Sentença de Patrimônio da Matriz de Nossa Senhora do Bom Despacho


    
Dr. Laércio Rodrigues no livro "História de Bom Despacho", pag 50, transcreve a seguinte anotação feita pelo Cônego Raimundo Trindade em sua obra “As Instituições de Igrejas no Bispado de Mariana" ( pag 58 da 2ª edição, Imprensa Oficial, BH, 1953), cujos originais manuscritos se encontram no Arquivo da Cúria de Mariana:

"BOM DESPACHO - Capela do Bom Despacho na Paragem do Picão, junto ao Rio São Francisco, filial de Pitangui, erguida a pedido de Luís Ribeiro da Silva, por provisão episcopal de 16 de novembro de 1771. Note-se entretanto, que há uma sentença de patrimônio a favor desta capela com data de 26 de junho de 1767."

Eu tenho a 1ª edição da referida obra, "Instituições de Igrejas do Bispado de Mariana" do Cônego Raimundo Trindade, publicada pelo IPHAN, RJ, em 1945 , onde também consta o decreto do Imperador D. Pedro II elevando o curato de Nossa Senhora de Bom Despacho à Paróquia pag 344).

                        

                      Francisca Ferreira da Fonseca

Nenhum comentário:

Postar um comentário