11 marcas de refrigerantes mineiros. Aqui refrigerante fala Uai tambem!

Mate Couro
Fundada em 1947, produz um refrigerante que mistura as ervas mate e chapéu-de-couro com a semente de guaraná. A indústria Mate Couro S/A está situada em Belo Horizonte, no estado brasileiro de Minas Gerais.
A empresa produz diversos sabores de refrigerantes, entre eles Mate Couro Guaraná, Mate Couro Limão, Mate Couro Laranja e Mate Couro Uva, além do Mate Couro Limão de baixa caloria.
Em parceria com a Royal Crown, a Mate Couro vem produzindo o mundialmente consumido refrigerante RC Cola desde Abril de 2008, porém somente produzindo para o mercado belo-horizontino


Abacatinho
Original de Ubá, Minas Gerais, o Abacatinho é, possivelmente, o único refrigerante no mundo com gosto de folha de abacate. A fórmula do refrigerante foi criada em 1975 por uma família mineira e até hoje mantém em segredo as informações sobre seus ingredientes e sobre os próprios fabricantes. Não sabemos o que pensar sobre a ideia de colocar sabor de abacate na bebida gaseificada.

Del Rey 

É uma marca de refrigerantes e bebidas brasileira, fundada na década de, e cuja fábrica se localiza em Ribeirão das Neves.Sua participação no mercado de refrigerantes de Belo Horizonte chegou a 40% em 2003.

Guarapan

Guarapan é um refrigerante não-alcoólico misto de maçã fabricado pela empresa Spal Indústria Brasileira de Bebidas antiga REMIL (Refrigerantes Minas Gerais Ltda). TÉ de Belo Horizonte
A base de sua fórmula reside na maçã, embora seu sabor dificilmente lembra o sabor dessa fruta, sendo reconhecido como único. O Guarapan é distribuído em uma pequena área ao redor de Belo Horizonte, porém não é encontrado à venda em outros estados. Até meados da década de 1990 somente era envasado em recipientes de 290ml ou de 600ml de vidro, porém pode hoje ser encontrado também em KS (290ml) e PET (2l).


GUARANÁ MINEIRO
A empresa Refrigerantes do Triângulo foi fundada nos anos 60, quando a família Massaro trouxe de Ribeirão Preto, a tradição na fabricação de bebidas, produzindo inicialmente a marca Pepsi Cola. Consolidada em Uberlândia, a empresa começou a produção do Guaraná Mineiro, marca que conquistou o mercado e até hoje é preferência entre os consumidores.
A ilha de refrigerantes foi diversificada nos anos 90 com a fabricação de novos sabores da marca Mineiro, limão e laranja e também com a produção da Zap Cola. Além dos lançamentos de sabores, novas embalagens de vidro, Pet e latas foram apresentadas ao mercado juntamento com a linha light.

Mantiqueira
A Refrigerantes Mantiqueira foi lançada em 1974, na cidade de Itamonte, localizada no coração da Serra da Mantiqueira, sul de Minas Gerais. Com sabores únicos, graças a uma fórmula guardada a sete chaves, os Refrigerantes Mantiqueira contam com um ingrediente mais do que especial: a água que brota da “Serra que chora”.
No início, a empresa fabricava guaraná de modo artesanal e contava com apenas cinco colaboradores, que trabalhavam num prédio de 220 m². Sua primeira encomenda foi para uma festa de casamento na cidade sede.
Hoje, com funcionamento há mais de quatro décadas, a Refrigerantes Mantiqueira conta com mais de 190 colaboradores diretos e indiretos e vem aperfeiçoando cada vez mais a sua produção, com equipamentos totalmente automatizados.
Atenta às inovações do mercado e às questões ambientais, a empresa inova no design e no material, com garrafas retornáveis ou recicláveis em diversos tamanhos.
O mercado da Refrigerantes Mantiqueira é bem amplo, atende o Sul de Minas, Sul Fluminense, cidades do Vale do Paraíba e do Vale Histórico Paulista. E já está preparada para levar muito sabor e alegria pra todo o povo brasileiro.


Pon chic
O refrigerante Pon Chic é de Divinópolis e o nome inicial era Guaraná Divinópolis passa a ser chamado de PON CHIC a partir da década de 1960. O nome fazia referência à uma bebida tradicional naqueles anos, o PONCHE e mesclado com um substantivo muito usado na época, “chique”, surgiu o nome PON CHIC. Além do Guaraná, o PON CHIC tem nos sabores: Laranja, Abacaxi, Uva e outros. É comercializado nas cidades de Divinópolis, Nova Serrana, São Gonçalo do Pará, Perdigão, Carmo do Cajuru, Pitangui e Pompéu.

Mate Cola, a baixinha boa de briga 
Fundado em 1947 em Teófilo Otoni, Vale do Mucuri, o Mate Cola é uma dos principais e mais sólidos refrigerantes da região e de Minas Gerais. Tem tradição, tem sabor que cativa a todos, por isso está no mercado há tantas décadas e seu mercado está se expandindo para o Estado e eixo Rio/São Paulo. O refrigerante tradicional é feito com erva mate e folhas de chapéu de couro. Tem também com extrato de Guaraná.

Jota Efe
Em 1949, o Sr. José Faria Neto adquire uma pequena fábrica de produção artesanal em fase de fechamento na cidade de Ouro Fino – MG. Com o crescimento, a empresa se muda para o centro da cidade e moderniza seus equipamentos para aumentar a produção, mas anos depois houve a necessidade de um espaço maior que possibilitasse o crescimento. A Empresa, iniciou então, a construção de um novo prédio numa área de 4000 M², onde permanece até os dias de hoje.
A Empresa fabrica refrigerantes nos sabores, Cola, Guaraná, Laranja, Uva, Groselha, Citrus e Abacaxi.
Em garrafas de vidro com capacidade de 185 Ml são fabricados os refrigerantes Jota Efe sabores, Guaraná, Laranja, Limão, Uva e Abacaxi.

Guaranita - Cibal

A COMÉRCIO INDÚSTRIA DE BEBIDAS ÁUREA LTDA – CIBAL, é a fabricante do famoso e tradicional refrigerante de guaraná GUARANITA, comercializado desde 1946, primeiramente pela Destilaria Ita Ltda e suas sucessoras, Sociedade Guaranita Ltda e Comércio Indústria de Bebidas Araújo Ltda, então localizada na cidade vizinha de Itanhandu- MG. Em 16 de julho de 1962 foi adquirida por MAURO SAULLO, imigrante italiano, que passou a utilizar a razão social, COMÉRCIO INDÚSTRIA DE BEBIDAS ÁUREA LTDA – CIBAL e procedeu a transferência da sua unidade fabril para PASSA QUATRO-MG, cidade privilegiada por suas fontes de água mineral e que faz parte do caminho da ESTRADA REAL. A CIBAL atualmente é dirigida e administrada por seus herdeiros. 

11 - Príncipe Negro
O Guaraná Príncipe Negro é originário de Barbacena, no Campo das Vertentes e é bastante apreciado pelos barbacenenses e todos da região. Sua produção foi desativada, voltando a ser produzido a partir de 2013, na vizinha cidade de Antônio Carlos.Quem experimentou garante que é um dos melhores do Brasil.

35 comentários:

  1. Faltou o JF, de Ouro Fino, sul de Minas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já está aí, o penúltimo da lista. Pra mim é o melhor de todos!!!

      Excluir
  2. Vocês esqueceram da matecola de Teófilo otoni

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi esquecido não. Veja com atenção todos os 10 refrigerantes.

      Excluir
  3. Vocês esqueceram da matecola de Teófilo otoni

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faltou ler direito.
      Mate Cola, a baixinha boa de briga
      Fundado em 1947 em Teófilo Otoni, Vale do Mucuri, o Mate Cola é uma dos principais e mais sólidos refrigerantes da região e de Minas Gerais. Tem tradição, tem sabor que cativa a todos, por isso está no mercado há tantas décadas e seu mercado está se expandindo para o Estado e eixo Rio/São Paulo. O refrigerante tradicional é feito com erva mate e folhas de chapéu de couro. Tem também com extrato de Guaraná.

      Excluir
  4. Faltou o Artemis de Patos de Minas

    ResponderExcluir
  5. gosto mais desses que muitos de nome como coca cola

    ResponderExcluir
  6. Faltou Taça de Cristal de Campo Belo

    ResponderExcluir
  7. Faltou o cibel poços de caldas guarana melhor que antártica.

    ResponderExcluir
  8. Faltou o cibel poços de caldas guarana melhor que antártica.

    ResponderExcluir
  9. Faltou o Guaraná Frutty (speedlife) patrocinador oficial do Roça in Roll VARGINHA.

    ResponderExcluir
  10. Mate Cola a baixinha boa de briga de Teófilo Otoni é perfeita....

    ResponderExcluir
  11. Faltou o Frutty de abacaxi, maior delícia. http://www.frutty.com.br/history.html

    ResponderExcluir
  12. Faltou Frutty, de São Gonçalo do Sapucaí!!!

    ResponderExcluir
  13. pessoal nao conheço todos,mas guarapan antigamente era de sabor inconfunivel era muito bom hoje nao tem pra ninguem.mate-cola da minha terra e mate-couro de onde moro eponto final kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. Guaraná mineiro amooooooooooooooo,que pena que aqui em São Paulo não tem. Só conseguimos quando os parentes trazem. Que pena!!!

    ResponderExcluir
  15. Já tomei o Iate e o Frutty que não constam da sua lista. Já tomei de outras marcas que não me lembro, mas que não foram citadas nem nos comentários...

    ResponderExcluir
  16. Faltou o Golé de Uberaba que tem uma gama enorme de produtos.

    ResponderExcluir
  17. Faltou Guaraná Santana e Guaraná Apolo de ARAGUARI

    ResponderExcluir