Conheça a Serra do Cipó e suas belezas

 Cachoeira Grande. Fotografia de Luiz Gustavo Amaral 

A apenas cem quilômetros de Belo Horizonte fica um dos recantos mais bonitos de Minas. Além das cachoeiras, grutas e trilhas, a região da Serra do Cipó abriga ainda diversas pousadinhas charmosas - perfeitas para abrigar os adeptos dos esportes de aventura como rapel, ciclismo, alpinismo, trekking e rafting.
Cânion das Bandeirinhas. Fotografia de Antônio Diettrich

Parte da área está protegida dento do Parque Nacional da Serra do Cipó. A porta de entrada para a reserva é a cidadezinha de Santana do Riacho e seu distrito, chamado Serra do Cipó, que também guardam belos cenários. 

Lapinha da Serra. Fotografia de Thales Vinícius 

Entre eles, a cachoeira Grande e o rio Cipó, procurado para passeios de caiaque com direito a apreciar bandos de capivaras, diversas espécies de pássaros e flora coloridíssima, repleta de sempre-vivas, orquídeas, bromélias, canelas-de-ema... 
Cachoeira do Lajeado. Fotografia de Victor Dimitrov

As mesmas atrações são observadas no parque, com o plus de outras 1.600 espécies de flores; animais ameaçados de extinção como o lobo-guará, o tamanduá-bandeira e a onça-parda; e nascentes de rios que formam cascatas, corredeiras e muitos poços para banhos. Por lá, a circulação é feita a pé, de bike ou a cavalo (dependendo da trilha), seja para contemplar as belezas ou praticar atividades radicais. 
Pico da Lapinha da Serra. Fotografia de Teuler Reis

Na cachoeira das Congonhas, com 20 metros de altura, o rapel é a pedida. Para chegar, são cinco quilômetros de caminhada na serra e o passeio todo leva cerca de sete horas. Aproveite para conhecer o cânion das Bandeirinhas, que fica na mesma região e oferece poços para banho cercados por pedras.


Cachoeira Serra Morena. Fotografia do Barbosa

2 comentários: