Biscoito de Torresmo. Veja que deliciosa receita!


Nos anos 1970, em plena ditadura, tempos de importação dos costumes norte-americanos (que estão fazendo o mundo ficar mais pesado) e da época de assimilação do fast-food; do advento de carrocinhas de cachorro-quente pelas esquinas de BH, o então governador de Minas, Aureliano Chaves, preocupado com a perda da identidade culinária mineira encomendou uma pesquisa deresgate do que temos de mais genuíno:os fazeres das fazendas do interior, a sabedoria e a arte do cozinhar no dia a dia.

Essa pesquisa ficou a cargo e responsabilidade de D. Maria Stella Libanio Christo, que registrou tudo em vários livros sobre o tema. O mais famoso, Fogão de Lenha, 300 anos de cozinha mineira foi publicado pela Vozes Editora.

D. Stella ainda guarda muitos cadernos manuscritos recolhidos de suas andanças por toda Minas Gerais datados dos século XIX ou até de antes.

E é desse livro que eu compartilho essa receita de Biscoito de Torresmo. Torresmo é feito com toucinho de porco. E se faz assim: corte o toucinho em cubos ou tiras com dois dedos de grossura. Tempere com sal e misture bem. Deixe repousar um pouco para o sal agir. Coloque os toucinhos numa panela e leve ao fogo para fritar. Não precisa colocar óleo. Mexa para que não agarre na panela e deixe até começar a amarelar. Tire do fogo e deixe esfriar. Para consumir, é melhor fazê-lo a partir do dia seguinte, quando então você deve fritá-los outra vez. Se quiser, pode congelar, ou guardá-los na banha.

Na casa da minha avó tinha sempre uma panela de pedra sabão cheia de torresmo e carnes de porco, já fritos uma vez, esperando para ser consumidos.

Biscoito de Torresmo

1/2 kg de polvilho
1 colher (café) de bicarbonato
1 colher (café) de cremor tártaro
2 ovos
açúcar a gosto
canela
1 pires cheio de torresmos

Comece passando os torresmos numa máquina de moer. Depois, numa vasilha, misture-os ao polvilho, mexendo bem. Junte os ovos e amasse bem. Acrescente os demais ingredientes. Leve para assar em forno já aquecido. Bom apetite.


Fonte:http://quitandasdeminas.blogspot.com/2010/04/biscoito-de-torresmo.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário