presidente Juscelino Kubitschek. Até hoje, uma das maiores atrações do hotel é sua piscina térmica, construída num suntuoso salão sustentado por colunas de mármore de carrara. Para aqueles que desejam aproveitar Poços de Caldas para além das instâncias hidromineirais, a cidade ainda oferece outros tipos de viagem, como o turismo ecológico, cultural e de aventura.


3 - Araxá
Requinte e gastronomia de Dona Beja
Araxá (na foto acima de Celso Flávio) é para todos os gostos. Para quem quer cuidar do corpo e da alma, uma visita às famosas termas é fundamental. Já quem curte aventura, pode voar de paraglider ou asa delta. Os amantes do ecoturismo têm opções para pescar, cavalgar, fazer trekking e trail de moto ou jipe, pela região. Quem procura uma boa mesa não se decepciona e pode se deliciar com os doces, queijos e compotas. Algumas fazendas são abertas à visitação pública e a cidade, ainda, possui locais para pesca, como os famosos pesque-pague. Dicas de Viagem O passeio pode começar com o Museu de Dona Beja, mulher de beleza singular que causou frisson por onde passou. Em seguida, vá para a Estância Hidromineral do Barreiro, onde estão as famosas Termas de Araxá. Os banhos de lama, pérola e as massagens são imperdíveis para quem procura bem-estar e relaxamento. À tardinha, tire um tempo para um lanche típico com quitandas mineiras e o tradicional pão de queijo, encerrando claro, com os doces de Araxá.

4 - Tiradentes
Uma mistura de sabores
Tiradentes (foto acima de César Reis) é uma mistura dos sabores de Minas: história, cultura, religiosidade, natureza e gastronomia. É uma das cidades históricas mais charmosas do Estado, com importantes exemplos de arte barroca enriquecendo sua paisagem. Algumas de suas principais construções tem o toque magistral do escultor Aleijadinho. Graças a seu rico patrimônio histórico, a cidade é escolhida com frequência para servir de set para gravações de filmes e minisséries de época. O calendário da cidade é repleto de eventos, além do tradicional Carnaval de rua e da Semana Santa, destaque para o Festival de Cinema, em janeiro; o Encontro dos Apreciadores da Harley Davidson, em julho e o Festival Gastronômico, em agosto. Na charmosa Tiradentes, passeie pelas ruas e pelo casario. O movimento das charretes, as pracinhas e o Chafariz de São José são uma atração à parte. O artesanato está por toda a cidade. À noite, assista ao espetáculo de som e luz na Matriz de Santo Antônio. Trekking na Serra de São José, cavalgadas e visita aos ateliês dos artistas locais são outras boas pedidas.

5 - Monte Verde
Romance e requinte nas montanhas
Distrito de Camanducaia, Monte Verde (foto acima de Ricardo Cozzo) é um dos locais mais singulares de Minas. O distrito é uma estância climática a 1.600 metros de altitude, rodeado por montanhas verdes e pinheiros. Bem ao sul de Minas, o clima seco e frio misturado com a arquitetura européia faz que Monte Verde seja conhecida como a "Suíça brasileira". Favorável a prática do turismo de natureza, Monte Verde é um dos destinos ideais para quem gosta de respirar ar fresco e limpo. Ativdade como caminhadas por trilhas, passeios a cavalo, montanhismo ou até mesmo contemplação da natureza são algumas das opções que o local oferece. Monte Verde, devido a sua rusticidade e clima ameno, tornou-se um destino bastante procurado por casais, sejam estes namorados ou aqueles que desejam curtir a lua-de-mel, a vila possuí várias opções de pousadas e hotéis para quem deseja aproveitar os momentos a dois.

6 - Maria da Fé
Terra do azeite e do frio
 
Maria da Fé (foto acima de Leonardo Bueno) é a cidade mais fria de Minas é também uma das que mais oferece calor humano ao visitante. Situada na Serra da Mantiqueira, a cidade é destaque na produção de azeite. O famoso azeite de Maria da Fé é de excelente qualidade e o turista que desejar pode visitar as plantações de oliveiras orgânicas e acompanhar o processo de fabricação dessa iguaria mineira. A produção de artesanato também é bastante presente no local - é impossível visitar Maria da Fé e não voltar para a casa com o trabalho feito por artesãos locais. Para os que gostam de festa, o calendário de eventos é reacheado com festas típicas, como o Festival da Viola, a Festa do Peão Boiadeiro, a Noite do Livro, a Folia dos Reis e a Catira. Para os amantes de aventura, a cidade também possuí um Pico da Bandeira, com 1.683 metros de altitude é um espetáculo a parte, especialmente no frio, quando as temperaturas da cidade podem chegar a 0ºc.

7 - São Lourenço
Relaxamento do corpo e da mente
É considerada a maior e a mais jovem estância hidromineral do país, a cidade é conhecida pelo clima ameno e beleza singular. A maior atração de São Lourenço é o Parque das Águas com sua fonte de água mineral e de valor medicinal, propiciando banhos para relaxamento do corpo e da mente. O Trem das Águas, passeio de Maria Fumaça que vai da estação de São Lourenço até a estação de Soledade de Minas, proporciona paisagens lindíssimas. Além dele, outros atrativos de São Lourenço são imperdíveis: o Teleférico, Memorial Tancredo Neves, Aldeia Vila Verde, Mirante, Ilha dos Amores, entre outros. São Lourenço possui um comércio variado, com centros de artesanato e galerias com bons lugares para fazer compras e degustar deliciosos queijos, doces, biscoitos, mel, balas, cachaças e licores. A cidade ainda conta com uma série de eventos: o Encontro Nacional de Corais, o Encontro Nacional de Automóveis Antigos, o Campeonato Brasileiro de Balonismo (foto acima de Paulozaca), a Feira Mineira de Artesanato Rural e muitos outros.

8 - Caxambu
Tranquilidade e bem estar nas águas minerais
 
Caxambu (foto acima de Juninho Mosca) fica nas montanhas do sul de Minas. Suas belezas naturais, os encantos dos seus jardins e o Parque das Águas conquistam seus visitantes. Outros passeios imperdíveis são um city-tour de charrete pela cidade, o passeio de teleférico ao Morro de Caxambu, ou simplesmente andar pela Praça XVI de Setembro ou pelo Centro de Artesanato para conhecer suas igrejas históricas. Fora da cidade, Caxambu também tem atrações: o visitante pode caminhar no Horto Florestal, visitar os criatórios e exposições de cavalos mangalarga marchador ou cavalgar pelas fazendas da região. Dicas de Viagem Caxambu tem a maior concentração de águas carbogasosas do planeta. São 12 fontes diferentes de água mineral de alto poder diurético e desintoxicante, cada uma com propriedades químicas diferentes da outra.

9 - Andradas
Esta região oferece muitos atrativos culturais, ecológicos e propicia para a prática de esportes de aventura, como rapel, tirolesa e voo livre. Algumas das atrações naturais são: a Serra de São Domingos, com 1.686 m de altitude; o Pico do Gavião; e as Pedras do Elefante e do Pântano. A região é conhecida também por sua tradição vinícola trazida dos imigrantes do norte da Itália.

Matérias produzidas pelo Jornal O Estado de Minas
Link:http://minasgerais.com.br/pt/o-que-fazer/charme/inverno
Ilustrações nossa.

2 comentários: