Faça e venda pimenta em conserva

Além de ser fácil de fazer, o custo de produção de pimentas em conserva é muito baixo e você pode vendê-las com bastante lucro, principalmente se usar a criatividade, comprar potes atraentes e fazer enfeites. Aproveite!

INGREDIENTES
500g de pimentas variadas
200ml de água
4 colheres de chá de sal
750ml de vinagre branco
temperos a gosto (folhas de louro, sementes de mostarda, entre outros)

Observações Importantes:
A receita acima é para pimentas de porte médio (jalapeño, dedo-de-moça e habanero). Para pimentas de porte pequeno (malagueta ou tabasco), diminua em 1/3 os ingredientes e para pimentas de porte grande (poblano e cubanelle), aumente os ingredientes em 1/3.
O vinagre branco é o mais indicado para fazer a conserva, mas você pode utilizar qualquer vinagre fermentado em álcool com acidez igual ou maior a 5%, para garantir a ação antibacteriana.

PRÉ-PREPARO DA CONSERVA DE PIMENTA – ESTERILIZAÇÃO DOS POTES DE VIDRO
Escolha potes em perfeitas condições (sem defeitos no vidro, na tampa ou na rosca).
Coloque um pano de algodão limpo no fundo de uma panela grande.
Coloque os recipientes/frascos de vidro com a boca virada para baixo, sem tampa, sobre o pano. O pano de algodão serve como segurança e proteção, para evitar que o vidro se quebre durante o processo de fervura da esterilização.
Encha a panela com água, o máximo que você conseguir. Leve ao fogo e deixe fervendo por aproximadamente 20 minutos. Quando estiver faltando 5 minutos para o término da fervura dos frascos/recipientes, coloque as tampas para ferver também.
Apague o fogo e deixe a panela esfriando. Apenas retire os frascos/recipientes e tampas no momento em que você for utilizá-los.

COMO FAZER PIMENTAS EM CONSERVA
ETAPA 1 – SALMOURA

Prepare uma solução de salmoura utilizando 1 litro de água com aproximadamente 350g de sal. Despeje a salmoura na tigela e mexa levemente. A salmoura auxilia na diminuição da umidade presente nas pimentas, além de permitir melhor absorção do vinagre.
Coloque as pimentas dentro da tigela da salmoura, com um prato sobre elas, para fazer peso e evitar que as pimentas fiquem flutuando na salmoura. Desse modo você garante que todas as pimentas ficarão 100% mergulhadas e sofrerão a ação do sal por completo.
Deixe as pimentas na salmoura por aproximadamente 8 horas.

ETAPA 2 – LAVAGEM E SECAGEM
Retire as pimentas da salmoura e passe-as em água corrente. Para auxiliar no processo de lavagem das pimentas de pequeno porte (malagueta, tabasco, etc), aconselhamos a utilização de um escorredor de macarrão. Dessa maneira você consegue lavar os frutos de forma mais prática.
Logo em seguida, seque-as levemente com um pano de algodão bem limpo, apenas para retirar o excesso de água em torno dos frutos.
Com o auxílio de um garfo ou uma faca, faça pequenas perfurações ou fendas em torno das pimentas. Se preferir, você pode fatiá-las ou apenas cortá-las ao meio. Lembre-se de proteger suas mãos e olhos no manuseio das pimentas, principalmente após o período na salmoura.

ETAPA 3 – FAZENDO A CONSERVA
Misture o vinagre, a água e o sal.
Coloque as pimentas em uma panela e adicione a mistura acima. Se quiser, adicione os outros temperos a gosto.
Leve a panela ao fogo e esquente a mistura por aproximadamente 5 minutos em fogo médio. Esse procedimento serve apenas para elevar um pouco a temperatura da mistura, permitindo que o vinagre penetre de maneira mais eficiente nas pimentas. Não ultrapasse ou esquente por muito mais tempo, pois você poderá reduzir ou remover a acidez do vinagre. Sem a acidez, o vinagre perde suas propriedades antibacterianas e você terá que substituí-lo para que sua conserva seja feita.
Retire a panela do fogo e divida as pimentas em um ou mais recipientes/frascos de vidro esterilizados anteriormente, caso um único recipiente não seja suficiente para a quantidade de pimentas já preparadas. Coloque as pimentas até que fiquem aproximadamente 2cm abaixo do topo do frasco.
Finalize completando cada frasco com a mistura de vinagre aquecida anteriormente. Preencha os recipientes o máximo possível, deixando bem menos do que 1cm de espaço em relação ao topo do frasco. Aguarde por alguns minutos para que as bolhas de ar, que normalmente se formam no interior do recipiente, vazem.
Feche o recipiente muito bem e conserve em local fresco e protegido da luz.
Após o período de 4 a 6 semanas, você já poderá utilizar sua conserva da maneira que desejar.

Dicas para a Utilização e Conservação
Para retirar as pimentas e o vinagre de dentro de sua conserva, é aconselhável a utilização de utensílios de plástico (garfo ou colher) muito bem esterilizados. Isso não quer dizer que utensílios de metal ou madeira não possam ser utilizados. Mas, normalmente, o metal se não for bem conservado permite a criação de partículas de óxido ou, a madeira, permite a formação de algumas substâncias em sua superfície que podem contaminar ou reduzir a validade de sua conserva, mesmo com a ação antibacteriana do vinagre.
Uma vez aberta, você deve armazenar sua conserva na geladeira. O vinagre adquire um sabor pungente (picante) e diferenciado, tornando-se um ótimo ingrediente para o preparo de saladas, patês e muito mais. Caso você utilize apenas o vinagre de sua conserva, será necessário repor a quantidade utilizada, pois as pimentas devem sempre ficar submersas na mistura de vinagre. Caso contrário, elas tendem a embolorar e estragar. Antes de retirar o vinagre em grandes quantidades de sua conserva, é aconselhável que você prepare a quantia de reposição utilizando a receita apresentada na Etapa 3. Não é necessário retirar as pimentas do frasco e colocá-las na panela para aquecê-las novamente! Aqueça apenas a mistura de vinagre, pois será o suficiente.
Não se esqueça de anotar a data de produção, bem como o prazo de validade de sua conserva. Seguindo as orientações de forma correta, você poderá manter suas conservas de pimentas em vinagre por até 12 meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário