Conheça Carmo de Minas

 
A capela de Nossa Senhora do Carmo foi o núcleo inicial do arraial, primeiramente denominado Carmo de Cristina, e anos mais tarde de Carmo de Pouso Alto da Cristina. Em 1832, passou a freguesia, sendo então desmembrada de Pouso Alto. Ao ser elevada a distrito, em 1841, teve sua denominação mudada para Carmo do Rio Verde. Emancipada em 1901, passou a chamar-se Silvestre Ferraz e, em 1953, tornou-se Carmo de Minas.
No princípio do século, a cidade já se destacava pelos numerosos e renomados estabelecimentos de ensino: ginásio masculino, escola normal feminina, escolas de Agricultura, Farmácia e Odontologia. Suas escolas mantinham um corpo docente ilustre, que atraíam estudantes de localidades distantes.

A cidade foi pioneira na aclimatação de espécies exóticas, como oliveiras, tamareiras, pereiras, caquizeiros, ameixeiras, macieiras, espécies raras de parreiras e castanheiras. Carmo de Minas é conhecida por suas fontes de águas minerais, e por produzir cafés de altíssima qualidade.
O visitante poderá realizar caminhadas até as lavouras de cafés mais premiadas do mundo. As visitas a essas plantações terminam com a degustação de cafés especiais, em mesas típicas mineira. A cidade oferece a tranquilidade e os encantos de uma típica cidade do interior, com hotéis e pousadas que proporcionam várias atividades, entre elas passeios planejados nas lavouras, mirantes com paisagens lindíssimas e, para completar uma farta mesa com quitutes mineiros.
Fonte:http://www.guiadoturismobrasil.com/cidade/MG/476/carmo-de-minas
Aproveitem e façam uma visitinha completa ao site do http://www.guiadoturismobrasil.com . Tem muitos roteiros e informações legais que agradarão a todos.
Curta a página no facebook - Acesse: www.facebook.com/guiadoturismobrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário