Conheça a poderosa planta que é amiga do coração

Com origem na Europa Central, a agripalma é hoje conhecida em todo o mundo. Por essa razão, é comumente classificada por outros nomes, como cardíaca, orelha-de-leão, rabo de leão ou erva macaré. Seu maior benefício é auxiliar na saúde do coração, porém, também é altamente indicada para melhorar o sono e acabar com problemas ligados à ansiedade e ao ciclo menstrual.

Benefícios e propriedades da planta

É graças às suas propriedades tônica cardíaca, relaxante e carminativa, bem como estimulante uterina, hipotensiva, antiespasmódica e diaforética, que são possíveis seus benefícios para a saúde. Comumente utilizada para tratar problemas cardíacos, ansiedade e pressão alta, a agripalma é uma aliada da saúde do coração. Além disso, ameniza as palpitações, angina no peito e taquicardias.
Para cólicas menstruais é considerada um “santo” remédio, porém, deve ser ministrado antes do fluxo chegar. Esta planta elimina a insônia, o nervosismo, disfunção da tireoide e sintomas do climatério. É também utilizada para trazer a menstruação atrasada, entretanto, deve-se parar o tratamento assim que o fluxo surgir.

Formas de consumo da agripalma

Esta planta pode ser usada de duas maneiras: como chá e na forma de tintura. As matérias-primas para ambas situações podem ser encontradas em lojas de produtos naturais físicas ou online. Além de serem vendidas em feiras livres e em algumas farmácias de manipulação.
O chá da planta é feito a partir de duas colheres de chá das folhas secas de agripalma e uma xícara de água fervente. Coloque os ingredientes em um recipiente, tampe e espere a infusão descansar entre cinco e 10 minutos. Depois é só coar e beber. A dica é tomar uma xícara pela manhã e outra antes de dormir.
Já para quem deseja usufruir da tintura, basta colocar de seis a 10 ml do produto em uma xícara com água. Em seguida, mexa bem o líquido para que a tintura possa diluir por completo. Beba duas vezes ao dia, nos momentos em que você preferir. Esta receita, assim como a do chá, agem como tônicos cardíacos. Isso sem contar que ambas podem servir de assento em banhos para tratar corrimentos vaginais e outras infecções.

Precauções e cuidados essenciais

Mesmo com todos os benefícios já mencionados, a agripalma precisa ser administrada com bastante atenção. Desta forma, jamais se recomenda o uso dos produtos feitos com esta planta por grávidas, principalmente no primeiro trimestre da gestação.
Outra contraindicação diz respeito às mulheres que estão no período menstrual. Apesar dessa erva ser eficaz na prevenção de cólicas, o consumo deve ser feito antes da menstruação, tendo em vista que o chá ou a tintura podem atrapalhar o fluxo. Pessoas que tomam remédios sedativos precisam de uma opinião médica antes de utilizar os produtos feitos à base de agripalma.
Um cuidado importante que se deve ter com a saúde é procurar um médico sempre que organismo não responder como deveria. Problemas no coração são assuntos sérios e que merecem toda a atenção possível. Sendo assim, ao sentir algum desconforto procure um especialista e tire suas dúvidas. Além de ser importante questioná-lo sobre o uso da agripalma como forma de tratamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário