Maravilhas do mel


As diversas propriedades medicinais comprovadas cientificamente

Reza a lenda que, em tempos antigos, quando um homem se apaixonava por uma mulher, raptava a eleita numa noite de lua cheia. Durante um mês, bebiam uma mistura afrodisíaca, adocicada com muito mel. Resultado: paixão eterna.

Que o mel é um atentado à resistência do pecado da gula, já se sabe. Mas que já foi um poderoso «medicamento natural» para despertar avassaladoras paixões, isso, pelo menos nós, não sabíamos.

Mais um trunfo na manga para, quando depois de aplicadas todas as tácticas de sedução, o eleito ainda se mostra resistente. Colheradas fartas de uma só vez para dentro da boca. Lábios melosos, seguindo-se os «sintomas» pretendidos. Esperamos que ainda resulte.

A par da lenda, o cientificamente comprovado. É um dos alimentos mais ricos, a nível nutricional, do mundo. O útil e agradável, unidos no mesmo frasco. Saudável e bom. Deixe-se render!

Preciosas abelhas




O mel é um produto natural, utilizado desde tempos imemoriais pelas suas propriedades curativas, digestivas e energéticas. Muito se deve ao facto de ser «elaborado» a partir do néctar de inúmeras flores, combinando propriedades benéficas encontradas nas mais diferentes espécies vegetais.

De acordo com a sua origem floral e regional, este alimento pode variar de tonalidade, densidade e sabor. Em relação à cor, quanto mais escuro for o mel, mais sais minerais contém na sua composição.

Fonte de saúde




Quando ingerido, é imediatamente assimilado pelo organismo. A glicose e a frutose passam diretamente para o sangue, sem que o corpo humano precise de exercer qualquer transformação.

Além destes compostos, contém ainda substâncias importantes e indispensáveis ao organismo como cálcio e fósforo (necessários para a formação e manutenção de dentes saudáveis), sódio, potássio, magnésio e ferro. Seja qual for o seu tipo, o mel deve ser mantido num frasco de vidro bem fechado, num local seco e fresco.

Poderosa colher




São surpreendentes os valores vitamínicos do mel. Leia com atenção. Um quilo deste alimento é equivalente a 50 ovos, 25 bananas, seis litros de leite, três quilos de peixe, cinco quilos de maçãs, 40 laranjas, 900 gramas de cenoura ou cinco quilos de ervilhas. Convencido?

Medicamento natural




É especialmente recomendado nos casos de anemia, asma, broncopneumonia, bronquite, gripe, rouquidão, tosse e até deficiências cardíacas. O poder bactericida do mel, também está aliado às suas virtudes laxativas, melhorando significativamente o trânsito intestinal.

Ao mesmo tempo, é tido como um excelente tonificante dos músculos, tecidos, nervos e órgãos em geral. Todos os que o ingerem com frequência, podem beneficiar de uma resistência acrescida a doenças infecciosas.


Texto: Filomena Nascimento (Fotos divulgação - Google)

Nenhum comentário:

Postar um comentário