O café de Minas Gerais


Terreiro de café em Alto Jequitibá MG. Fotografia de Geremias Corrêa
O plantio do café entrou em Minas Gerais por volta de 1707, inicialmente pela Zona da Mata, através do chamado Caminho novo (criado para o transporte do ouro). Os tropeiros ao voltarem das viagens de transporte do ouro traziam sementes do café.
Cafezais de Aimorés, Vale do Rio Doce. Foto de Ivan Ruela
A Zona da Mata se manteve como a região mais rica do estado até o início do século XX por causa do café. Até que São Paulo ganhou força na produção do fruto, contando inclusive com grandes cafeicultores mineiros que adquiriram propriedades férteis, principalmente no Oeste paulista.
Café já ensacado.O café foi o primeiro passo para a industrialização do estado. Desta forma, as empresas que injetavam capital privado na região deram impulso para a criação de pequenas e microempresas nos setores alimentícios, têxteis e siderúrgicos.

Fonte: InfoEscola.com e cccmg.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário