Conheça a Arte do Benzimento

“Não é porque uma crença é verdadeira que uma comunidade inteira acredita nela; é porque a comunidade acredita coletivamente nela é que ela é verdadeira.”

Carlos Brandão

O benzimento, a tradicional arte de rezar, que já há muitas décadas serve como acalanto para as dores e mazelas da vida. Tira olho-gordo, afasta mau-olhado, protege e fecha o corpo, adianta a vida e engorda o gado. A arte de benzer está presente sempre na vida do brasileiro, não é difícil conhecer alguém que já foi benzido ou que conhece alguém que já recebeu um benzimento. A todos os bentos e bentas desse país, esse artigo é sobre a linda arte de benzer.

Eu tenho contato com o benzimento desde pequeno, desde pra tirar “quebranto” até pra por a “espinha” no lugar. E o que posso dizer? Sempre me fascinou. Uma pessoa simples, munida de um galho de erva ou as vezes um terço faz um bem danado com suas rezas e ladainhas. Gente simples, humilde, que não precisou (pode ou teve acesso) estudar para poder doar o seu dom, para poder doar o seu amor. Como diz o Pai Benedito dos Cruzeiros, a todos é permitido benzer, pois para benzer você precisa ter simplesmente amor.

Eu aprendi a benzer desde pequeno com minha tia, a princípio pra por a “espinha” no lugar. Coisa simples, uma reza nas costas, um sinal da cruz e a pessoa sentia o mal-estar ir embora. Com o tempo me interessei mais pelo assunto e lá no terreiro sempre questionei a respeito do passe e do benzimento. Tanto que o primeiro tipo de tratamento de imposição de mãos que tive contato foi o passe magnético, logo depois o Reiki e então o benzimento, mas de todos, o benzimento é o que me traz mais satisfação em saber. E aprendi em um curso a benzer, pra todos os males, pra todos os casos e compreender os mecanismos que estão por trás da arte de benzer. Tornei-me um bento ou rezador, com um curso que fiz sobre benzimento, e posso dizer, mudou a minha perspectiva sobre essa tradicional atividade. Bento é todo aquele que benze. Existem vários cursos de benzimento, além da tradicional forma de ensinar que é sendo pupilo de um benzedor mais antigo. O que ocorreu comigo também.

Mas, o que é o benzimento? E qualquer um pode benzer? Qual a diferença do Benzimento, do Passe magnético e do Reiki?

O benzimento é o ato de tornar bento ou sagrado. É o ato de cruzar, ou seja, fazer o sinal da cruz diante de alguém, algo ou local. No benzimento opera-se diretamente no duplo-etérico do objeto/sujeito a ser benzido.

Doa-se eflúvios benéficos e com isso expurga-se os fluidos deletérios. Difere do passe magnético pois seu campo de atuação é diferente. Apesar de também se utilizar do magnetismo, o passe magnético atua com as energias do aplicador, geralmente focando nos centros de força. Já o benzimento atua com o patrocínio de uma força, mentor, guia, Santo, Orixás, etc. Tem uma incidência ampla no duplo-etérico e depois é direcionada para os locais que necessitam dessas energias. Há também o passe espiritual, que, em minha opinião,é uma versão requintada ou sistematizada do benzimento. Vou tentar traduzir isso em outras palavras: No benzimento e no passe espírita, apesar da sistemática ser diferente e da forma de atuar ser um pouco diferente, ambos vão ter canalizadas as forças do bento/benta ou passista, mas essas forças são manipuladas por entidades extracorpóreas ou forças extracorpóreas. Já no passe magnético se utiliza apenas da força pessoal do passista ou magnetizador, o que em muitos casos pode-se constatar certa fadiga no mesmo. Então benzimento, passe espírita e outras formas de imposição de mãos como o Reiki, são canalizações de forças externas movidas sobre a vontade do impositor de mãos.

Então ainda resta a pergunta, todo mundo pode benzer? A resposta básica é: Sim, basta ter fé e amor. Já não disse Jesus, que as palavras do Salmo 82 era verdadeira: “Sóis Deuses”. A tradição do benzimento tomou uma forma meio hereditária ou em alguns casos era acolhido um discípulo que seria preparado e aprenderia todos os segredos do benzimento. Porém, o benzimento é uma ação de doação de amor e todo ser humano é dotado dessa capacidade. É necessário crer e doar-se, com fé no Criador e nas forças evocadas e acima de tudo, ter plena consciência de que o poder não reside em suas mãos, mas na força da fé e da determinação com que está clamando pelo auxílio.

Fonte do texto:http://perdido.co/2013/09/a-arte-do-benzimento/

Nenhum comentário:

Postar um comentário