As namoradeiras mineiras - Poema de Carlos Drumond de Andrade


Uma namorada em cada município,
e os municípios mineiros são oitocentos e cinquenta e três,
mas o verdadeiro amor onde se esconderá:
em Varginha, Espinosa ou Caratinga?

Estradas de ferro distribuem a correspondência,
a esperança é verde como os telegramas,
uma carta para cada uma das namoradas
e o amor vence a divisão administrativa.

Para Teófilo Otoni o beijo vai por via aérea,
os carinhos do sul pulam sobre a Mantiqueira,
mas as melhores, mais doces namoradas
são as de Santo Antônio do Monte e Santa Rita.

Enquanto na Capital um homem indiferente,
frio, desdobrando mapas sobre a mesa,
põe o amor escrevendo no mimeógrafo
a mesma carta para todas as namoradas.


Poema de Carlos Drumond Andrade

Imagem ilustrativa nossa
Modelo Lee Camargo - Paraopeba MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário