Dicionário Mineirês

Abrícafaca - Abrir com a faca
Acânho - Ficou encabulado, com vergonha
Acóde eu - Me ajude
Agurinha - Agora mesmo, neste instante
Alííí ou, é pertin - siga por ali, é perto (geralmente é longe prá caramba!)
Alpendre - Pequenas varandas das casas antigas
Amóita - Esconde as coisas, dar o cano, roubar
Andar no passeio - Caminhar na calçada da rua
Ansdionte - Antes de ontem
Armaria - Ave Maria
Ansiôs dimais - Muito ansioso, apreensivo
Apiar - descer do cavalo, entrar, acabar de chegar (é um convite: "entra, sô, vamu apiá)
Apruma o corpo - Endireitar a postura
Arreda esse trem - Mover um objeto de lugar
Arreda um tiquim prálá - Mover para o lado um pouquinho
Assunga as calça - Levantar as calças
Atazanânu - perturbando, incomodando = Você tá me atazanando as ideias
Babujado - sujo, molhado com babugem/baba de alguém (ou comida), sem lavar
Bão, mar bão mermo - Bom, mas bom mesmo = Uma coisa muito boa, excelente
Bão pá daná - Bom para danar, bom demais, excelente, ótimo
Barango (a) - Pode ser usado com pessoas, coisas ou lugares: Pessoa que não sabe se vestir, de mau gosto. Objeto cafona. Lugar mal frequentado ou de decoração feia.
Beleléu - Do tempo dos escravos: dizia-se que foi para o beleléu quem morreu, fim
Besta quadrada - Ignorante, muito burro, sonso
Biboca - bimboca, lugar longe e deserto, mal frequentado, subúrbio
Bicudo - Bêbado
Bitela - Grande, gorda, imensa
Blusdifrii - Blusa de frio
Bobajada - Bobeira, besteira
Bololô - Confusão, desarrumação, bagunça, briga
Bóra - lá vamos nós, vamos embora, estou contigo, aceitação, sim
Breguete - variação da expressão "trem" - Pode se usada para qualquer coisa
Bubiça - Bobagem, atrevimento, chacota, gozação, coisa á toa
Bufunfa - Dinheiro, grana
Bunidimais - Bonito demais
Burricido - Aborrecido = pessoa chata, pegajosa
Burriscado - rabiscado, escrever com garrancho e errado
Cacunda - Costas
Cadavó, cadopai, cadatii - Casa da avó, casa do pai, casa da tia
Cadiquim, Cadim - Um pouquinho, um tantinho
Caduzôto - Casa dos outros = Fulano não sai da caduzôto
Café pelando - Café muito quente, de queimar a pele da boca
Cadiquê - Por causa do quê = Por que? Por qual motivo?
Cafungada no cangote - Carinho, chamego = cheirar a nuca, sentir o perfume
Caisopô - Caixa de isopor, geladeira de isopor
Cambito - perna fina, canela fina igual de passarinho
Capazzz - De jeito nenhum = não quero, não vou
Cascou fora, Cascanu fora - Saiu correndo, deu no pé, evitou uma situação ruim
Cata-jeca - Ônibus que para muito pelo caminho, para pegar passageiros na estrada
Causdiquê? - Por causa de que? Por que motivo?
Cê besta, trem! - Que isso? Como assim? De jeito nenhum, deixe de ser bobo
Cê dá trabai dimais - Você dá muito trabalho, incomoda, importuna, preocupação
Cê é fii di quem? - Você é filho de quem? = nome dos seus pais
Cê já coisou o trem - Você já fez aquilo, já preparou, já está pronto
Cê mexe com que? Com o que você trabalha, qual a sua atividade profissional?
Cê qui sabi - Você é quem sabe
Cê tá intendenu? - Você está entendendo, compreendeu?
Cê ta jóia - Você está bem, tudo legal, ótimo
Cê tá uma marmota - Ridículo, de mau gosto, com a aparência feia
Cê vai tomábãin agora? - Você vai tomar banho agora?
Cêmês quifaiz? – É você mesmo quem fez?
Cêu contá cêsentichora - Se eu te contar, você assenta e chora = coisa triste, tragédia
Chispa daí - Sai daí depressa, sai fora rápido
Chô pô prô cê, Chô pegá prô cê - Deixe que eu ponho, deixe que eu pegue para você
Chovê issaí - Deixe-me ver isso aí, me mostre
Chucha isso aí e vâmbora - Guarde tudo aí de qualquer jeito e vamos embora
Coitádocê - Coitado de você = pena, dó. Pode ser também desdém, incapaz
Coméquivai? - Como é que eu encontro esse lugar, como chego nesse endereço?
Conrfó fô, eu vô - Conforme for, eu vou = se der, se for possível.
Constipá - Constipar, gripar, resfriar
Córrgu - Córrego, pequeno filete de água
CreinDeuspai - Creio em Deus Pai = desconjuro, sai fora, cruz credo
Culiado - maquinação, conspiração, trama
Cumê di capitão - Comer uma refeição com as mãos, sem talheres
Cumé qui olha - Como é que eu faço, como que é, como que toma conta
Cumé qui vai nesstrem? - Como posso ir, como faço para ir nesse lugar
Cumê um trem - Comer alguma coisa, matar a fome
Cuméquicêchama? - Qual o seu nome = Como é que você se chama
Cumiria - Comidaria, muita comida, fartura
Curuis, Curus e Cruisss - Cruz credo
Dá os trem prusôtrô - Dar as coisas para os outros = doar as coisas
Dá um tapa na orêia - Pescoção, sopapo
Dá umpulim - Dar um pulinho = ir rapidamente a algum lugar
Dar manota - Dar um fora, ato falho, inconveniência, mancada
Deixa de bestage - deixe de bobagem
Denduforno prassá - Dentro do forno para assar
Dentifrício - Pasta de dente
Dêsbensôi - Deus te abençoe
Dézterceru - 13º salário
Dibasdascoberta - Debaixo das cobertas = preparado para dormir, deitado
Difisdimais - Difícil demais, muito difícil
Dimaidaconta - Demais, muito, exagerado
Dintirim - O dia inteirinho = o tempo todo
Dipindurado - Dependurado, junto, não
Melquisedeque Araujo
Melquisedeque
Abrícafaca - Abrir com a faca
Acânho - Ficou encabulado, com vergonha
Acóde eu - Me ajude
Agurinha - Agora mesmo, neste instante
Alííí ou, é pertin - siga por ali, é perto (geralmente é longe prá caramba!)
Alpendre - Pequenas varandas das casas antigas
Amóita - Esconde as coisas, dar o cano, roubar
Andar no passeio - Caminhar na calçada da rua
Ansdionte - Antes de ontem
Armaria - Ave Maria
Ansiôs dimais - Muito ansioso, apreensivo
Apiar - descer do cavalo, entrar, acabar de chegar (é um convite: "entra, sô, vamu apiá)
Apruma o corpo - Endireitar a postura
Arreda esse trem - Mover um objeto de lugar
Arreda um tiquim prálá - Mover para o lado um pouquinho
Assunga as calça - Levantar as calças
Atazanânu - perturbando, incomodando = Você tá me atazanando as ideias
Babujado - sujo, molhado com babugem/baba de alguém (ou comida), sem lavar
Bão, mar bão mermo - Bom, mas bom mesmo = Uma coisa muito boa, excelente
Bão pá daná - Bom para danar, bom demais, excelente, ótimo
Barango (a) - Pode ser usado com pessoas, coisas ou lugares: Pessoa que não sabe se vestir, de mau gosto. Objeto cafona. Lugar mal frequentado ou de decoração feia.
Beleléu - Do tempo dos escravos: dizia-se que foi para o beleléu quem morreu, fim
Besta quadrada - Ignorante, muito burro, sonso
Biboca - bimboca, lugar longe e deserto, mal frequentado, subúrbio
Bicudo - Bêbado
Bitela - Grande, gorda, imensa
Blusdifrii - Blusa de frio
Bobajada - Bobeira, besteira
Bololô - Confusão, desarrumação, bagunça, briga
Bóra - lá vamos nós, vamos embora, estou contigo, aceitação, sim
Breguete - variação da expressão "trem" - Pode se usada para qualquer coisa
Bubiça - Bobagem, atrevimento, chacota, gozação, coisa á toa
Bufunfa - Dinheiro, grana
Bunidimais - Bonito demais
Burricido - Aborrecido = pessoa chata, pegajosa
Burriscado - rabiscado, escrever com garrancho e errado
Cacunda - Costas
Cadavó, cadopai, cadatii - Casa da avó, casa do pai, casa da tia
Cadiquim, Cadim - Um pouquinho, um tantinho
Caduzôto - Casa dos outros = Fulano não sai da caduzôto
Café pelando - Café muito quente, de queimar a pele da boca
Cadiquê - Por causa do quê = Por que? Por qual motivo?
Cafungada no cangote - Carinho, chamego = cheirar a nuca, sentir o perfume
Caisopô - Caixa de isopor, geladeira de isopor
Cambito - perna fina, canela fina igual de passarinho
Capazzz - De jeito nenhum = não quero, não vou
Cascou fora, Cascanu fora - Saiu correndo, deu no pé, evitou uma situação ruim
Cata-jeca - Ônibus que para muito pelo caminho, para pegar passageiros na estrada
Causdiquê? - Por causa de que? Por que motivo?
Cê besta, trem! - Que isso? Como assim? De jeito nenhum, deixe de ser bobo
Cê dá trabai dimais - Você dá muito trabalho, incomoda, importuna, preocupação
Cê é fii di quem? - Você é filho de quem? = nome dos seus pais
Cê já coisou o trem - Você já fez aquilo, já preparou, já está pronto
Cê mexe com que? Com o que você trabalha, qual a sua atividade profissional?
Cê qui sabi - Você é quem sabe
Cê tá intendenu? - Você está entendendo, compreendeu?
Cê ta jóia - Você está bem, tudo legal, ótimo
Cê tá uma marmota - Ridículo, de mau gosto, com a aparência feia
Cê vai tomábãin agora? - Você vai tomar banho agora?
Cêmês quifaiz? – É você mesmo quem fez?
Cêu contá cêsentichora - Se eu te contar, você assenta e chora = coisa triste, tragédia
Chispa daí - Sai daí depressa, sai fora rápido
Chô pô prô cê, Chô pegá prô cê - Deixe que eu ponho, deixe que eu pegue para você
Chovê issaí - Deixe-me ver isso aí, me mostre
Chucha isso aí e vâmbora - Guarde tudo aí de qualquer jeito e vamos embora
Coitádocê - Coitado de você = pena, dó. Pode ser também desdém, incapaz
Coméquivai? - Como é que eu encontro esse lugar, como chego nesse endereço?
Conrfó fô, eu vô - Conforme for, eu vou = se der, se for possível.
Constipá - Constipar, gripar, resfriar
Córrgu - Córrego, pequeno filete de água
CreinDeuspai - Creio em Deus Pai = desconjuro, sai fora, cruz credo
Culiado - maquinação, conspiração, trama
Cumê di capitão - Comer uma refeição com as mãos, sem talheres
Cumé qui olha - Como é que eu faço, como que é, como que toma conta
Cumé qui vai nesstrem? - Como posso ir, como faço para ir nesse lugar
Cumê um trem - Comer alguma coisa, matar a fome
Cuméquicêchama? - Qual o seu nome = Como é que você se chama
Cumiria - Comidaria, muita comida, fartura
Curuis, Curus e Cruisss - Cruz credo
Dá os trem prusôtrô - Dar as coisas para os outros = doar as coisas
Dá um tapa na orêia - Pescoção, sopapo
Dá umpulim - Dar um pulinho = ir rapidamente a algum lugar
Dar manota - Dar um fora, ato falho, inconveniência, mancada
Deixa de bestage - deixe de bobagem
Denduforno prassá - Dentro do forno para assar
Dentifrício - Pasta de dente
Dêsbensôi - Deus te abençoe
Dézterceru - 13º salário
Dibasdascoberta - Debaixo das cobertas = preparado para dormir, deitado
Difisdimais - Difícil demais, muito difícil
Dimaidaconta - Demais, muito, exagerado
Dintirim - O dia inteirinho = o tempo todo
Dipindurado - Dependurado, junto, não

Enviado por Melquisedeque Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário