Conheça a Arte do Benzimento e benzeduras contra mau-olhado, invejas, quebranto....

Dona Maria, famosa benzedeira em Serro MG. Fotografia de Tiago Geisler
“Não é porque uma crença é verdadeira que uma comunidade inteira acredita nela; é porque a comunidade acredita coletivamente nela é que ela é verdadeira.”

Carlos Brandão
O benzimento, a tradicional arte de rezar, que já há muitas décadas serve como acalanto para as dores e mazelas da vida. Tira olho-gordo, afasta mau-olhado, protege e fecha o corpo, adianta a vida e engorda o gado. A arte de benzer está presente sempre na vida do brasileiro, não é difícil conhecer alguém que já foi benzido ou que conhece alguém que já recebeu um benzimento. A todos os bentos e bentas desse país, esse artigo é sobre a linda arte de benzer.

Eu tenho contato com o benzimento desde pequeno, desde pra tirar “quebranto” até pra por a “espinha” no lugar. E o que posso dizer? Sempre me fascinou. Uma pessoa simples, munida de um galho de erva ou as vezes um terço faz um bem danado com suas rezas e ladainhas. Gente simples, humilde, que não precisou (pode ou teve acesso) estudar para poder doar o seu dom, para poder doar o seu amor. Como diz o Pai Benedito dos Cruzeiros, a todos é permitido benzer, pois para benzer você precisa ter simplesmente amor.

Eu aprendi a benzer desde pequeno com minha tia, a princípio pra por a “espinha” no lugar. Coisa simples, uma reza nas costas, um sinal da cruz e a pessoa sentia o mal-estar ir embora. Com o tempo me interessei mais pelo assunto e lá no terreiro sempre questionei a respeito do passe e do benzimento. Tanto que o primeiro tipo de tratamento de imposição de mãos que tive contato foi o passe magnético, logo depois o Reiki e então o benzimento, mas de todos, o benzimento é o que me traz mais satisfação em saber. E aprendi em um curso a benzer, pra todos os males, pra todos os casos e compreender os mecanismos que estão por trás da arte de benzer. Tornei-me um bento ou rezador, com um curso que fiz sobre benzimento, e posso dizer, mudou a minha perspectiva sobre essa tradicional atividade. Bento é todo aquele que benze. Existem vários cursos de benzimento, além da tradicional forma de ensinar que é sendo pupilo de um benzedor mais antigo. O que ocorreu comigo também.

Mas, o que é o benzimento? E qualquer um pode benzer? Qual a diferença do Benzimento, do Passe magnético e do Reiki?

O benzimento é o ato de tornar bento ou sagrado. É o ato de cruzar, ou seja, fazer o sinal da cruz diante de alguém, algo ou local. No benzimento opera-se diretamente no duplo-etérico do objeto/sujeito a ser benzido.

Doa-se eflúvios benéficos e com isso expurga-se os fluidos deletérios. Difere do passe magnético pois seu campo de atuação é diferente. Apesar de também se utilizar do magnetismo, o passe magnético atua com as energias do aplicador, geralmente focando nos centros de força. Já o benzimento atua com o patrocínio de uma força, mentor, guia, Santo, Orixás, etc. Tem uma incidência ampla no duplo-etérico e depois é direcionada para os locais que necessitam dessas energias. Há também o passe espiritual, que, em minha opinião,é uma versão requintada ou sistematizada do benzimento. Vou tentar traduzir isso em outras palavras: No benzimento e no passe espírita, apesar da sistemática ser diferente e da forma de atuar ser um pouco diferente, ambos vão ter canalizadas as forças do bento/benta ou passista, mas essas forças são manipuladas por entidades extracorpóreas ou forças extracorpóreas. Já no passe magnético se utiliza apenas da força pessoal do passista ou magnetizador, o que em muitos casos pode-se constatar certa fadiga no mesmo. Então benzimento, passe espírita e outras formas de imposição de mãos como o Reiki, são canalizações de forças externas movidas sobre a vontade do impositor de mãos.

Então ainda resta a pergunta, todo mundo pode benzer? A resposta básica é: Sim, basta ter fé e amor. Já não disse Jesus, que as palavras do Salmo 82 era verdadeira: “Sóis Deuses”. A tradição do benzimento tomou uma forma meio hereditária ou em alguns casos era acolhido um discípulo que seria preparado e aprenderia todos os segredos do benzimento. Porém, o benzimento é uma ação de doação de amor e todo ser humano é dotado dessa capacidade. É necessário crer e doar-se, com fé no Criador e nas forças evocadas e acima de tudo, ter plena consciência de que o poder não reside em suas mãos, mas na força da fé e da determinação com que está clamando pelo auxílio. 

(Fonte do texto:http://perdido.co/2013/09/a-arte-do-benzimento/)

BENZEDURAS
CONTRA O MAU-OLHADO, INVEJAS, QUEBRANTO

Por Valdemar Arcanjo - Sabará MG
Costuma dizer-se que não se pode ter uma camisa lavada sem que haja alguém a ter inveja. Não pense que é preciso ter um grande carro, uma grande casa ou roupas de marca para se ser o alvo da inveja alheia. Por vezes basta ser bonito/a ou simplesmente: ser feliz.

Como é que isso se reflete na vida da vítima?
A inveja, o chamado mau-olhado ou quebranto pode provocar os seus efeitos das mais variadas formas, mas que se resume a ter a vida enguiçada. Reflete nas grandes como nas pequenas coisas do quotidiano: é naquele vestido bem bonitinho e acabadinho de comprar que a transforma numa Deusa, mas no qual inadvertidamente caiu uma nódoa (daquelas que não saem, claro!); é no carro que não pega ou na luz que se funde, vai-se lá saber como... enfim, aquelas coisas que tornam o quotidiano numa série de coincidências desastrosas e esgotantes! As crianças, que são mais frágeis e vulneráveis, podem mesmo ficar tristonhas ou doentes sem razão aparente.

Seguem então umas benzeduras para cortar o quebranto:
1ª- benzedura contra quebranto

Deus te remiu
Deus te criou
Deus te livre
De quem para ti mal olhou.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
Virgem do Pranto,
Tirai este quebranto.
Dizer a oração 3 vezes.
Se quiser, a seguir pode fazer o ritual do azeite (é usual fazê-lo): ponha um pouquinho de azeite numa taça, molhe um dedo no mesmo e deixe cair cinco pingos num prato com água. Se o azeite se espalha: existe quebranto. Repita a benzedura, quantas vezes necessário, até que os pingos do azeite não se desfaçam.

2ª- Benzedura contra o mau-olhado
Assim se faz a oração:
Nossa Senhora defumou o seu amado filho para bem cheirar, eu também defumo (meu querido a pessoa em causa ) para que todos os males se curem e o bem entrar.
Deus encante quem te encantou, dentro deste corpo este mal entrou, assim como o sol nasce na terra e se põe no mar que todos estes males para lá vão passar.

3ª- Benzedura contra o mau-olhado
Com um rosário na mão, faz-se a seguinte oração:
Jesus que é o Santo nome de Jesus, onde está o santo nome de Jesus não entra mal nenhum.
Eu te benzo criatura do olhado se for na cabeça a Senhora da cabeça e se for na cara a Senhora de Santa Clara e se for nos braços o Senhor de S. Marcos e se for nas costas as Senhoras das Verônicas e se for no corpo o meu senhor Jesus Cristo que tem o poder todo.
Santa Ana pariu a Virgem, meu Senhor Jesus e assim com isto é verdade assim este olhado daqui tirado para as ondas do mar, seja lançado para onde não ouça galos nem galinhas cantar, em louvor de Deus e da Virgem Maria, padre nosso e avém Maria.
Depois, ainda com o rosário na mão, reza-se uma Salve Rainha. Diz-se nove vezes.
Põe-se numa tigelinha água e três ou cinco gotas de azeite e dois pauzinhos em cruz. Se o azeite espalhar é porque temos olhado.

BENZEDURA DA DOR DE CABEÇA
Benzemo-nos em cruz e dizemos:
Pelo sinal da Santa Cruz, livre-nos Deus Nosso Senhor dos nossos inimigos, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém. ( nome da pessoa), eu te benzo da dor de cabeça que tens ou dos maus olhos que para ti olharam, ou vento ou sol, ou o mau tempo que por ti passou.
Diz-se três ou cinco vezes.
Põe-se numa tigelinha água e três ou cinco gotas de azeite e dois pauzinhos em cruz. Se o azeite espalhar é porque temos olhado.

BENZEDURA DO NERVO TORCIDO:
Diz quem se benze:
Jesus que é o Santo nome de Jesus, onde está o Santo nome de Jesus não entra mal nenhum.
A pessoa que vai coser pega numa agulha e num novelo de linha e diz:
Eu coso. E quem está padecendo responde:
Carne quebrada nervo torto.
Cosa a Virgem melhor do que eu coso, a virgem cose pelo são e eu coso pelo vão. Em louvor de Deus e da Virgem Maria, Padre Nosso e Avém Maria
Depois de se fazer esta benzedura, molha-se os dedos no azeite e esfrega-se a parte dorida. Reza-se um Padre Nosso e uma Avém Maria, a Santo Amaro, advogado de pernas e braços e oferece-se ao Nosso Senhor Jesus Cristo.
Repete-se 9 vezes.

Benzedura da dor de Barriga
Esta oração tem de ser dita 9 vezes:
Jesus que é o Santo nome de Jesus, onde está o Santo nome de Jesus não entra mal nenhum.
Quando a Nossa Senhora pelo mundo andava, chegou a casa de um homem manso e de uma mulher brava, pedindo -lhes pousada.
O homem dava e a mulher não.
Onde Nossa Senhora se foi deitar, água por baixo e água por cima; com estas mesmas palavras, cura a dor de barriga, em louvor de Deus e da Virgem Maria, Padre Nosso e Avém Maria.

Benzedura das pessoas Desmanchadas
Para pessoas desmanchadas, eis que faz a seguinte oração:
Jesus que é o Santo nome de Jesus, onde está o Santo Nome de Jesus não entra mal nenhum.
A Virgem é filha de Santa Ana, Santa Ana é mãe da Virgem. Jesus Cristo é filho da Virgem e a Virgem é mãe de Jesus Cristo. Vestes e revestes sacerdotes no altar e assim como o sacerdote se veste e reveste no altar, ossos e linhas de ( nome) vá ao seu lugar, isto seja tão verdade como Jesus Cristo disse missa no altar.
Nossa Senhora, Virgem pura, tragas linhas ossos e tendões de ( nome), amém .
Reza-se depois uma salve rainha à Nossa Senhora da Saúde e 9 vezes se diz esta oração.

Benzedura para dor de cabeça e dor de ouvidos
A pessoa que benze, diz:
Pai, filho e Espírito Santo.
Depois benze na cabeça com um terço e diz:
Jesus que é o Santo nome de Jesus, onde está o Santo nome de Jesus não entra mal nenhum. ( nome da pessoa a benzer), eu te benzo do mal e de ar maldito, quem te trouxe, e de ar frio e de ar quente. ( Pega-se numa faca) Com esta faca te lançarei, pernadas do ar cortarei e daqui para fora te deitarei e com o poder de Deus e da Virgem Maria, um Pai nosso e uma Avém Maria.
Repete-se nove vezes a Benzedura e benze-se e oferece-se a Nossa Senhora que leve o mal que a pessoa tem para o outro lado do mar, onde não ouça galo nem galinha cantar e nem mãe por filho chamar e Nossa Senhora dê as melhoras. Amém.

Reza contra a tentação do demônio
Esta reza apenas deve ser rezada às terças-feiras e sextas-feiras.
Em louvor do Santíssimo Sacramento do Altar, a minha casa vou benzer e defumar, e que todos os males existentes na mesma, que vão para casa de quem mos desejar (repetir a última expressão três vezes). Enquanto se faz a repetição, bate-se com o pé esquerdo três vezes. No final reza-se um Pai-Nosso.
Link das rezas e benzeduras:http://arocacontaumconto.blogspot.com.br/2014/01/

Nenhum comentário:

Postar um comentário