Conheça São João do Paraíso: cidade do Norte de Minas considerada a capital do Doce de Marmelo no Brasil

Cidade pequena, limpa e organizada, é considerada a terra do doce de marmelo e capital nacional do óleo de eucalipto, matéria prima utilizada na produção de diversos produtos industrializados. A sua economia destaca-se pela atividade agropecuária, o município possui uma forte produção de carvão vegetal obtida a partir de florestas plantadas de eucalipto, produção essa que destina-se as usinas siderúrgicas localizadas na região de Sete Lagoas e Belo Horizonte, além disso, possui um comércio pujante e dinâmico.

São João como é chamada por seus moradores é reconhecida por ser uma cidade hospitaleira, terra de gente boa, de pessoas simples, que com o seu jeito mineiro de ser, acolhe de braços abertos todos os seus visitantes e pessoas que a escolhem para morar.

O município preserva e valoriza suas tradições culturais, como o seu rico artesanato, folia de reis e sua culinária típica. Em junho, ocorre a tradicional festa junina onde acontece shows com bandas, levantamento de bandeira em homenagens a santos e apresentações de danças tradicionais. A festa de aniversário da cidade é comemorada no dia 1º de janeiro e é sempre bastante aguardada por moradores e visitantes.

A pequena cidade recebe visitantes de todo o país, e é sempre elogiada pela sua hospitalidade. Já se tornou tradição para algumas pessoas sair das suas cidades para passar o Réveillon ou outra data comemorativa na cidade hospitaleira do norte de Minas.

São João do Paraíso já é considerada a cidade hospitaleira do Norte de Minas.

A cidade de São João do Paraíso é ligado por rodovia asfaltada ao município de Taiobeira (70 km), Ninheira (30 Km), Vargem Grande do Rio Pardo (30 km) e por rodovia em leito natural ao município de Cordeiros localizada no estado da Bahia (45km).

Uma das principais e tradicionais atividades do município é a produção do famoso Doce de Marmelo, o que faz de São João do Paraíso ser a capital do doce de Marmelo no Brasil. Acompanhe os passos da produção artesanal do Doce de Marmelo, fotografado por Manoel Freitas  


Nenhum comentário:

Postar um comentário