Qual o Segredo da cozinha mineira?



O segredo da culinária mineira e passada de geração à geração. Tudo registrado, no bom e velho caderno de receita, onde sabores e temperos são considerados com um “tesouro” a ser guardado. A cozinha mineira traz na sua raiz, traços da cozinha portuguesa, indígena e a africana.


A tradição de se cozinhar em panela de pedra em um fogão a lenha, até os dias atuais se faz presente em toda Minas Gerais. Quem já experimentou, um belo prato de arroz branco, feijão preto, uma couve bem fininha, com uma generosa porção de torresmo bem sequinho, um belo ovo frito com angu? Ou uma bela feijoada completa, e o que você me diz de um frango com quiabo, angu e oro-pro-nóbis?



Não podemos esquecer do bom e velho queijo minas, aquele produzido artesanalmente, lá do Serro, o nosso ouro líquido que já ganhou o reconhecimento internacional, a pura e tradicional “cachaça”. Os nossos doces, que nos faz lembrar da casa de nossa avó, o doce de abóbora, o doce de batata-doce, a goiaba com queijo, o tradicional doce de leite e muitos outros.



A cozinha mineira tem um toque especial ,a sua simplicidade, a sua variedade de sabores, você não encontra em nenhum lugar do mundo. Há como e bom se levantar na roça, e saborear uma broa de fubá com queijo e um bom copo de café com leite, um fubá suado, biscoito quebra-quebra, e o bom pão de queijo.


Em cada lar de cada uma das cidades mineiras, a cozinha e o cômodo mais importante, e a alma da casa, onde tudo e feito com muito carinho, onde todos os sentidos são estimulados, e todas as sensações, o bem estar, a alegria e o amor são compartilhados por todos, festas, encontros familiares, uma boa moda de viola aquecida pelo calor do fogão a lenha, ou até mesmo por uma fogueira no terreiro. Minas são muitas, e por isso mantemos a nossa tradição e preservamos a nossa história, que como o “caderno de receitas”, deve ser passado para as gerações futuras.
Texto de autoria de Marino do Espírito Santo Júnior
Fotografias de Carlos Oliveira (Projeto Igarapé Bem Temperado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário