Mineiro é assim...

Mineiro é assim...
É desconfiado,
Mas quando confia, tá confiado!
Fala pouco, é moderado.

Mas o que diz é acertado!
Não perde tempo, não perde a hora,
Mas dorme cedo, o senhor e a senhora!
E fica longe da penhora.

Gosta de uma cachacinha,
E de duas, de três, de quatro, de...
Tem fama de come quieto,
E foi aprendizado de avô, de pai e agora de neto!

Adora comer tutu.
E macarronada, guisados, quiabo com angu...
Não despreza uma lingüicinha, uma costelinha,
E também galinha caipira, canjiquinha, cebolinha...

Mineiro é assim...
É matreiro, porém amigo, se conquistado primeiro!
Gosta de pão de queijo,
mas pelo pão francês e o borboleta tem íntimo desejo!

Mineiro é assim...
Proseia comendo couve picadinha,
Tira gosto com torresminho,
Porém, fica de olho na anca da vizinha!

Mineiro é assim...
Com seu canivete pica palha e fumo de rolo,
Com sua peixeira na cinta, não carrega desaforo!
Enrola, com capricho, o seu cigarrinho de paia.

Mas só depois da boquinha de pito
dá o seu traguinho!
Conta causo, conta conto,
Todavia, não esquece o nó do ponto!

Mineiro é assim...
Nunca perde o trem,
Ainda assim, burro e cavalo são,
o transporte que ainda tem!

Mineiro é assim...
De pedir a pai e mãe a bênção,
faz sempre questão.
Todavia, nunca esquece os filhos na hora da oração!

Por um leitão à pururuca é apaixonado,
Contudo, lambuza-se com o ensopado!
Sua sobremesa é queijo e goiabada cascão,
Mas adora também doce de leite, de côco ou de mamão!

Sabe, como ninguém, ponhá o fumo na paia,
Entretanto, enrola papel fino, com ajuda da navaia!
É conhecido por falar, nóis fumo, nóis vortemo, nóis vai,
E numa prosa de mineiro o que mais se escuta é uai.

Se perguntado o que é UAI e SÔ,
Responde que "Uai é uai, sô" e "Sô é sô, uai"!
Mineiro é assim...
Tão diferente e tão igual!


Autoria desconhecida por nós até o momento. Quando identificarmos o autor, será inserido os créditos.
Pintura do artista plástico Davi Jupira - Sabará MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário