Aprenda a fazer Carne de Lata


carne de lata é um tipo de carne produzida através de um processo de conservação de alimentos similar ao confit, ou seja carne cozida na própria gordura. Comumente produzida no interior brasileiro, sua origem é Mineira e foi expandida para outros estados, pelos tropeiros e viajantes, que faziam longas viagens e levavam várias latas cheias de carne. Por onde passavam, ensinavam o procedimento de armazenamento da carne de porco, popularizando a iguaria em várias outros estados brasileiros.
Neste processo a carne é cozida ou frita lentamente em sua própria gordura e em seguida armazenada em uma lata, vem daí a origem do seu nome, onde é coberta pela própria gordura quente, retirando assim grande parte da água e humidade do preparo, podendo conservar o alimento por até cerca de um ano se armazenado em temperatura ambiente e longe de umidade excessiva. Este processo foi muito utilizado no interior brasileiro até meados do século XX antes da popularização dos refrigeradores no Brasil

Carne de Lata com Pimenta e Noz Moscada




Ingredientes:1kg de pernil de traseiro de porco
1kg de Banha
pimenta malagueta a gosto
alho e sal a gosto
noz moscada a gosto

Modo de fazer:
Tempere a carne com alho, sal, pimenta e noz moscada, misture bem os ingredientes com a carne para o tempero entrar bem. Agora deixe reservado por, pelo menos, uma hora. 

Em uma panela coloque um pouco de banha e a carne deixando cozinhar e fritar por cerca de uma hora em fogo baixo (a carne deve perder toda a água para poder conservar). 

A carne já está pronta. Para guardar a conserva coloque-a em um recipiente e complete com a banha. Para montar o prato coloque o purê e cubra-o com o ragu.



Receita de Carne de Lata com Mel e Pimenta




Ingredientes:
 5 kg de pernil cortado em pedaços médios
 6 kg de banha de porco
 Tempero caseiro (alho e sal) a gosto
 3 pimentas-dedo-de-moça sem as sementes e picadinhas
 2 colheres e meia (sopa) de mel

Material
 Lata para armazenar a carne

Como fazer carne de lata com mel e pimenta
Para preparar a carne de lata, temperar o pernil e levá-lo ao fogo, em uma panela com a banha, de modo que a carne fique coberta. Deixar fritar, até que carne comece e a escurecer e fique cozida por dentro. Retirar a panela do fogo e, logo que esfriar, despejar a carne na lata e cobrir com a banha em que foi preparada. Para servir, retirar quatro pedaços da carne e esquentá-los na própria gordura da lata (que deverá ser devolvida ao recipiente logo que esfriar). Pôr em um prato e despejar duas colheres de mel por cima. Misturar as pimentas com o restante do mel e servir com a carne. Para conservar o restante da carne que ficou na lata, é importante que todos os pedaços estejam submersos na gordura e que nenhuma quantidade de água seja colocada. Além disso, a lata só deve ser fechada depois que o conteúdo esfriar.

Receitas de José Luis de Oliveira, de Divinópolis

3 comentários:

  1. Ótima receita, como todas que são expostas aqui. Só me permita um pequeno reparo: a origem da carne na lata, como da maioria da denominada culinária mineira, não é de Minas Gerais. Foram, sim, tropeiros, bandeirantes e exploradores do território onde hoje é MG que levaram pra lá esse prato, assim como o tutu, o feijão tropeiro, a canjiquinha, o farnel... Minas surgiu 150 anos depois do povoamento de SP, RJ, RS, Bahia, litoral e zona da mata nordestina e incorporou a culinária dessas regiões - da denominada cozinha caipira e da de Portugal, principalmente. A Carne na Lata veio da Europa latina, assim como o torresmo, a couve refogada e inúmeros doces. O mérito mineiro foi o de preservar até os dias de hoje muitos dos pratos citados, e de ter, aí sim, criado o Pão de Queijo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia.
    Somos estudantes de gastronomia da UNIVAP - do Vale do Paraíba e iniciamos um projeto científico sobre a carne de lata, sua origem, chegada no Brasil, sobre o método de conservação em si, a parte histórica, o resgate das receitas feitas nas cozinhas regionais e a chegada dos mineiros no Vale do Paraíba.
    Poderíamos contar com o apoio de vocês? Toda contribuição será riquíssima ao nosso trabalho.
    Desde já agradecemos.
    Atenciosamente.
    Contato: gastronomia2016univap@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Bom dia.
    Somos estudantes de gastronomia da UNIVAP - do Vale do Paraíba e iniciamos um projeto científico sobre a carne de lata, sua origem, chegada no Brasil, sobre o método de conservação em si, a parte histórica, o resgate das receitas feitas nas cozinhas regionais e a chegada dos mineiros no Vale do Paraíba.
    Poderíamos contar com o apoio de vocês? Toda contribuição será riquíssima ao nosso trabalho.
    Desde já agradecemos.
    Atenciosamente.
    Contato: gastronomia2016univap@hotmail.com

    ResponderExcluir