terça-feira, 21 de março de 2017

Comida Mineira. Letra e Música: Toninho Geraes e Paulinho Rezende

Me dá de comer, mineira,
Tempera o tutu paixão.
Já mandei fazer a feira,
Já botei lenha no fogão.
Carrega no cheiro, mineira,
Faz como só você faz:
Mata essa minha vontade,
Que eu tô com saudade
De Minas Gerais.

Quero vaca atolada
Com pimenta.
Mandioca, polenta,
Angu, carne seca,
Iô, iô com iá, iá.
Faz uma galinhada, leitoa assada,
Rabada e agrião.
Quem faz carinho no meu paladar,
Manda no meu coração.
Ai! Aquela costelinha que ocê faz
De vez em quando.
Com tempero e ora-pró-nobis,
É de se comer rezando.
Feijãozinho tropeiro, toicin de fumeiro,
Torresmo e jiló.
Melhor que tudo isso, meu bem,
Só mesmo o nosso xodó. 

Faz frango com quiabo 
E uma canjiquinha.
Capricha na dobradinha.
Põe couve nesse bambá.
Lombo a Feitiço Mineiro,
Broa e biscoito sinhá.
Seu rango é maravilhoso,
Mas beijo guloso
Como o seu não há. 

Tem bom bocado mimoso
No beijo gostoso que você me dá.
Faz um pé-de-moleque,
Bolo caipira, pãozinho de itabira.
Ferve a canjica e me dê
Gosto dos seus quitutes,
Mas, quando a gente se vê,
Fico entre o doce de leite
E o doce de leite da cama, porque
Não pode haver companheira
Delícia mineira melhor que você!

Comida Mineira
Letra e Música: Toninho Geraes e Paulinho Rezende
Modelo Lee Camargo - Caetanópolis MG
Fotografia de Carol Bertolino

Nenhum comentário:
Faça também comentários