Casquinha de limão cristalizado. Aprenda a fazer essa receita divina!

Se quiser fazer o doce assim fica ótimo também. Ao invés de cortar as cascas em tiras, corte o limão ao meio, retire o milho e siga a receita abaixo. Recheie com doce de leite. Fica ótimo.
Limão. Difícil encontrar uma casa sem ele. É um fruto de mil e uma utilidades: com leite condensado, fica espesso e vira cobertura ou recheio de bolos e tortas; com água e açúcar, vira suco (ou chá); com alho, cebola e outros temperos, vira marinada para carnes; com ovos, farinha, manteiga e açúcar, vira bolo; tempera saladas, petiscos fritos, faz doces, glacês, suspiros, cremes, molhos de massas, aves, peixes… E misturado ao mel, então! Impossível enumerar seus empregos na cozinha, e isso sem mencionar seus usos fora dela. Pode ser galego, tahiti, cravo, siciliano… Tem pra todo gosto.
Agora, depois de espremer o suco, o que você faz com a casca? E com aquela parte branca, entre a polpa e a casca? Joga fora? Na-na-ni-na-não! Você pode fazer muita coisa com essas partes também! Então, chega de papo. Vamos começar pela casca.

Ingredientes da “Casquinha de Limão cristalizada”:
A medida você escolhe de acordo com a quantidade de ingrediente que tiver.
1 medida de cascas de limão em tirinhas
1 medida de água
1 ½ medida de açúcar
papel manteiga e açúcar para finalizar

Antes de usar o suco do limão para outra receita, retire a casca com uma faca bem amolada. Comece cortando a parte de baixo e de cima do limão, para ele ficar firme sobre a tábua de corte. Então corte as fatias da casca, depois corte cada fatia em tiras e vá colocando em uma tigela com água. Na foto do meio, as tiras são fininhas, mas dá para fazer de qualquer espessura. Fica bom do mesmo jeito.
A parte branca do limão, que fica entre a casca e a polpa, pode ser retirada ou não. Aqui, fizemos sem ela, que costuma ser mais grossa no limão siciliano e mais fina nos outros. Para retirá-la, use a ponta da faca.

Depois de prontas as tirinhas, é preciso retirar o amargor delas. Para isso, há duas opções:
- deixá-las de molho durante 1 ou 2 dias, trocando a água várias vezes (assim, o amargor sai e as tirinhas continuam crocantes);
- colocá-las em uma panela com água fria e levar ao fogo só até levantar fervura, escorrer e repetir esse processo mais 3 vezes. Cuidado para não ferver as tirinhas, pois assim elas ficam moles, e o objetivo é retirar o amargor, sem cozinhá-las. Esse processo é para quem está com pressa de comer…
Depois, leve-as ao fogo com a água e o açúcar, e vá mexendo devagar até que a água evapore e a calda fique mais espessa, envolvendo as tirinhas. Escorra o excesso de calda (dica: guarde a calda) e coloque as tirinhas sobre uma folha de papel manteiga (uma pia untada com manteiga também resolve). Use um garfo para separá-las e deixe esfriar. Antes de secarem por completo, passe-as em mais açúcar, e pronto! Guarde tudo em um pote limpo e com tampa, em local seco.
Lembra a calda que sobrou na panela? Olhe só o que você pode fazer: coloque mais água e leve ao fogo para ela ficar bem rala. Aí, coloque gelo para ela esfriar, e use essa caldinha para fazer limonada.

As casquinhas cristalizadas você pode colocar sobre bolos e tortas para decorar, passar cada uma em chocolate derretido e deixar secar, ou até fazer tiras mais largas e usá-las como colher para comer doce de leite! Aiaiai…
Fonte:http://inconfidenciaribeirao.com/2010/01/casquinha-de-limao-cristalizada/


Nenhum comentário:

Postar um comentário